Endereços
Curitiba
  • Batel Academia FIT
    Av. Sete de Setembro, 5050, em frente à Praça do Japão.
    FONE: (41) 3243-4209.
  • Cabral Academia FIT
    Av. Munhoz da Rocha, 1089, Em cima da agropecuária Honjo.
    FONE: (41) 3352-7904
  • Mercês Academia Amaral
    Rua Joaquim Silva Sampaio, 303
    FONE: (41) 3339-5388
  • Novo Mundo Academia Fit Club
    Avenida Brasília, 6823, dentro da FIT Club, bem próximo ao viaduto sobre a Linha Verde.
    FONE: (41) 3153-2692
  • Leader Team Ecoville
    Rua Angelo Piotto, 230
    FONE: (41) 3024-0530
Santa Catarina
  • Fazenda - Itajaí
    Rua Onze de Junho, 35
    FONE: (47) 3346-0474
Ponta Grossa
  • Centro
    Rua Barão do Cerro Azul, 1080
    FONE: (42) 3027-4769

Home

  • Os benefícios e a importância de competir


    Departamento de Torneios - ATA Brasil

    Por que competir ?

    Nosso calendário é repleto de eventos todos os anos, das mais diversas categorias: torneios regionais, nacionais e internacionais. Portanto, constantemente os alunos recebem incentivos de seus professores, muitas vezes contagiados pela paixão deles, para participarem de eventos, mas sem saber muito bem o que acontece e o porquê de estar lá.

    Algumas razões relatadas pelo público desses eventos:

    • “Ao competir nós nos desafiamos, nos conhecemos melhor, saímos da zona de conforto, reconhecemos nossas habilidades e áreas de oportunidade para melhorias técnicas ou mesmo psicológica.”
    • “É a maneira mais segura e dinâmica de colocar o nosso conhecimento adquirido nas aulas em prática.”
    • “Ao desfrutar de um evento, alunos e familiares passam a conhecer mais a fundo nossa federação, a grandeza desta arte marcial a qual fazemos parte.”
    • “Um dos momentos mais gratificantes para os alunos durante os torneios é ter a oportunidade de ver seu professor em ação, mantendo a mesma determinação, anseios e auto conhecimento que seus alunos.”
    • “Para quem gosta de viajar, nosso calendário de eventos é muito atrativo passando sempre pelas principais capitais do Brasil, cidades da América do Sul e Estados Unidos.”
    • “É uma das melhores maneiras de conhecer novas pessoas que dividem a mesma paixão. Não há fronteiras, conhecemos pessoas no mundo inteiro e podemos nos conectar frequentemente para acompanhar o desenvolvimento de cada um.”
    • “A competição é uma das maneiras de mensurarmos o nosso desenvolvimento, avaliarmos resultados, traçarmos metas e objetivos na carreira como arte marcialista.”
    • “Competir é se divertir, competir é vencer!”

    Quais os principais receios dos competidores?

    • Medo de perder. Em uma categoria podemos ter até 16 pessoas e apenas uma vai conquistar o primeiro lugar naquele dia. Então, seus objetivos devem ser claros: a auto superação, o auto conhecimento, se divertir, conhecer novas pessoas, são ganhos que vão além da conquista de uma medalha e que ficam para a vida toda.
    • Medo de se machucar. Em uma competição a prioridade é a integridade física do alunos. Todos usam o mesmo tipo de equipamento de proteção, seguem as mesmas regras e não são incentivados a ter o contato físico exagerado. Os árbitros e instrutores são orientados a conduzir a competição da maneira mais segura.
    • Acho que não estou pronto ainda. Só existe uma maneira de saber: participando. O conteúdo abordado em uma competição é sempre o mesmo que é trabalhado em aula, portanto, basta entrar no clima e desfrutar deste momento.

    Tenha um plano. É muito importante ter um plano de ação com detalhes como:

    1. Com que irei viajar? Com a escola, com os pais ou amigos.
    2. Quando irei chegar? Chegar um dia antes para descansar e se ambientar ou fazer uma ida direta ao evento.
    3. Como viajarei? Se vou de carro, como estão as revisões do carro e condições da estrada.
    4. Tenha um check list e revise sempre: Dobok, proteções, faixa, inscrição, máquina fotográfica, cronograma do evento, alimentos rápidos (barras de cerais). Se menor de idade a devida autorização e não esqueça de ligar para os pais quando chegar ao destino!
    5. Hospedagem: é importante definir se ficará em hotel com o grupo ou casa de parentes, qual a distância do local do evento e ter o horário estipulado considerando que possa haver surpresas.
    6. Tenha sempre o telefone de um taxi local com você, e seu telefone celular sempre carregado.
    7. Fique atento a programação do evento, confira com seu professor e tenha impresso o cronograma com você.
    8. Pais e familiares são sempre bem vindos. É importante adequar a conduta ao evento e ao momento que o filho está vivendo. Estar ao lado é importante, mas cobranças ou anseios podem ser prejudiciais a performance.
    9. Lembre-se sempre de ter seus documentos, carteirinha da federação e identidade.
    10. Mantenha uma conduta adequada, menções positivas são aceitas, incentivos e boa energia. Se vencer desfrute o momento com humildade, e não vencer obtenha uma lição da experiência.
    11. No término do evento é comum hoje em dia colocarem fotos em redes sociais, porém lembre-se sempre da ética como competidor e evite colocar fotos desnecessárias que ofendam os outros competidores. As fotos são sempre muito bem-vindas, porém fotos alegres e que mostrem o real motivo pela competição: integração e amizade.



  • Surpresa e emoção na despedida do Sr Padilha


     Aconteceu no dia 10 de dezembro na academia das Mercês a surpresa-pegadinha que pais, alunos e colegas prepararam para marcar a despedida do Sr Ricardo Padilha de Curitiba-PR e brindar sua nova jornada em Joinville-SC.

    Contrataram uma atriz que se passou por uma mãe de criança que veio fazer uma aula experimental e se machucou. A mulher chegou uma fera procurando por ele e exigiu que ele fosse ao estacionamento pedir desculpas à criança....ele foi! Chegando lá, ainda tenso pela situação, da qual ele nem sabia, foi recebido com palmas, e uma homenagem com direito a carro de som e tudo o mais.

    Após a surpresa todos comemoraram o momento com salgados e bolo. Confira as imagens!



  • Outubro Rosa alerta sobre a importância da prevenção


    A importância da prevenção
    O câncer de mama é a maior causa de morte por câncer nas mulheres em todo o mundo, com cerca de 520 mil mortes estimadas por ano. É a segunda causa de morte por câncer nos países desenvolvidos, atrás somente do câncer de pulmão, e a maior causa de morte por câncer nos países em desenvolvimento.
    O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima para 2014 e 2015, que sejam diagnosticados 57.120 novos casos de câncer de mama no Brasil com um risco estimado de 56,09 casos a cada 100 mil mulheres. Sem considerar os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama é o tipo mais frequente

    A história do Outubro Rosa

    O movimento popular Outubro Rosa é internacionalmente conhecido e comemorado e seu laço
    cor do rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.
    Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente. A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.
    Outubro Rosa no Brasil:
    A primeira iniciativa vista no Brasil em relação ao Outubro Rosa, foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista (mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera) no dia 02 de outubro de 2002. A iniciativa foi de um grupo de mulheres simpatizantes com a causa do câncer de mama, que com o apoio de uma conceituada empresa europeia de cosméticos iluminaram de rosa o Obelisco. Desde então diversos monumentos e prédios são iluminados de rosa no mês de outubro para alertar sobre o perigo e a importância de exames preventivos da doença.

    O que é o câncer de mama?

    O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. O câncer da mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de câncer de mama em homens e mulheres é de 1:100 - ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade.
    Existem diversos tipos e subtipos de câncer de mama. No geral, o diagnóstico para o câncer de mama leva em conta alguns critérios: se o tumor é ou não invasivo, seu tipo histológico, avaliação imunoistoquímica e seu estado (extensão).

    Fatores de Risco a serem considerados

    Histórico familiar
    Os critérios para identificar o risco genético que uma mulher tem de sofrer um câncer de mama são:
    • Dois ou mais parentes de primeiro grau com câncer de mama
    • Um parente de primeiro grau e dois ou mais parentes de segundo ou terceiro grau com a doença
    • Dois parentes de primeiro grau com câncer de mama, sendo que um teve a doença antes de 45 anos
    • Um parente de primeiro grau com câncer de mama bilateral
    • Um parente de primeiro grau com câncer de mama e um ou mais parentes com câncer de ovário
    • Um parente de segundo ou terceiro grau com câncer de mama e dois ou mais com câncer de ovário
    • Três ou mais parentes de segundo ou terceiro grau com câncer de mama
    • E dois parentes de segundo ou terceiro grau com câncer de mama e um ou mais com câncer de ovário.
    Idade
    As mulheres entre 40 e 69 anos são as principais vítimas de câncer de mama. Isso porque a exposição ao hormônio estrógeno está no auge com a chegada dessa idade. A partir dos 50 anos, particularmente, os riscos entram em uma curva ascendente.
    Menstruação precoce
    A relação entre menstruação e câncer de mama está no fato de que é no início desse período que o corpo da mulher passa a produzir quantidades maiores do hormônio estrógeno. Esse hormônio em quantidades alteradas facilita a proliferação desordenada de células mamárias, resultando em um tumor. Quanto mais intensa e duradoura é a ação do hormônio nas células mamárias, maior é a probabilidade de um tumor. Se a primeira menstruação ocorre por volta dos 9 ou 10 anos de idade, é porque os ovários intensificaram a produção do hormônio cedo e, assim, o organismo ficará exposto ao estrógeno por mais tempo no decorrer da vida.
    Menopausa tardia
    A lógica nesse caso é a mesma do caso acima - enquanto a menstruação não cessa, os ovários continuam a produzir o estrógeno, deixando as glândulas mamárias mais expostas ao crescimento celular desordenado.
    Reposição hormonal
    Muitas mulheres procuram a reposição hormonal para diminuir os sintomas da menopausa. Mas essa reposição - principalmente de esteroides, como estrógeno e progesterona - pode aumentar as chances de câncer de mama. Na menopausa, os tecidos ficam ainda mais sensíveis à ação do estrógeno, já que os níveis desse hormônio estão baixos devido à ausência de sua produção pelo ovário. Como alternativa à reposição hormonal, é indicada a prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada.
    Colesterol alto
    O colesterol é a gordura que serve de matéria prima para a fabricação do estrógeno. Dessa forma, mulheres que altos níveis de colesterol tendem a produzir esse hormônio em maior quantidade, aumentando o risco de câncer de mama.
    Obesidade
    O excesso de peso é um fator de risco para o câncer de mama principalmente após a menopausa. Isso porque a partir dessa idade o tecido gorduroso passa a atuar como uma nova fábrica de hormônios. Sob a ação de enzimas, a gordura armazenada nas mamas, por exemplo, é convertida em estrógeno. O alerta é mais sério para aquelas que apresentam um índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30. A redução de apenas 5% do peso já cortaria quase pela metade os riscos de desenvolver alguns dos principais tipos de câncer de mama. A constatação é de pesquisadores do Centro de Prevenção Fred Hutchinson (EUA), com base na avaliação de dados de 439 mulheres acima do peso entre 50 e 75 anos de idade.
    Ausência de gravidez
    Mulheres que nunca tiveram filhos têm mais chances de ter câncer de mama devido a ausência de amamentação. Quando a mulher amamenta, ela estimula as glândulas mamárias e diminui a quantidade de hormônios, como o estrógeno, em sua corrente sanguínea.
    Lesões de risco
    Já ter apresentado algum tipo de alteração na mama não relacionada ao câncer de mama também pode aumentar as chances do surgimento de tumores. Dessa forma, pequenos cistos ou calcificações encontrados na mama, ainda que benignos, devem ser acompanhados com atenção.
    Tumor de mama anterior
    Pacientes que já tiveram câncer de mama têm mais chances de apresentar outro tumor - nesse caso, o câncer de mama é chamado de câncer recidivo, ou um câncer de mama que sofreu uma recidiva.

    Famosas que abriram suas vidas para alertar sobre o câncer de mama e são exemplos de vitória

    • "Eu tive uma forma rara de câncer de mama, que está no exterior da mama, no mamilo ou auréola, surge como um vermelhão que depois se torna uma lesão com bordas crustosas. Eu nunca teria suspeitado que seria um câncer de mama, mas era. Se o meu médico cuidasse do meu rapidamente ao invés de ir tratando como dermatite, talvez pudessem salvar minha mama e a doença não iria para meus nódulos linfáticos. Esta mensagem deve ser levada à sério e repassada para tantas amigas quanto possível. Pode salvar a vida de alguém. Meu câncer de mama se espalhou e houve metástase para meus ossos, isso depois de receber mega doses de quimioterapia, 28 tratamentos de radioterapia e tomar Tomoxipan. Talvez se eu soubesse dessa doença anteriormente, ela não teria se espalhado". Patricia Pillar

    • "Quando descobri o câncer fiquei pirada da cabeça. Mas, quando soube que não era ofensivo, passou esse pavor e eu consegui conviver. Nunca fiz quimioterapia, apenas tomei um remédio durante cinco anos, mas tive que fazer mastectomia e foi um bode porque fiquei sem seio, mas já estou consertando", declarou a atriz em junho deste ano, à revista Época. Joana Fomm

    • Antonia Frering: diagnosticada com câncer de mama em 2011, a atriz ainda se recuperava da doença quando atuou na novela Salve Jorge. Fez mastectomia, passou por sessões de quimioterapia e viu seus cabelos caírem.
    "Fiquei careca mesmo, caiu tudo na segunda sessão de quimioterapia. Aí, fui com minha filha raspar. Ela foi minha fiel escudeira. Não contei para ninguém mais, porque queria passar por isso com dignidade", afirma Antonia.

    Elba Ramalho: em 2010, com 59 anos, a cantora descobriu que estava com um nódulo no seio. Elba passou por uma cirurgia e depois, por sessões de radioterapia, sem ter de se submeter à quimio. Em uma nota divulgada à imprensa, ela contou que o câncer era de origem hormonal. Elba conseguiu manter sua agenda de shows na época, sem cancelar nenhum evento.



  • Feliz Dia dos Professores!


     



  • Pan e Congresso Chile 2015 - melhores momentos


    Confira imagens do Pan e do Congresso de Instrução 2015 no Chile.

    O Pan 2015 reuniu mais de 2350 competidores em diversas categorias e graduações, uma festa onde famílias puderam ver o que há de melhor e perceber a grandeza da Songahm taekwondo na América do Sul.

    O evento contou com a presença de competidores e autoridades dos EUA, entre as quais destacamos: Chief Master G.K Lee, responsável pelo Protech na ATA (armas), Sr. Master Capobianco, Sr. Master Steves, ela é a chefe de torneios da ATA.

    Melhores Momentos

     

    Treino da Seleção do Brasil e alguns dos nossos melhores comoetidores

     

    MC Rossato, ao centro, e MC Scalei à direita recebem o Pin oficial de 6º Dan

     

    Chief Master Ozuna e Prof. Paulo Fraga, eleito o professor do ano da Songahm Taekwondo

     

    Os 5º Dans se reúnem: Profs William Rocha, David Gonzalez, Cesar Ravedutti, José Raigan e Paulo Fraga

    Congresso de Instrução 2015

     

     

    Torneio Pan Americano



  • Competidores da ATA Curitiba no Pan 2015


    Sênior Mestre Andrade, Sênior Mestre Plentz e Prof. MC Rossato

    Profª Sirlene Stammer e Srta Amanda Veiga

    Prof. Demétrio em vários momentos do Pan

    Sr. Ricardo Padilha com os alunos Bruno Rocha e Key Yu Wan

    Sr Caio Andrade com as medalhas do Pan

     A Leader Team Curitiba teve participação formidável neste Pan, no Chile, alunos e professores venceram várias modalidades em diversas categorias e depois aproveitaram as maravilhas da capital, Santiago.

    • Profª. Stammer: 2º em Fórmula 1º em Sparring.
    • Sr. Padilha: Aberto 1º Armas e 3º em Combat Weapons, Fórmula e Sparring.Top Ten: 1º Fórmula e 3º em Armas.
    • Sr. Bruno Rocha: Aberto 1º Fórmula, Armas e Sparring, 2º Combat Weapons.
    • Sr. Key Yu Wan: Top Tem 1º Sparring e 2º em XMA Weapons, 3º Sparring e 1º Combat Weapons.
    • Sr. Lucca Rocha: 1 º em Combat Weapons, 1º Fórmula, 1º Armas e 1º Sparring.
    • Sra Gracia Caetano: 2º em Sparring e 3º Combat Weapons no torneio dos campeões, 3º em fórmula e 1º Combat Weapons no aberto.
    • Srta Amanda: 1º Armas, 1º Sparring e 2º fórmula.
    • Sr Demétrio: 3º fórmula, 1º Sparring. 3º Armas e 1º Sparring.
    • Srta Luiza Nascimento: 3º Fórmula, 3º Sparring e 2º Armas.
    • Gustavo Lacerda: Aberto: 1- Combat Weapons e Armas, 2- Formula Tradicional, 3- SparringTOC: 1- Formula, Armas, Sparring, Combat Weapons
    • Felipe Lacerda: 1 Lugar Tiny Tiger
    • Johann Filipini: Aberto: 2-Sparring e Formula
    • Pedro Pelanda: Aberto: 2- Armas e Formula

     

    Sr Lucca Rocha no Pan 2015

    Srta Luiza Nascimento preparada

    Sra Gracia Caetano no Camp Chile

    Sr Dante, Sr Johan Filipini e Sr Caio Andrade no Pan

    Sr Gustavo Lacerda campeão no Pan

    Sr Felipe Lacerda orgulhoso de sua medalha



  • Final de semana de treinos intensos na ATA Curitiba


     Sexta-feira - Desafio 20 Lutas na Leader Team Novo Mundo

    Sexta feira - Aula com Sênior Master Andrade - Escadaria!!!!!!

    Sábado - Aulão no Parque Barigui

    Treino da Seleção do Brasil - 1º treino após a vitória nos EUA



  • A ATA Brasil tem mais dois professores 6º Dan neste Mundial


     

    Prof. Paulo Scalei, 46 anos, 5ºDan, futuro 6º Dan, é professor da ATA Brasil em Palmeira das Missões –RS , conhecido por seu bom humor e garra, esse gaúcho lutou muito e teve que ter muita resistência e perseverança quando escolheu o TKD como carreira na qual dedicaria sua vida e faria história na pequena cidade, onde hoje é autoridade e exemplo.

    Prof. Fábio Alex Rossato, 40 anos, 5º Dan, futuro 6º Dan, é professor da ATA Brasil em Frederico Westphalen –RS. Sua marca registrada é o sorriso fácil, o jeitão amigo e camarada. Lutador experiente e forte, campeão em inúmeros níveis, enfrenta toda luta com o sorriso no rosto e alta capacidade técnica, o que lhe acarreta um punhado de fãs e torcida, sendo uma inspiração sempre.

    A amizade destes dois talentos do TKD Brasil tem longa história e prestar exame juntos nos EUA é apenas mais um capítulo desta jornada compartilhada com alegra e afeto. Confira a entrevista realizada com eles durante a Expo Brasil em Curitiba.

    As respostas S: Scalei e R: Rossato.

    1)O que significa para vocês chegar ao 6º Dan, uma graduação que apenas alguns alcançam?
    S: Quando comecei eu nunca imaginei que iria tão longe. Mas depois de um tempo, trabalhando e vivendo o taekwondo, um sonho começou a nascer. Chegar ao 6º Dan é isso, um sonho, uma meta, uma conquista.
    R: Quando eu iniciei minha carreira no TKD o mais graduado no Brasil era 3º Dan! E quando ele passou a 4º Dan foi um evento!
    Eu nunca imaginei chegar até aqui. Tenho o Chief Master Ozuna como minha referência, mas também sei que tem a responsabilidade e o legado desta graduação.

    2) O próximo passo será exame para Mestre! Como se sentem em relação a isso?
    S: A palavra Mestre significa “servir” e é isso que me vem à mente. Me faz refletir sobre aspectos que preciso melhorar para poder servir e ser exemplo para a geração que vem a seguir.
    R: Como eu disse a alta graduação traz alegria mas também muitas responsabilidades, me impulsiona a melhorar cada vez mais, como taekwondista e como pessoa, para que possa deixar um legado para os que virão neste caminho.
    R/S: Se tudo correr bem seremos mais dois mestres do Rio Grande do Sul, pois tanto Sênior Master Andrade, Sênior Master Plentz e Mestre Botton são de lá também, o que muito nos orgulha!

    3) O que exatamente é essa reflexão movida pela alta graduação? Onde ela se dá?
    S: Por exemplo: eu sou conhecido por minha personalidade, sou brincalhão, irreverente, e consegui chegar até aqui, numa alta graduação. Mas penso que preciso ter mais cuidado com o que vou falar, como vou agir. Me sinto como se estivesse vivendo um recomeço, uma reflexão geral, como se eu fosse faixa colorida de novo!
    R: Uma conquista assim causa uma reflexão de valores, selecionar e valorizar as coisas que importa na vida: saúde, prazer, trabalho, resgate de muitas coisas. Sinto que serei mais seletivo com tudo para priorizar o que realmente importa.
    R/S: Quando começamos a treinar o taekwondo as artes marciais eram vistas como uma espécie de magia, tudo era novo e incrível. O Bruce Lee fazia um golpe que era poderoso e incomum, ninguém poderia fazer aquilo como ele.
    Hoje é mais divulgado, todos já viram ou treinaram ou , ao menos, sabem o que é a maioria das artes marciais. Mas o que sentimos é que essa magia não morreu, ela ainda existe, é uma paixão.

    4) Como vocês se prepararam para este exame?
    R/S: Nosso compromisso é com a ATA Brasil, essa representatividade no mundo, muitas coisas novas. A cobrança é grande pelo desempenho, por fazer o melhor.
    Tarefa: O Sênior Master Andrade nos deu uma tarefa: treinar 10 vezes por dia a nossa fórmula e todo sábado gravar em vídeo e enviar para ele poder avaliar e poder fazer as correções e orientações necessárias.
    Alimentação: fizemos uma importante reeducação alimentar, perdemos peso com isso, o Prof. Scalei perdeu 8 kg! Vivemos em cidades pequenas onde recebemos convites para jantares e churrascos 3 a 4 vezes por semana, senão todo dia.... Temos declinado aos convites pois estamos focados em nosso objetivo de realizar um exame de qualidade em todos os sentidos.
    Físico: “Eu tenho corrido 3 x semana e ando de bicicleta ao mesmo 2 x e sempre acima de 6 km. Também entro na aula de adultos como aluno para treinar.” conta o Prof. Scalei.
    S/R: Neste momento, próximo do Mundial, onde faremos o nosso exame, nossa maior preocupação é com as lesões, pois temos algumas, e por isso, adaptamos nossos treinos para evitar sentir dor onde as temos.
    Requisitos: tem as honras da vitória neste processo, mas também tem a pressão pois não é fácil nem garantido passar no exame, conhecemos pessoas que já reprovaram, é duro!
    Temos trabalhado muito em nossas fórmulas pois valem 5 pontos, enquanto que sparring e quebramento valem 3 e 2 respectivamente. Por isso, temos que tirar uma boa nota em fórmula, e sabemos que algumas coisas pesam na hora da execução da mesma, nervosismo, ansiedade, medo...então, ter autocontrole é fundamental!

    5) Vocês são muito amigos, não é?! Como a amizade ajuda neste processo?
    R: Nós fizemos os exames para 4º e 5º Dan juntos, sempre tivemos cumplicidade, companheirismo, falamos abertamente onde cada um precisa melhorar, criticamos com o intuito de ajudar a crescer.
    S: Não nos preocupamos em falar um com o outro cheio de dedos, falamos a verdade abertamente e um estimula o outro a melhorar.

    6) Uma mensagem.
    R: Taekwondistas da ATA Brasil, vamos para os EUA representar nosso país, Estado, Cidade, alunos, Mestres...e contamos com a torcida de todos vocês. Daremos o nosso melhor, com a alegria de treinar Taekwondo Songahm e de coração leve.
    S: O sentimento de representar o seu país, fazer o seu papel, tirar uma boa nota, executar uma técnica que possa saltar aos olhos, ter reconhecida a sua qualidade para estar lá, representando o seu país e a América do Sul me dá a certeza de que escolhi a carreira certa!
     



  • Equipe do Brasil é Campeã Mundial


    Equipe do Brasil: Sênior Mestre Andrade (técnico) Prof. Fernando Pereira, SR Nychollas Collesel, Sr. Rodrigo Castilho, Prof. Rodrigo Demétrio, Sr. Jessé dos Santos, Sr. Gabriel Teixeira, Prof. Rodolpho Cavenatti, Prof. Cesar Ravedutti, Profª Nicole Librizzi e Profª Fernanda Cavenatti.

    Equipe do Brasil se prepara para a final

    Vencem o Torneio Mundial por Equipes

    Esse ano estava escrito: O Brasil seria Campeão Mundial por Equipes. Bastava ver a vontade, determinação e certeza de cada um da equipe. Em todos os anos eles estavam unidos e confiantes, mas desta vez tinha algo diferente, um sentimento de união que movia a todos e os alimentava de energia.

    Cada competidor desta equipe vive e trabalha em diferentes cidades do Brasil e, por isso, treinar exige muita disciplina, pois cada um dependia de sua própria vontade e foco para que, nos encontros em Curitiba, com o Sênior Mestre Andrade, técnico e coordenador da Equipe do Brasil, cada um viesse mais preparado e pronto para a intensidade dos treinos que aumentava a cada mês.

    Nos depoimentos prévios de todos eles já se podia ver a certeza de campeão e durante o Campeonato Brasileiro em Curitiba todos puderam ver o famoso “Sangue nos Olhos” na demonstração dos Professores 5º Dan Rodrigo Demétrio e Rodolpho Cavenatti no Teatro Fernanda Montenegro.....técnica e determinação! (confira os depoimentos prévios em Equipe do Brasil está pronta para o Mundial 2015)

    Brasil: desta vez tinha que ser você a trazer a taca, a encher os corações dos taekwondistas e suas famílias de orgulho e alegria e ver nossa Bandeira nas mãos de quem merece. A recompensa do trabalho bem feito.

    Parabéns!!! Obrigada!!!

    Podem enfim comemorar a vitória...

    Aqui a Equipe do Brasil se classifica para a final no dia anterior

     



  • Brasil no Mundial - Confira os resultados dos competidores


     Parabéns Competidores do Brasil!!!



  • Imagens de um Mundial inesquecível


     

     



  • Expo Brasil de Taekwondo Songahm reúne taekwondistas em Curitiba


     

    Campeões, medalhas e show no palco

     A última etapa do Circuito Brasileiro de Taekwondo Songahm foi realizada em Curitiba, cidade-sede da ATA Brasil.

    Poderia ter sido apenas mais um torneio. O roteiro de sempre. Formação, categorias, uns sparrings por aqui, umas fórmulas acolá. Mas o final de semana dos dias 20 e 21 de junho em Curitiba tinha algo além da competição e do frio da capital paranaense. Foi a primeira edição do EXPO Brasil ATA.

    Essa forma de preparar um evento/torneio com a denominação de EXPO muda as características dos tradicionais campeonatos. Inspirados no mundial dos Estados Unidos e no Pan-Americano, o Departamento de Torneio e o Senior Master Ademar Andrade optaram por apostar neste formato em um evento nacional.

    “Trabalhar com a ideia de EXPO é uma forma de agregar o tradicional formato de competição, é possível atender aos pais, amigos, às famílias em geral da ATA. Mostra a grandeza da organização, eleva o nível do evento e do comprometimento”, conta o chefe do Departamento de Torneios, Professor Rodolpho Cavenatti.

    Por ser um lugar amplo, o ginásio desportivo da Universidade Positivo, onde o evento foi realizado, ganhou o complemento de serviços de “Food Truck” para a alimentação dos participantes. Na noite do sábado, uma cerimônia de abertura foi montada para enriquecer o final de semana de taekwondo.

    No abrir das cortinas

    Uma cerimônia dedicada ao universo da ATA Brasil reuniu alunos, amigos, pais e professores, recheada de atos dignos de serem apresentados no palco do Teatro Fernanda Montenegro. “Foi um show que os futuros 6º Dans deram no teatro, digno de merecimento”, assim concluiu Senior Master Andrade sobre a apresentação da noite com os professores Paulo Scalei e Fábio Rossato. Ambos farão exame para sexto Dan no torneio mundial, que será realizado em julho nos Estados Unidos.

    Um dos momentos em que o público pode se divertir muito foi com a apresentação do ‘Demo Team’, o time de apresentações de Curitiba. Coordenada pelo instrutor Caio Andrade, ainda que lesionado, o time levou ao palco performances de tirar o fôlego. Com muita sincronia e precisão, a meninada mostrou que o XMA Brasil está em boas mãos e pés.

    Muito Sparring

    Partindo da premissa que a grande maioria dos praticantes de taekwondo gostam de lutas, a noite no teatro teve um cardápio vasto. O primeiro sparring no palco foi uma demonstração de precisão técnica e velocidade. Os integrantes da seleção brasileira, Gabriel Teixeira e Inglesson de Lara, mostraram um sparring de muita intensidade e dinamismo.

    Na sequência, o convidado especial, professor Marcelo Ortega, do Paraguai, apresentou uma novidade no sparring. Junto com o professor Fernando Pereira, os dois mostraram uma variação de luta com pontos corridos com os mesmos dois minutos, mas sem interrupções dos juízes para contabilizar pontos. Além de um árbitro central para conduzir a luta, outros quatro, distribuídos nos cantos do dojang faziam a contagem de pontos. Cada par de juízes verificou apenas as técnicas que atingiam o objetivo de cada lutador. Ao final, fez-se o somatório dos pontos. “Muito cansativo, é preciso dosar de uma maneira bem diferente para não cansar no meio da luta, apostar mais no contragolpe, mas é bem divertido”, contou o professor Pereira.

    E o evento ainda reservava muitos outros sparrings. A noite foi dedicada às finais do torneio dos campeões, faixas pretas quartos e quintos Dans. Na versão feminina, um clássico. As professoras Nicole Librizzi e Fernanda Cavenatti fizeram uma final de encher os olhos. As duas esbanjaram técnica arrancado muitos aplausos da plateia. O título da temporada ficou com a professora Cavenatti.

    O “grand finale” coube aos homens. As finais de sparring masculino contaram, na última luta, com um combate intenso que fez valer o ingresso no teatro. Professor Rodolpho Cavenatti e Professor Rodrigo Demétrio fizeram uma luta com características de jogo de xadrez. Muito técnico, muito tenso e um sparring que seria decidido no detalhe. Dois minutos foram pouco e a decisão coube ao ponto de ouro. “Eu sabia desde o início da luta que esta final seria decidida por um ponto, seria no erro do outro”, comentou Cavenatti. Desta vez, o título ficou com Demetrio, mas apesar da disputa acirrada os dois revelaram nas coxias “somos muito amigos, cada um puxa o outro no nível técnico, treinamos juntos, o que é bom para o Team Brazil”.

    O primeiro EXPO foi um sucesso. Fica a promessa de mais uma edição em 2016, com mais atrações e ainda melhor.

    Agradecimentos

    “Quero de coração agradecer ao excelente final de semana que tivemos em Curitiba. Realmente foi um sucesso, mais de 500 competidores, não apenas pelo número mas por tudo que aconteceu e como aconteceu.
    Quero agradecer ao time de Curitiba que, na realidade fazem o negócio acontecer, este time é fantástico!
    Aos professores que deram cursos, o comentário foi geral, simplesmente adoraram! Não posso deixar de exaltar um dos comentários que fizeram sobre o Prof. Cavenatti; “pensei que ele só soubesse de torneios, mas o cara é fera mesmo”.
    Nos exames estamos começando, temos muito a melhorar, mas estamos no caminho certo, ao invés de criticarem, nos enviem sugestões e façam parte da solução.
    As competições dos faixas pretas estão cada vez melhores, acredito que somos a única Arte Marcial que tem graduados na ativa, isso é motivo de muito orgulho.
    A nossa cerimônia de abertura foi muito bacana, já temos muitos planos para a próxima. Para terem uma ideia hoje na aula, pediram para fazer um TEAM COMPETITION na aula. Será que estão motivados???
    Sempre temos o que melhorar, mas não podemos deixar de exaltar o que deu certo, parabéns ao Show que os futuros 6º Dans deram no teatro, digno de merecimento.
    Bom agora temos o Mundial e o Pan pela frente, vamos com tudo!
    JÁ QUE TEM QUE FAZER, VAMOS FAZER BEM FEITO
    E JÁ QUE SÓ FAZEMOS ISSO DA VIDA, VAMOS SER OS MELHORES!!!!!’
    Sênior Master Andrade

     

    “No que diz respeito ao sucesso do evento, acredito ser fruto de toda uma política instalada no Brasil de ...."baixa a cabeça, trabalha e treina!" e isso tem sido o diferencial registrado neste evento através do comprometimento de graduados e iniciantes, é definitivamente um evento de todos.
    Sobre o comentário, fico muito feliz por que quero ajudar quem esta disposto a trabalhar contando um pouco do que vivemos nos últimos meses.
    E concluindo...TEAM BRAZIL WORLD CHAMP 2015 !!!!!!”.
    Prof. Rodolpho Cavenatti

     

    “Show!! Orgulhoso de ser ATA Brasil!!”. Prof. Ricardo Capozzi Cavenatti

    “Parabéns pelo evento realizado. Nossos alunos estão maravilhados com a ATA.
    Como o senhor falou, sempre temos algo a melhorar, e isso é em tudo, afinal, é um dos motivos pelo qual nossas notas em campeonato são até 9.9 - a perfeição estamos sempre em busca.
    O senhor sabe que, no que depender de nós, estamos sempre prontos para ajudar e minimizar os efeitos para os alunos e familiares.
    Fiquei muito feliz por termos passado dos 500 competidores e já vamos reorganizar os números para o próximo. Pode contar sempre conosco!”
    Profª. Fernanda Cavenatti.

    “Excelente evento, foi muito motivador, principalmente ver os 4º e 5º Dans competindo e fazendo a coisa acontecer.
    O ponto mais positivo, em minha opinião, é ver que a ATA Brasil está crescendo não só em quantidade de participantes mas na qualidade e organização dos eventos também!
    Parabéns ao senhor e sua equipe que fizeram com que isso fosse possível, espero poder crescer e participar cada vez mais.”
    Sr. Gustavo Bolzan

     



  • 1ª Noite Ninja é sucesso garantido entre as crianças


    1ª NOITE NINJA de 2015

    a Noite Ninja fez sucesso entre as 40 crianças do Programa Karate for Kids que participaram. A diversão durou até de manhã para alguns enquanto que, para outros, foi quase até o amanhecer....Com tanta atiidade e diversão não poderia ter sido diferente:

    1. Aluno do TAEKWONDO
    2. Jantar (Rodizio de Pizza)
    3. Gincanas (Famoso Caça ao tesouro).
    4. Torneio de COMBAT WEAPONS
    5. Guerra de NERF
    6. AULA DE ATA XMA
    7. Filme
    8. Brincadeiras livres

     



  • Congresso Brasileiro de Taekwondo Songham em Floripa


     

    "O Congresso Brasileiro de Taekwondo Songahm reuniu 98 participantes em Florianópolis. O evento foi um sucesso. Repetindo a receita dos anos anteriores e com algumas novidades, procuramos realizar um evento que pudesse ser produtivo para os professores e para os nossos alunos, pois atender as necessidades de dois públicos bem distintos, era o nosso grande desafio. Com o apoio integral do Senior Master Andrade, conseguimos realizar um congresso onde cada participante, de alguma forma, conseguiu aproveitar. E agora temos um longo trabalho pela frente, pois, queremos fazer do evento do ano que vem, ainda maior e melhor.
    O torneio catarinense reuniu mais de 3000 pessoas entre participantes e espectadores, o que mostra o potencial da nossa região. Buscamos sempre a excelência nos nossos torneios e atividades, por isso, a cada ano que passa, Florianópolis vem ganhando destaque na ATA. Em 2016 temos como meta, elevar o número de pessoas envolvidas no torneio para 500.
    Finalizando, quero agradecer a cada um que, a sua maneira, colaborou para a realização dos nossos eventos. E principalmente ao Chief Master Ozuna e ao Senior Master Andrade pela confiança depositada em mim. Que ano que vem tenhamos mais sucesso que esse". Obrigado!
    Prof. Fernando Marques Pereira



  • Parabéns aos competidores da Leader Team


     



  • Festival 2014 - dedicação e alegria


     O Evento encerra as atividades do ano em uma grande festa do taekwondo, com exames de faixa, apresentações, brincadeiras, homenagens e sorteios. O momento mais esperado do ano, especialmente para as crianças, foi marcado por muita dedicacão de todos que se empenharam em fazer esse show e também por muita alegria e emoção.



  • Brincadeira e diversão no Halloween da Leader Team


    Alunos, professores e familiares entram na brincadeira e fazem a aula uma grande festa de halloween!

     



  • Dois novos Colarinhos Pretos na Leader Team


    Srs Nychollas Collesel e Inglesson de Lara realizam exame para Colarinho Preto durante o Pan 2014. Confira as entrevistas:

    Sr. Nychollas Collesel -19 anos - 3BD - Academias Leader Team do Cabral e Ecoville

     

     1- Como foi o exame e a conquista de mais essa importante etapa na sua carreira?
    R: A conquista do colarinho preto foi muito importante, principalmente para a parte profissional da minha carreira, é um grande passo para continuar trabalhando com o taekwondo.

    2- Como foi o preparo para o exame?
    R: Estávamos nos preparando a cada treino, sabíamos que era um exame longo, mas tudo deu certo e estava pronto.

    3- O que mais lhe marcou durante o exame?
    R: Entrei no exame com foco, sabendo o que devia ser feito, era preciso ter resistência, mais estava preparado.

    4- O Sr treina desde que idade? Porque começou a treinar TKD?
    R: Treino taekwondo desde os 3 anos, comecei a treinar porque, assim como quase toda criança, gostava de desenhos com lutas e sempre fui apaixonado por isso.

    5- O que lhe fez escolher o TKD como carreira profissional?
    R: Pelo bom tempo treinando, me fez perceber que o taekwondo seria uma grande oportunidade de trabalho para mim, por estar fazendo do trabalho uma coisa que amo.

    6- O que mais lhe motiva dentro desta carreira?
    R: Saber que o taekwondo está crescendo muito no Brasil e no mundo e que posso estar fazendo parte dessa organização, e que posso estar crescendo junto.

    7- Quais são os planos futuros?
    R: Profissionalmente continuar trabalhando forte nas academias em que dou aula, estar sempre me aperfeiçoando, e como atleta tenho como objetivo o mundial do ano que vem.

    8- O Sr também fez parte da Equipe do Brasil, campeã no Pan 2014. Como foi esta participação?
    R: Estar na equipe brasileira é um momento único, foi muito gratificante poder estar participando e representando o meu país, muito feliz de ter vencido, estávamos preparados para tudo, demos nosso máximo e o resultado veio com a vitória.

    9- Deixe uma mensagem para os alunos que querem seguir esta carreira.
    R: A carreira trabalhando como taekwondo tende a ter um grande futuro e muito gratificante, tanto como professor quanto também como atleta, não tem segredo, é trabalhar e treinar o máximo que puder para correr atrás dos seus sonhos.

     Sr. Inglesson De Lara - 20 anos - 2BD - Academia Batel



    1- Como foi o exame e a conquista de mais essa importante etapa na sua carreira?
    R: Tirando o frio na barriga foi tudo bem! Acho que o nervosismo faz parte e se você está bem treinado não tem segredo

    2- Como foi o preparo para o exame?
    R: O preparo vem sendo feito desde o meu primeiro exame, que foi para o colarinho vermelho. A partir dai eu treino todo o conteúdo e a parte física, quem quiser saber mais é só ir assistir a um treino dos professores! Hahahaha
    3- O que mais lhe marcou durante o exame?
    R: Foi no momento em que eu esperava pela chamada do meu nome, estava muito nervoso, e depois quando fiz o primeiro golpe foi como se tivesse tirado uma tonelada do meu corpo.

    4- O Sr treina desde que idade? Porque começou a treinar TKD?
    R: Comecei com 4 anos, gostava de assistir filmes de lutas e pedi para minha mãe me colocar em uma arte marcial. 

    5- O que lhe fez escolher o TKD como carreira profissional?
    R: Eu admiro muito o profissionalismo e a maneira do ensinamento da nossa arte.

    6- O que mais lhe motiva dentro desta carreira?
    R: E saber que eu posso mudar a vida de muitas pessoas.

    7- Quais são os planos futuros?
    R: Ter minha própria academia.
    Ser um bom professor, um bom atleta e também uma boa pessoa, com boas atitudes.

    8- O Sr também fez parte da Equipe do Brasil, campeã no Pan 2014. Como foi esta participação?

    R: Apesar de não ter lutado foi muito bom estar junto com a equipe, suando junto nos treinos e passando aquela força positiva na hora da competição.

    9- Deixe uma mensagem para os alunos que querem seguir esta carreira.
    R: Que siga em frente, por mais difícil que seja: nunca desista!

     



  • Congresso Songahm de Instrução 2014


    Congresso Songahm de Instrução 2014

    O evento aconteceu em Florianópolis, no Hotel Maria del Mar e reuniu 214 professores, instrutores e alunos da Songahm Taekwondo da América do Sul e dos EUA.

    Essa união, vontade e respeito a tudo o que envolve o Taekwondo é o diferencial da Songahm Taekwondo e é o que faz da ATA - American Taekwondo Association a maior organização de artes marciais do mundo.

     



  • Equipe do Brasil é Campeã no Pan 2014


     Uma equipe formada com competidores com experiência em representar o Brasil em equipe e também por novos competidores vence o Torneio por Equipes no Pan 2014.

    A Equipe do Brasil treinada pelo Prof. Rodrigo Demétrio e pelo Sênior Mestre Andrade.

    Em pé: Sr. Nychollas Collesel, Sr Fernando Pereira, Sr César Ravedutti, Chief Master Ozuna, Sênior Mestre Andrade, Sr Rodrigo Demétrio, Sr Jessé Santos , Sr Rodrigo Castilho,

    Agachados: Sr Caio Andrade, Sr Gabriel Teixeira, Sra Fernanda Cavenatti, Srta Nicoli Librizzi, Sr Inglesson de Lara.

     

    Camiseta oferecida ao Sênior Master Andrade pela Equipe do Brasil em agradecimento. Confira as frases de cada um:

     

     

    “Sênior Master obrigado pela confiança de dirigir este time fantástico . O campeão voltou!!!!”. Prof. Rodrigo Demétrio

    “Obrigada por acreditar e confiar no meu potencial. Sua confiança em mim foi fundamental para o meu desempenho” Prof. Fernando Pereira

    “14 x 0”...... Prof. Cesar Ravedutti

    “Sênior Master, este título é mais seu do que nosso. Obrigada por tudo!”Profª Nicoli Librizzi

    “Valeu Sênior Master pela oportunidade, por todo apoio e treino” Sr. Jessé Santos

    “Obrigado por tudo Sênior Master Andrade” Sr. Gabriel Teixeira

    “Sênior Master Andrade, muito obrigado por todo o aprendizado no taekwondo e na vida” Sr. Inglesson de Lara

    “Obrigado por acreditar em nós, que venham mais títulos para o Brasil!” Sr. Caio Andrade

    “Quando mesmo confiamos em nós, o Sr. acreditou. Por confiar em todos nós e por todo treinamento, este título também é seu!” Sr. Rodrigo Castilho

    “Gostaria de agradecer por sua dedicação e por acreditarem nós sempre. O Sr. foi fundamental no título”. Sr. Nychollas Collesel

    “Sênior Master Andrade, obrigada por todo o treinamento físico, técnico e psicológico...realmente o Sr. é diferenciado. Equipe Campeã = Técnico Campeão = Sênior Master Campeão! Obrigada pela oportunidade”. Sra Fernanda Cavenatti

     



  • Pan Americano 2014 reúne 1048 competidores - Melhores Momentos


     Melhores momentos do Pan 2014

     



  • Exame da Leader Team reúne 300 alunos


    A palavra dos professores

    “Parabéns a todos os alunos das Academias Leader Team Martial Arts. Em especial aos meus alunos do Novo Mundo pelo sucesso no exame de faixa e no 1º Torneio UST. É gratificante ver o empenho e dedicação deles se transformarem em algo palpável: uma nova faixa na cintura”. Prof. Flávio Xavier

    “Cada exame está melhor tanto na parte técnica dos alunos, estrutura do exame de faixa, que é reflexo da estrutura das aulas e a quantidade de alunos sempre crescendo. Procuramos fazer sempre o nosso melhor para que todos estejam bem preparados. Parabéns a todos os pais e alunos, sem vocês não teríamos este sucesso”. Prof. Rodrigo Demetrio 5BD

    “Como instrutor responsável da academia das Mercês, quero parabenizar todos os alunos e pais pelo exame. Mais um vez constatamos a evolução dos nossos alunos iniciantes aos mais graduados. Aos pais muito obrigado por acreditarem em nosso trabalho sem vocês não seria possível, com certeza o FESTIVAL DO TAEKWONDO já agendado para o dia 09/12 será mais SHOW ainda! Um grande abraço”. Sr Padilha

    “O exame de faixa é o momento do aluno mostrar o aprendizado que obteve durante o ciclo. É também um fator motivacional. Todos deram um show, estão de parabéns, agora é treinar para o próximo, que é o nosso tão esperado festival”.   Sr Caio Andrade

    Confira alguns momentos!



  • Desafios do Pan para os professores da Leader Team


     

    Professores da Leader Team participam de abertura, torneio e Conferência no Pan 2014. Confira abaixo as atividades e depoimentos.

    Seleção Brasileira

    Os nossos Instrutores Sr. Caio Andrade, Sr. Nychollas Collesel e Sr. Inglesson de Lara irão representar o Brasil no Torneio por Equipes do Pan. Equipes da América do Sul e também dos EUA se enfrentam na Cerimônia de Abertura.
    Vamos torcer pelo Brasil!!!!!!!

    “Seleção é uma coisa muito especial pois apenas alguns participam. A responsabilidade é enorme pois estamos representando as academias, os alunos, o País. Para mim é mais importante do que a competição individual. É a segunda vez que participo, mas para mim parece a primeira, porque a seleção é nova.
    Estou super ansioso, quero que chegue logo, vai ser muito legal! E, se Deus quiser, a gente vai se sair muito bem” Sr Nychollas Collesel.

    “Estar na Seleção Brasileira para mim é muita responsabilidade, já fiz parte da Seleção no Mundial do ano passado, mas lá era suplente, e desta vez serei titular, vou lutar! Estou muito determinado em vencer. Nós treinamos bastante, estamos fisicamente preparados. Estou muito focado nesta competição, mais do que tudo!” Sr Caio Andrade

    “A Seleção representa o País, as academias, os alunos...é muita responsabilidade. Diferente do individual! Nós treinamos muito a parte física e técnica. Eu espero fazer o meu melhor e, se todos nós fizermos isso, tenho certeza de que a equipe será campeã.” Sr Inglesson de Lara

    DEMO Team na Cerimônia de Abertura do Pan

     

    O Instrutor Caio Andrade é o organizador da Equipe de DEMO Team, o X-Treme, que consiste em técnicas de luta rápidas e com inúmeros saltos, giros e outras habilidades incríveis. O time, que reuniu integrantes de várias cidades, se apresentará na Cerimônia de Abertura do Pan 2014.

    “Não dá pra pensar muito na hora, te, que ir lá e fazer....”Sr Inglesson de Lara.

    A equipe é composta por:

    1. Sr. Gabriel Teixeira – Premium Martial Arts –
    2. Sr. Bernardo Coutinho – Premium Martial Arts -
    3. Sr. Arthur Faraco – Premium Martial Arts
    4. Sr. Christopher Bender – TOP Martial Arts –
    5. Sr. Gabriel Campregher – TOP Martial Arts –
    6. Sr. Gustavo Lucio – TOP Martial Arts
    7. Sr. Key Wan – Leader Team Martial Arts –
    8. Sr. Inglesson de Lara – Leader Team Martial Arts –
    9. Sr. Pedro Berger – Sport Artes Marciais
    10. Giovanna Matrakas – ATA Foz –
    11. Gabriel Graham –Action – SC

     
    Instrutor Caio Andrade ministrará curso no Pan 2014

    Nos dias 6,7,8 e 9 de outubro acontecerá a Conferência Pan Americana 2014. Trata-se de um encontro com Mestres e Professores da América do Sul para reciclagem de conhecimentos e treinamentos específicos.
    É um momento muito esperado por todos pois é uma oportunidade de aprender, treinar, conhecer, aprofundar os conhecimentos da Songahm TKD e de rever amigos.
    O Instrutor da Leader Team, Sr Caio Andrade ministrará o curso de X-Treme em todos os dias.

    Exame para Instrutor Certificado

    Instrutores Nychollas Collesel e Inglesson de Lara farão exame para Instrutor Certificado, o Colarinho Preto, durante o Pan 2014

    “O Colarinho Preto é um grande passo profissionalmente, na carreira dentro do TKD é muito importante, como atleta não muda muito. Estamos bem preparados, bem treinados. O tema da minha Tese é: “A motivação dos pais e alunos ao iniciarem o TKD”. Sr Nychollas Collesel

    “Treinamos muito, saímos da zona de conforto, pois não é só a parte técnica, mas também é necessário estudar para as provas, desenvolver a Tese. Mas é muito importante para a carreira de Instrutor. O tema da minha Tese é: Técnicas de Imas para iniciação para praticantes de TKD Songahm”. Sr Inglesson de Lara



  • Desafio do Balde de Gelo para ajudar o Prof. Anselmo Martendal


     

    Vamos colaborar com a campanha em prol do Prof. Anselmo Martendal, nosso amigo e taekwondista que precisa de nossa ajuda!

    O Desafio do Gelo será lançado e muitos taekwondistas do Brasil todo se comprometerão a realizá-lo e a convocar amigos e familiares para participar da campanha.

    A ajuda é bem vinda e urgente. Abaixo os dados para depósito:

    ANSELMO MARTENDAL
    BANCO DO BRASIL
    AG/5233-7
    C/C 7844-1

    CPF: 026.540.219-04

    Entenda a doença - ELA – Esclerose Lateral Amiotrófica

    A esclerose lateral amiotrófica (ELA), também designada por doença de Lou Gehrig1 e doença de Charcot, é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos, e com a sensibilidade preservada.
    É a forma mais comum das doenças do neurônio motor e o termo esclerose lateral refere-se ao "endurecimento" do corno anterior na substância cinzenta da medula espinhal e do fascículo piramidal no funículo lateral da substância branca da medula, no qual se localizam fibras nervosas oriundas de neurônios motores superiores, formando o trato cortico-espinhal lateral.
    Os músculos necessitam de uma inervação patente para que mantenham sua funcionabilidade e trofismo, assim, com a degeneração progressiva dos neurônios motores (tanto superiores, corticais, quanto inferiores, do tronco cerebral e medula), ocorrerá atrofia por desnervação, observada, na clínica, como perda de massa muscular, com dificuldades progressivas de executar movimentos e perda de força muscular.

    Sintomas

    Trata-se de uma doença que acomete o sistema nervoso, até o momento irreversível, que incapacita o portador à medida que avança. A pessoa sente dificuldades de se locomover, comer, falar; perde habilidade dos movimentos, inclusive das próprias mãos, não consegue ficar de pé por muito tempo pois a doença acaba por afetar toda a musculatura. Geralmente atinge pessoas mais idosas, mas há casos de pessoas que apresentaram a doença na faixa dos 20 anos de idade.
    À medida que a doença progride, geralmente depois da perda das habilidades de locomoção, fala e deglutição, o doente acaba por falecer, se não for submetido a tratamento, de incapacidade respiratória quando os músculos associados à respiração são afetados.
    É preciso que o paciente a partir de um determinado estágio da doença, seja acompanhado de perto por outra pessoa em função da incapacidade de executar as suas tarefas rotineiras. Como a doença não afeta as suas capacidades intelectuais, o paciente percebe tudo que acontece a sua volta, vivencia, por isso, lucidamente a doença e a sua progressão, havendo porém dificuldades de comunicação com outras pessoas, caso já exista comprometimento dos músculos da fala.

    Pessoas que padecem (ou padeceram) da doença

    Entre as personalidades afetadas por esta doença encontram-se: Lou Gehrig (jogador de baseball norte americano), David Niven (ator britânico), o físico teórico e cosmólogo Stephen William Hawking . No Brasil, o ator Fausto Rocha também padeceu da doença, com a descoberta em 1997 e falecimento em 2001. Washington, ex-futebolista da Seleção Brasileira, do Clube Atlético Paranaense e do Fluminense Football Club, falecido em 2014. Marcelo Xavier, artista plástico, escritor e ilustrador mineiro, convive com a doença há quase vinte anos e segue uma trajetória produtiva, mesmo com a perda progressiva dos movimentos .

    David Niven

    Stephen Hawking

    Fausto Rocha

    Washington Cesar



  • Mestre Andrade comenta o Acampamento Chief Master Ozuna


    Sr Mestre Andrade agradece e parabeniza equipe de Florianópolis

    "Tivemos nos dias 23 e 24 de maio o Congresso Brasileiro com o Chief Master Ozuna 8º Dan, Sênior Master Andrade 7º Dan, e Mestre Botton 6º Dan.

    Foi um excelente evento, com mais de 110 participantes, o pessoal realmente gosta de treinar, treinamos, nos divertimos e aprendemos muito.

    Este evento foi um "aquecimento" para o Congresso Pan Americano que teremos em outubro, também em Florianópolis.

    Em nome de todos os professores e Mestres quero agradecer a participação de todos, o que faz a ATA forte são vocês. Em especial aos professores que organizaram o evento: Prof. Rodolpho Cavenatti, Prof. Ricardo Cavenatti, Prfª Nicoli Librizzi, Prof. Rodrigo Rocha, Prof. Fernando Pereira e Sra. Fernanda Cavenatti. Parabéns pelo trabalho e excelente evento. "

    Até o próximo evento.

    Sr. Master Andrade.

    Confira algumas fotos

     

     

     

     



  • ATA Brasil agradece aos juízes da 2ª Etapa do Brasileiro


    "Agradecemos a dedicação, seriedade e compromisso dos juízes que trabalharam para que o Torneio Brasileiro, em São Paulo, fosse um sucesso. Parabéns a todos!" DPTM

    Juízes Registrados na Segunda Etapa do Campeonato Brasileiro de Taekwondo Songahm São Paulo 5 de abril de 2014

    São Paulo

    Master Plentz
    William Rocha
    Fausto Berwanger
    Débora Plentz
    Dong Ho Nam
    Amanda Valente
    Rodrigo Castilho
    Franklin Teixeira
    Eliane Zordan
    Paulo Oliveira
    Camila Peretta
    Anderson Freire
    Arthur Ponzeto
    Fabiola Helou
    Marco Silva
    Márcia Delarisque
    Cláudia Silva
    Bárbara Castilho
    Bianca Castilho
    Carlos Oyama
    Angela Aguiar
    Gabriel Schwabe
    Sandro Tamura
    Gabriel Lopes
    Estácio de Sá

    Santa Catarina

    Master Botton
    Rodolpho Cavenatti
    Fernanda Cavenatti
    Nicole Librizzi                                                                                                                           
    Gabriel Teixeira
    Fernando Marques
    Davies Vidart
    Jesse Santos
    Rafael Possobon

    Heriberto Ratti                                                                                                                         

    Rio de Janeiro

    André Herrmann
    Mirella Pizzorno

    Mato Grosso do Sul

    Régis Jochims
    Daisy Jochims

    Rio Grande do Sul

    Paulo Fraga
    Tadeu Drago
    Leandro Nery
    Anderson Mendonça

    Paraná

    SMC Andrade
    Sirlene Stammer
    Flávio Xavier
    David Gonzalez
    Rodrigo Demétrio
    Higor Carneiro
    Alex Marraui
    Ricardo Padilha
    Nychollas Collesel
    Caio Andrade
    Inglesson de Lara
    Washington Bittencourt
    Fernanda Bittencourt



  • Venha conhecer a ATA Leader Team Ecoville


     

    Veja o time que está esperando por você: Sr Nychollas Collesel, 3º Dan; Senior Mestre Andrade, 7º Dan e Prof. Rodrigo Demétrio, 5º Dan.

    Convite 

    "Queremos compartilhar com todos os nossos alunos, familiares, ex-alunos e todas as pessoas que quiserem conhecer, a nossa 5ª sede em Curitiba. Localizada no Bairro Ecoville anexo a Academia For Fit. Uma área ampla, moderna, bem arejada e confortável para recebê-los. Sob o comando do Senior Master C. Ademar Andrade, o Professor Rodrigo Demétrio estará esperando por você juntamento com o Instrutor Nychollas Collesel para ajudar você a alcançar os seus objetivos".

    Venha treinar este mês de março por nossa conta, totalmente Free para conhecer a nova Leader Team.

    Endereço e horários das aulas:
    Rua Angelo Piotto, 230 –Tel. 3024-0530 / Cel. 9878-2560 Prof. Demétrio

     Aulão de Faixas Pretas - Aula Inaugural da Leader Team Ecoville






  • Mestre e Professores dão as boas vindas


     

    Senior Mestre Andrade - 7º Dan

    " Sempre no inicio de cada ano, nós professores colocamos novas metas, baseadas nas nossas experiências e aonde queremos chegar com o nosso trabalho, metas para as academias, para os faixas pretas, faixas coloridas, nós como professores queremos sempre evoluir e oferecer os melhores serviços para os nossos alunos e familiares, todo o nosso resultado é baseado em mais de 25 anos de experiência no Taekwondo, portanto temos a obrigação de fazer sempre o nosso melhor, e consequência disso, teremos excelentes alunos".                                                         Sênior Mestre Andrade

    Professores da Leader Team: Prof.Demétrio, Profª Stammer, Prof.Flávio Xavier, Sr. Padilha, Sr. Caio Andrade, Sr. Inglesson De Lara e Sr. Nychollas Collesel

    "Desejo que todos os alunos alcancem suas metas no taekwondo e na sua vida pessoal, que 2014 seja um ano só de conquistas".  Sr. Ricardo Padilha

    “Vamos trabalhar firmes e focados em 2014 para ajudar os alunos a atingirem seus objetivos e metas pessoais. Além disso, aumentar ainda mais o número de pessoas beneficiadas pela prática do Taekwondo Songahm”.  Sr. Flávio Xavier

    " No sparring ou na vida, não perdemos e sim aprendemos para ficar mais fortes. Força de vontade é o que faz você atingir os seu objetivos".  Prof. Rodrigo Demétrio

    "Feliz começo de ano aos alunos da Leader Team. Que este ano participem de vários campeonatos, exames e atividades da academia e que coloquem o TKD como prioridade para 2014". Sr. Caio Andrade

    "Fazendo o que gosta, tudo fica mais fácil". Profª Sirlene Stammer

    "Eu quero ver todos bem animados e se divertindo na academia. Aliás,  aqui é o lugar onde eles tem que esquecer de tudo lá fora e viver o momento Taekwondo Songahm".Sr. Inglesson De Lara

    ''Feliz ano novo a todos os alunos. Agora com metas e objetivos traçados, vamos trabalhar forte para alcança-las.'' Sr.Nychollas Collesel

    "Não espere o incentivo de outros, o primeiro a acreditar no seu sonho tem que ser você mesmo, e que 2014 seja repleto de sucessos e conquistas. É o que espero de todos os alunos da Leader Team". Prof. Higor Carneiro



  • Estamos te esperando!Confira nossos horários.


     

    Horários das aulas nas Academias Leader Team para 2014

    Academia de Ponta Grossa

    Academia do Cabral

    Academia Novo Mundo

    Academia do Batel

    Academia das Mercês



  • Momentos de festa, desafios e solidariedade na Leader Team


    Desafio 50 lutas para Faixas Pretas

      

    Exame de Faixas Pretas 2013


    Desafio 2014 Chutes


    Festival de TKD 2013 - Teatro Fernanda Montenegro


    Entrega de doação dos 2840 brinquedos arrecadados nas academias Leader Team para o Hospital Pequeno Príncipe



  • Professores da Leader Team participam do Dia Nacional do Doador de Sangue


     Equipe da Leader Team no Hospital doando sangue

    Veja as informações do Hemobanco para saber mais sobre doação de sangue

     

    Doar sangue é seguro?
    SIM. Doar sangue não dói nem prejudica sua saúde, não vicia, não engorda nem emagrece, não torna obrigatória a doação regular caso não queira, não afina, não engrossa o sangue e não enfraquece o doador. O material utilizado na coleta é descartável, de uso único e não oferece qualquer risco de contaminação. A doação é rápida e a quantidade de sangue coletado é de aproximadamente 450 ml.

    Quem PODE doar sangue?
    Para realização da doação de sangue é necessário o doador:
    • Estar em boas condições gerais de saúde, tanto físicas como psíquicas;
    • Ter idade entre 18 e 67 anos. O limite para a primeira doação é até 60 anos. Indivíduos entre 16 e 18 anos podem realizar doações de sangue desde que estejam acompanhados dos pais ou responsáveis legais devidamente documentados e cumpram alguns requisitos conforme legislação vigente (verificar abaixo o item: O indivíduo menor de 18 anos pode realizar doação de sangue?);
    • Pesar mais de 50 kg;
    • Não estar grávida, nem amamentando;
    • Não estar em jejum (refeição leve), e após o almoço aguardar o intervalo de 2 horas para realizar a doação e, no caso de uma alimentação gordurosa, aguardar um intervalo de 3 horas;
    • Se ingerir bebida alcoólica - aguardar 12 horas;
    • Obedecer aos intervalos mínimos de doação: para homens o intervalo é de 2 meses, não ultrapassar 4 doações ao ano / e para mulheres intervalo é de 3 meses, não ultrapassar 3 doações ao ano;
    • Ter estilo de vida saudável e sem riscos de doenças infectocontagiosas e graves;
    • Não se enquadrar nas condições de quem não pode doar sangue, descritas no próximo ícone;
    • É obrigatório portar um documento oficial com foto no ato da doação;
    • O uso de medicamentos e doenças pregressas e anteriores serão avaliados no momento da entrevista (triagem clínica) que antecede a doação.


    Quem NÃO PODE doar sangue?
    Os indivíduos que não cumpram as exigências preconizadas pela legislação vigente, Portaria 1353/MS de 13 de Junho de 2011, tais como:
    • Indivíduos que não estão em boas condições de saúde;
    • Não se enquadram na faixa etária de 18 a 67 anos, 11 meses e 29 dias (a primeira doação deve ser realizada até os 60 anos, 11 meses e 29 dias);
    • Peso inferior a 50 Kg;
    • Tentativa de doação fora do intervalo e freqüência mínima permitida: 2 meses para homens, 4 doações anuais; 3 meses para mulheres, 3 doações anuais;
    • Hipertensos com pressão arterial fora dos parâmetros de normalidade;
    • Anêmicos;
    • O uso de alguns medicamentos, o qual deve ser avaliado individualmente por profissional qualificado;
    • Gestantes e lactantes;
    • Hipermenorréia;
    • Uso de bebidas alcoólicas contra-indica a doação por 12 horas após o consumo;
    • Alergias, gripes, resfriados e doenças infecciosas;
    • Quem fez cirurgia de pequeno ou grande porte nos últimos meses (informar a cirurgia);
    • Algumas cirurgias e tratamento odontológico próximo a data da doação;
    • Cirurgia cardíaca e/ou problemas cardíacos graves é inaptidão definitiva;
    • Tatuagem, maquiagem definitiva ou piercing 6 meses após a realização; e 12 meses após se não houver condição de avaliação da segurança do procedimento realizado;
    • Piercing na cavidade oral e/ou na região genital, devido ao risco permanente de infecção, a inaptidão a doação é de 12 meses após a retirada do mesmo;
    • Quem esteve nos últimos 12 meses em região endêmica para doença de chagas, febre amarela ou malária;
    • Indivíduos que receberam componentes sanguíneos ou hemoderivados nos últimos 12 meses;
    • Histórico atual ou pregresso de uso de drogas ilícitas;
    • Quem teve hepatite após os 10 anos de idade ou contato com alguém com hepatite;
    • Indivíduos que tenham antecedente clínico, laboratorial ou histórico atual de infecções pelos agentes da Hepatite B e C, HIV, HTLV, Chagas e Sífilis;
    • Indivíduos que apresentem situações ou comportamentos que levem a risco acrescido para a AIDS e infecções sexualmente transmissíveis;
    • Vale lembrar que demais situações devem ser avaliadas por um profissional qualificado em prol de manter a proteção do doador e do receptor.


    Como é feita a doação de sangue?
    Ao chegar no Hemobanco você vai passar pelas seguintes etapas:
    1. Recepção: é realizado o cadastro do doador, a sua identificação, onde vai preencher um cadastro com os seus dados pessoais. Não esqueça: somente podem doar aqueles que apresentarem no momento do cadastro um documento oficial com foto (RG, carteiria de motorista, carteira profissional, passaporte etc.);
    2. Pré triagem: é realizada a verificação dos dados vitais (pressão arterial, pulso, temperatura, peso e altura) e a realização do teste de anemia, realizado com uma mínima quantidade de sangue coletado a partir de uma punção na região digital do doador;
    3. Triagem clínica: é realizada a entrevista com o doador, na qual um profissional capacitado o questiona sobre seu estado de saúde, doenças atuais e pregressas, tratamentos médicos e cirúrgicos, uso de medicamentos, estilo de vida, visando a sua proteção e a proteção de quem irá receber o seu sangue. É o momento em que o doador é avaliado se está apto ou inapto à doação de sangue;
    4. Coleta de sangue: o sangue é colhido utilizando-se material totalmente descartável, estéril livre de contaminação. O procedimento é realizado por profissionais altamente capacitados e com segurança. O tempo de doação é em torno de 10 minutos, serão coletados em torno de 450 ml de sangue e mais 3 tubos para exames laboratoriais obrigatórios;
    5. Copa: após a doação, você será encaminhado para um lanche para auxiliar na sua hidratação e repor o volume doado. Deve ainda permanecer no banco de sangue por aproximadamente 15 minutos após a doação e, deixar o banco de sangue somente se estiver se sentindo bem.
    O que acontece com o sangue doado?
    Após a sua doação seu sangue será encaminhado para o setor de fracionamento, onde será dividido em seus diversos componentes como: as Hemácias, o Plasma, as Plaquetas ou o Crioprecipitado. As amostras de sangue, coletadas também no momento da doação, serão encaminhadas para a realização dos exames exigidos por lei. São os exames Imunohematológicos, que é a Tipagem ABO e o fator Rh e também, a pesquisa de hemoglobinas anômalas. E os exames Sorológicos, a fim de evitar a transmissão de doenças através do sangue. Os exames de pesquisa de doenças infecciosas realizados são: AIDS, Hepatites B e C,Chagas, Sífilis, HTLV I e II.
    O sangue que apresentar resultados sorológicos negativos será devidamente etiquetado e liberado para distribuição e transfusão. O que apresentar algum problema será descartado e o doador será chamado e receberá as orientações cabíveis necessárias.

     

     

    ENTRE NESSA CAMPANHA VOCÊ TAMBÉM. VÁ ATÉ O HEMOBANCO E FAÇA A SUA DOAÇÃO.

     



  • Campeões Pan Americanos 2013 - Confira a tabela


     Pan Americano 2013 - Campeões

     

    Feminino 1BD - Clique Aqui

    Feminino 2BD e 3BD - Clique Aqui

    Feminino 4BD e 5 BD - Clique Aqui

    Feminino Xtreme e Creative - Clique Aqui

     

    Masculino 1BD - Clique Aqui

    Masculino 2BD e 3BD - Clique Aqui

    Masculino 4BD e 5BD - Clique Aqui

    Masculino Xtreme e Creative - Clique Aqui

     Mestres - Clique Aqui



  • Marcos Meier, educador, fala como educar e impor limites nos dias de hoje


     A entrevista do educador Marcos Meier na revista Veja de 16/10/13,  conhecido comentarista sobre o tema também na RPC, aborda as dificuldades na arte de educar e os caminhos que os pais e professores devem seguir para conseguir melhores resultados.

    A Songahm Taekwondo tem como filosofia a formação do carater do aluno firmado no tripé: escola - família - taekwondo. Além de trabalhar arduamente as virtudes na qual são baseadas toda a filosofia de vida desta arte marcial, entre elas, o respeito e a solidariedade, fundamentais na prevenção ao bullying.

     



  • Resultados da Leader Team na 1ª etapa do Brasileiro 2014


    Academia do Novo Mundo

    • Sr. Geo Pacheco - 1º Fórmula, 2º Armas, 3º Sparring
    • Srta Patricia Xavier - 3º Fórmula, 1º Armas
    • Sr. Luciano Quadra - 3º Fórmula, 1º Armas
    • Srta Andressa Paladini - 1º Fórmula, 2º Armas, 1º Sparring
    • Sr. Henrique Bridon - 3º Armas
    • Sr.Gabriel Figueiredo - 2º Fórmula, 2º Armas, 3º Sparring

    Academia das Mercês

    • Sr Heitor Yamawaki Fachin: 1º Armas, 1º Sparring,
    • Sr Lucas Tavares Rockembach: 1º Formula, 3º Sparring BMG,
    • Sr Felipe Pires: 2º Sparring, 2º Sparring BMG,
    • Sr Leonardo Felipe Klayn: 3º Sparring,
    • Srta Isadora H. de Andrade: 1º Armas, 1º Formula, 1º Sparring, 2º Spar BMG
    • Sr Key Yu Wan :1º Armas, 1º Formula, 1º Sparring, 1º Sparring BMG,
    • Sr Gabriel Titon: 1º Armas, 1º Formula, 1º Sparring, 3º Sparring BMG,
    • Sr Lucas Ferrari: 1º Sparring, 3º Sparring BMG,
    • Sr Bruno Ribeiro Rocha: 1º Armas criativa, 3º Fórmula, 3º Sparring BMG.
    • Sr Thomas Nabboh Abreu: 3º Armas, 1º Sparring BMG.
    • Srta Luíza Farran Milani: 2º Formula, 2º Sparring, 2º Sparring BMG.
    • Sr Guilherme Troncoso Aguilar: 3º Sparring,
    • Sr Ricardo Padilha: 3º Armas, 3º Formula, 2º Sparring, 3º Sparring BMG,
    • Srta Sirlene Stammer: 1º Armas, 1º Formula, 1º Sparring, 1º Sparring BMG.

    Academia do Batel

    • Sr. Caio Andrade - 1º Armas, 3º Sparring, 1º XMA
    • Sr Alex Marraui - 3º Fórmula/2º Armas, 1º Sparring, 3º Sparr BMG
    • Sr. Alexandre Vilela - 1º Armas, 2º Sparring
    • Sr.Inglesson de Lara - 3º Fórmula, 1º Sparring
    • Sr Arthur Miskalo - 2º Sparring
    • Srta Rafaela Miskalo - 2º Fórmula, 1º Armas, 1º Sparring
    • Srta Isabela Ramon - 2º Fórmula,2º Armas, 1º Sparring
    • Sr. Rafael Freitas - 2º Armas, 1º Sparring, 1º Sparr BMG
    • Sr. Leonardo Duarte - 1º Fórmula, 3º Armas, 2º Sparring, 2º Sparr BMG, 1 º XMA

     



  • Pan Americano 2013 - imagens


    Pan Americano e Acampamento Sul Americano 2013



  • Pan Americano demonstra o crescimento do TKD na América do Sul


     

    "Estamos num constante crescimento dentro da STF/ATA, os números não mentem,
    e acredito que um dos segredos é a união dos professores, indiferente do
    país, todos tem o mesmo propósito nos eventos, e trabalham muito para
    alcançar o objetivo traçado.

     

    Vejo isso nas reuniões do Conselho de Mestres da América do Sul, hoje nos
    reunimos para decidir sobre o nosso futuro, nos dedicamos muito ao
    planejamento, e isso faz a diferença.

    E o outro segredo, que eu considero muito importante, estamos nos
    especializando cada vez mais no Taekwondo Songahm, quanto mais treinamos,
    mais estudamos, mais evoluímos profissionalmente e isso faz a diferença na
    hora de entregar nosso serviço.

    Seguiremos crescendo, pois temos um grande país para conquistar.

    Parabéns a todos desde o faixa branca até o mais graduado, e a todos os
    familiares".

    Mestre Andrade

     

    Confira na tabela abaixo (elaborada pelo Prof. Scalei) o quanto o Pan Americano cresceu nos últimos anos.



  • Dia da Criança na Leader Team


    Confira algumas imagens do Aulão do Dia da Criança com o S.N.Mestre Andrade

     



  • Leader Team no Pan 2013


    Confira aqui os resultados dos competidores da Leader Team

    ACADEMIA DO BATEL

     Pan Americano Aberto

    Caio Andrade - 1 Armas
    Inglesson De Lara - 3 Sparring / 1Imas
    Alex Marraui -   2 Armas / 3 Sparring / 3 Combat Weapons
    Ana Julia Fraiz  -  2 Sparring 
    Leonardo Duarte -  1 XMA Armas
    Bernardo Cyzick  - 1 Armas / 2 Fórmula
    Rafael Marin -   2 Fórmula / 1 Sparring
    Giovanna Abreu -   1 Armas / 1 Fórmula / 1 Sparring /1 Combat Weapons / 1 XMA Fórmula

    PanAmericano Top 10

    Caio Andrade  - 3 Armas /  2 Sparring 
    Inglesson De Lara -  3  Fórmula 
    Alex Marraui  -  2 Sparring / 3  XMA Armas 

    ACADEMIA DO NOVO MUNDO

    Torneio dos Campeões

    Sr.Flávio Xavier - 1º Sparring
    Sra. Gracia Caetano - 1º Sparring de BMG

    Torneio Aberto

    Sr.Flávio Xavier - 3º Sparring
    Sra.Gracia Caetano - 1º Sparring de BMG
    Srta Patricia Xavier - 1º Fórmula / 3º Sparring
    Srta Andressa Paladini - 2º Fórmula / 2º Sparring
    Sr.André Kosake - 3º Armas / 3º Sparring
    Sr.Henrique Bridon - Excelente participação

    ACADEMIA DO CABRAL

    Joao Arthur b. da Silva - 1° def, ataq. / 2° em Fórmula e Armas
    João Arthur Cavalet - 2° Armas                                                                                                                                             Gustavo Guimarães - 3º Armas / 3º Sparring
    Victor Antoniuk - 1° Armas, Sparring e Combat Weapons / 2 Fórmula
    Otavio Lucinda - 1 Armas e Combat Weapons / 2° Fórmula e Sparring
    Fernando Tonet - Parabéns pela participação.
    Giovana Tonet - Torneio dos Campeões: 3° Sparring e Armas / T.A. 3° sparring
    Paulo Camanducaia: Torneio dos campeões: 2° Armas e Combat Weapons / 3 Fórmula /T.A: 2° Armas, Combat weapons e Sparring ? 3° Fórmula
    Ricardo Grillo: Torneio dos Campeões: 3° Combate weapons /T.A: 1 Armas e 3 combate weapons
    Rodrigo Grillo: T.A. 2° Combat weapons
    Nycollas Collesel: T.A. 2° Armas e 3° Sparring
    Rodrigo Demetrio: T. Campeões: 1° Sparring / 2° armas e fórmula / T.A. 1° em Fórmula e Sparring

    ACADEMIA DAS MERCÊS

    Torneio Aberto

    Sr. Bruno Ribeiro Rocha - 1º Sparring, 2º Armas, 3º Fórmula.
    Sr. Lucas Ferrari - 1º Armas, 2º Sparring, 2º Sparring BMG.
    Sr. Key Yu Wan - 1º Armas, 1º Fórmula, 1º Sparring, 3º Sparring BMG.
    Sr. Gabriel Titon - 2º Fórmula, 2º Sparring, 4º Armas.
    Srta. Consuelo Marcondes - 2º Armas, 2º Sparring.
    Sr. Thomas Abreu - 2º Sparring, 2º Sparring BMG.
    Srta. Eloisa Canziani - 2º Armas, 3º Fórmula, 3º Sparring BMG.

    TOP TEN (Torneio dos Campeões)

    Sr. Bruno Ribeiro Rocha - 1º Armas.
    Srta. Consuelo Marcondes - 1º Armas, 3º Sparring
    Srta Eloisa Canziani - 2º Fórmula, 2º Sparring BMG, 3º Sparring.
    Instr. Ricardo Padilha - 3º Sparring.
    Profª Sirlene Stammer - 2º Formula, 2º Sparring, 3º Armas, 3º Sparring BMG.



  • Conheça os Campeões Brasileiros 2013


     TOP FOUR BRASIL 2013



  • Brasileiro e TOP FOUR 2013


    Conheça a história do Top Four Brasil e a evolução natural para os outros torneios

     "Neste evento que passou, o TOP 4 Brasil celebrou 10 anos, foi um evento muito especial, fizemos um reconhecimento aos "veteranos" que estavam presentes e fizeram parte da primeira edição em 2003. Foi feita também uma homenagem aos Mestres que naquela época abriram mão de competir a nível nacional para começar a organizar o circuito nacional.
    Até 1999 nós realizamos torneios eventuais, sempre nas cidades onde o TKD era forte como Foz e Ponta Grossa, mas não era um circuito organizado por etapas, em 2000 começamos a organizar o circuito com a realização das etapas somando pontos de participação e de acordo com a colocação, cada categoria passou a ter um campeão brasileiro nas modalidades de Fórmulas e Sparring Tradicional pelos pontos "corridos" somados durante o ano, o campeão era reconhecido com um pin, um certificado e uma insígnia no uniforme exibindo a modalidade e o ano. Foi neste ano que começamos as categorias de armas tradicionais no Brasil.
    Em 2003 começamos a realizar o TOP 4 Brasil, a idéia era ter uma final do circuito com os quatro faixas pretas com maior pontuação no ranking, dando assim uma chance maior aos faixas pretas de disputarem o título e definitivamente subindo o nível dos competidores que se reflete em números e conquistas hoje em dia. Após disputar o circuito nas etapas durante o ano, os quatro competidores disputam uma final e o campeão tem o direito de usar o uniforme com a cor da escrita verde nas costas exibindo seu título de fórmula, armas ou sparring tradicional.
    Tamanho foi o sucesso que a receita foi aplicada nos demais países da América do Sul, cada país tendo seu circuito, naturalmente surgiu a necessidade de uma competição, uma final pelo título Panamericano entre os vencedores de cada país, foi assim que em 2007 começamos o TOP 10 Panamericano.
    Com a chegada dessas competições foi criado o critério para cada competidor poder disputar as respectivas finais, finalistas do circuito nacional poderiam disputar o TOP 10 Panamericano e os finalistas desta competição garantem vaga no TOP 10 mundial nos EUA.
    O nível da competição subiu de uma forma muito positiva, até o ano 2000 o Brasil ainda não tinha campeões mundiais, de 2000 a 2003 surgiram dois campeões, e de 2003 até hoje já são 19 campeões mundiais somando 28 títulos entre as modalidades no total, desde as categorias infantil até os Mestres.
    Muitos competidores de outros países começaram a vir disputar o circuito brasileiro, nos sentimos muito honrados por isso, de uma forma é uma ajuda mútua, hoje em 2013 todos os países da América do Sul tem campeões mundiais.
    De 2003 para hoje foram  realizadas 07 edições do Torneio Panamericano por equipes, o Brasil venceu 05 destas e este ano foi vice-campeão mundial por equipes nos EUA chegando a final como um franco favorito e muito respeitado por todos.
    O departamento de torneios esta na ativa desde 2005 e hoje cada país da América do Sul tem seu departamento que trabalha em conjunto com os demais para os Panamericanos que têm sido um grande sucesso.
    Já estamos trabalhando em algumas novidades para o circuito de 2014, em breve divulgaremos!".

     

    Prof.Cavenatti
    DPTM Torneios

     Abertura do evento 

    Homenagens aos veteranos do Top Four e Escolas

    • N.Sr.Mestre Andrade, Mestre Plentz e Mestre Botton pela criação do Top Four e por torná-lo tão grande.
    • Prof. Fábio Rossato, Prof. Rodolpho Cavenatti, Prof. David Gonzalez, Prof. Rodrigo Demétrio, Prof. Fernando Pereira, Prof. Heriberto Ratti, Prof. Kátia Hartmann, Prof. Sirlene Stammer, Srta. Nicoli Librizzi, Sr. Nychollas Collesel, Sr. Jesse Santos e Srta, Vitória Braiti.
    • ATA Plentz System - SP - Rede de Escolas com maior representação.
    • Leader Team Batel - Escola anfitriã.
    • Top Martial Arts - Unidade Sta Mônica - Escola visitante.

    Mestre Botton, N. Sr. Mestre Andrade e Mestre Plentz

    Bastidores do evento para que tudo seja perfeito

    Momentos do evento



  • Leader Team - Brasileiro e Top Four


    Academia das Mercês

    Top Four
    Sr. Álvaro Pedroso: 1 Sparring, 3 Sparring BMG, 3 Sparring BME.
    Srta. Leticia Stella: 1 Sparring BME, 1 Armas, 2 Sparring, 2 Formula.
    Srta. Consuelo Marcondes: 1 Armas, 3 Formula, 1 Sparring.
    Sr. Lucas Ferrari: 1 Sparring de BME, 3 Sparring Top Four, 2 Armas, 1 Spar BME.
    Srta. Luiza Milani: 1 Sparring , 2 Sparring de BME.
    Srta Eloíza Canziani: 3 Formula, 2 Sparring BME, 3 Sparring.
    Profª Stammer: 1 Sparring, 1 Formula, 1 Armas, 1 Sparring BME .
    Sr. Padilha: 2 Armas , 3 Formula, 2 Sparring BME, 3 Sparring.

    Campeonato Brasileiro
    Srta. Sofia Kalil: Armas Nota 10, Formula Nota 10.
    Sr. Giovani Garbin: Excelente Participação.
    Sr. Henrique Godoy: 3 Formula, 3 Armas
    Sr. Heitor Yamawaki: 1 Sparring
    Sr. André Marodin: 1 Sparring BME, 3 Armas.
    Sr. Wilson Cavalheiro Junior: 2 Sparring.
    Sr. Joaquim A. Netto: Armas Nota 10, Formula Nota 10, Sparring Nota 10.
    Srta. Isabella Skroski: 1 Armas, 1 Sparring.
    Srta. Carolina Rodbard: Armas Nota 10, Formula Nota 10, Sparring Nota 10.
    Sr. Daniel A. Thomé: Armas Nota 10, Formula Nota 10, Sparring Nota 10.
    Sr. Thiago Batista: Armas Nota 10, Formula Nota 10, Sparring Nota 10.
    Sr. Gustavo de Carvalho: Excelente Participação.
    Sr. Lucas Rockembach: 3 Sparring, 1 Formula, 2 Sparring BMG, 2 Armas.
    Sr. Felipe Pires: 2 Armas
    Sr. Leonardo Klayn: 2 Sparring
    Sr. Gabriel Titon: 1 Formula, 1 Armas.
    Sr. Matheus Thomé: 2 Formula, 2 Sparring.
    Sr. Luis Eduardo Liberalesso: 3 Sparring BME.
    Sr. Key Yu Wan: 1 Armas, 1 Sparring, 2 Sparring BME, 1 Formula de XMA.
    Srta. Isadora Hoffman de Andrade: 1 Sparring, 1 Armas, 2 Formula.
    Sr. Bruno Ribeiro Rocha: 3 Armas, 2 Sparring.
    Sr. Lucas Ferrari: 1 Sparring de BME, 3 Sparring, 2 Armas, 1 Sparring BME.
    Srta. Leticia Stella: 1 Sparring BME, 1 Armas, 2 Sparring, 2 Formula
    Srta. Consuelo Marcondes: 1 Armas, 3 Formula, 1 Sparring.
    Sr. Rodrigo Beckert: Excelente Participação
    Srta. Luiza Milani: 1 Sparring, 3 Sparring, 2 Sparring de BMG.
    Sr. Thomas Abreu: Excelente Participação.
    Sr. Álvaro Pedroso: 2 Armas. 2 Armas, 2 Formula, 3 Sparring.
    Srta Eloíza Canziane: 1 Sparring, 1 Formula, 3 Armas, 3 Sparring BME.
    Sr. Padilha: 2 Sparring, 2 Formula, 3 Armas, 3 Sparring BME,
    Profª Stammer: 1 Sparring, 1 Formula, 1 Armas, 1 Sparring BME.

    Academia Novo Mundo

    Top Four
    Sr. Flávio Xavier – 3BD – 2º Fórmula / 3º Armas / 1º Sparring

    Campeonato Brasileiro
    Sr. Flávio Xavier – 3BD – 1º Fórmula / 2º Armas / 3º Sparring
    Sra. Gracia Caetano – 1BD – 1º Sparring / 1º Combat Weapons
    Sra. Patricia Xavier – Azul – 1º Fórmula / 1º Armas / 1º Sparring
    Sr.Luciano Quadra – Roxa – 1º Fórmula/ 2º Armas / 3º Sparring / 2º C. Weapons
    Srta Andressa Paladini – Roxa – 2º Armas / 3º Sparring
    Sr Victor Grein – Laranja – Excelente Participação
    Sr.André Kosake – Laranja – 3º Sparring
    Sr.Gustavo Felchner – Laranja – 1º Fórmula
    Sr.Luiz Rodrigues – Laranja – 2º Fórmula / 1º Armas / 3 º Sparring
    Srta Aretha Mercuri – Laranja – 1º Armas / 1º Sparring
    Srta Maria Pascioniki – Branca – 1º Fórmula / 2º Armas / 2º Sparring
    Sr.João May – Laranja – 3º Sparring
    Sr.Luis May – Laranja – 3º Sparring
    Sr João Gonçalvez – Laranja – 3º Fórmula
    Srta Roberta Zanella – Branca -1º Fórmula / 1º Armas / 2º Sparring / 3º C. Weapons
    Sr.Henrique Bridon – Branca – Excelente Participação
    Sr. Adriano Ramos – Branca – 3º Fórmula
    Sr. João Souza – Branca – Excelente Participação

    Academia do Cabral

    Top Four
    Prof. Rodrigo Demetrio - 1º Sparring / 1º Fórmula / 1º Sparring BMG /2º Armas
    Sr.Nychollas Collesel - 1º Sparring /3º Armas
    Srta Giovanna Tonet - 1º Sparring / 1º Sparring BMG / 1º Armas / 1º Spar por equipe
    2º Fórmula
    Sr. Paulo Camanducaia – 1º1º Sparring /1º Sparring BMG /2º Armas
    Sr.Ricardo Grillo - 1º Sparring BMG /1º Armas /2º Fórmula

    Campeonato Brasileiro
    Prof. Rodrigo Demetrio - 1º Sparring/1º Armas /1º Sparring BMG /2º Fórmula
    Sr.Nichollas Collesel - 1º Sparring /1º Armas
    Srta.Giovanna Tonet - 1º Sparring /1º Armas / 2º Fórmula
    Sr. Paulo Camanducaia -1º Sparring /3º Armas / 3º Sparring BMG
    Sr. Fernando Tonet -2º Armas /3º Armas
    Sr.Ricardo Grillo - 1º Sparring BMG/1º Armas/2º Fórmula
    Sr. Caio Pellizzari - 1º Armas
    Sr.Theo Coelho – Excelente Participação
    Sr.Gustavo Guimarães - 2º Sparring BMG
    Sr. Ludyson Klayn - 2º Armas /3º Sparring
    Srta Carolina Andrade - 1º Armas /1º Fórmula /1º Sparring
    Sr.Tomás Kienen -
    Srta. Sara Monteiro -
    Sr. Otavio Lucinda -
    Sr. Vitor Colombo -1º Tiny Tiger
    Sr.João Izé - 2º Armas /3º Sparring /3º Sparring BMG
    Srta Luiza Izé - 1º Armas /1º Sparring/3º Sparring BMG
    Srta Lorena Alcantara - 1º Tiny Tiger
    Sr.Victor Antoniuk -1º Sparring BMG /2º Sparring /2º Armas
    Sr.José Alcantara -
    Sr. Gabriel Araujo -
    Sr.Thiago Pereira - 1º Tiny Tiger
    Sr.João Artur Cavallet - 3º Sparring
    Sr.João A. B. Silva - 2º Defesas e Ataques /1º Armas
    Sr.Gabriel Melo - 3º Defesa e Ataque
    Srta. Gabriela Melo - 3º Fórmula /3º Defesa e Ataque
    Sr.Pedro Antunes -
    Sr.Giovani Willms - 2º Defesa e Ataque

    Academia do Batel

    Top Four
    Sr. Caio Andrade – 10 Fórmula / 10 Armas / 3º Sparring / 10 Spar de BMG / 1º XMA
    Sr. Inglesson de Lara – 3º Fórmula / 4º Armas / 3º Sparring / 2º IMAS
    Sr. Alex Marraui – 1 Fórmula / 1º Armas / 1º Sparring / 1º Sparring BMG /1º XMA
    Sr.Alexandre Vilela - 3º Fórmula / 1º Armas / 2º Sparring
    Sr.Geo Pacheco – 3º Armas /2º Sparring / 3º Sparring de BMG

    Campeonato Brasileiro
    Sr. Caio Andrade – 2º Fórmula / 3º Armas / 2Sparring / 1º Sparring BMG
    Sr. Alex Marraui – 1º Fórmula / 1º Armas / 1º Sparring /1º XMA
    Sr Alexandre Vilela – 3º Fórmula / 1º Armas / 1º Sparring
    Sr. André Luiz –
    Sr.Arthut Miskalo – 3º Fórmula / 3º Armas / 2º Sparring
    Sr.Bernardo Czizyk – 1º Fórmula / 1º Armas / 1º Sparring de BMG
    Sr.Bruno Souza – Participação
    Sr.Davi Cury – 1º Fórmula / 3º Armas
    Sr. Douglas Knaut –
    Sr.Douglas Serapio – 3º Fórmula / 3º Armas / 3º Sparring
    Sr.Eduardo Schimidlin – 2º Fórmula / 1º Sparring / 3º Sparring de BMG
    Sr.Eduardo Xavier – Participação
    Sr.Gabriel Freitas – Participação
    Sr.Geo Pacheco Jr – 3º Fórmula / 20 Sparring / 2º Sparring de BMG
    Srta. Giovanna Abreu – 1º Fórmula / 1º Armas / 3º Sparring / 3º Sp de BMG / 1º XMA
    Sr.Ian de Deus – 2º Fórmula / 2º Armas /
    Sr.Inglesson de Lara -10 Fórmula / 2º Armas / 2º IMAS
    Srta Isabella Drulla – 20 Fórmula / 2º Armas / 2º Sparring / 3º Sparring de BMG
    Srta Juliana Machado – 1º Fórmula / 2º Sparring /
    Sr.Leonardo Duarte – 2º Fórmula / 3º Sparring / 3º Sparring de BMG
    Sr.Luis Felipe Franco – 3º Sparring de BMG
    Srta Mariana Stall – 2º Fórmula / 2º Armas / 2º Sparring
    Srta Marina Stall – 2º Fórmula / 20 Armas / 20 Sparring de BMG
    Sr.Pedro Moll –
    Sr.Rafael Freitas – 3º Armas / 2º Sparring / 1º Sparring de BMG
    Srta Rafaela Miskalo – 1º Fórmula / 20 Sparring
    Sr.Rodrigo Fatuch – 1º Fórmula / 10 Sparring
    Sr.Rodrigo Luiz – 3º Armas
    Sr.Thalian Ercolani- 3º Sparring de BMG
    Srta Giovana Lopes Pecora – 1 Tiny Tiger
    Sr.Leo Seishin da Silva – 1º Tiny Tiger
    Sr. Luca Brugnerotto - – 1º Tiny Tiger
    Sr.Lucas Calleros Borges -– 1º Tiny Tiger
    Srta Marina Lopes Pecora - – 1º Tiny Tiger
    Sr. Matheus Brugnerotto - – 1º Tiny Tiger



  • Conquistas do Brasil no Mundial 2013


    Mestre Andrade torna-se o primeiro Mestre Brasileiro a conquistar o 7º BD, entra para o Hall da Fama e fica em 3º em Armas no Top Ten.

    Mestre Botton enfrenta uma semana de exames e torna-se o quarto Mestre Brasileiro.

    Mestre Plentz recebe homenagem em reconhecimento ao seu trabalho na Songahm Taekwondo, conquista o 2º lugar em Fórmula e Sparring e o 3º em Armas no Top Ten.

    Prof. Cavenatti recebe homenagem pelo importante trabalho à frente do Departamento de Torneio da ATA Brasil, fica em 5º lugar em Armas no Top Ten.

    Prof. David Gonzalez conquista o 5º BD nos EUA.

    Prof. Rodrigo Demétrio conquista o 5BD e também o 3º lugar em Sparring no Top Ten.

    Sr. Gabriel Teixeira de Florianópolis é Medalha de Ouro em Sparring no Top Ten e Srta. Amanda Valente é Medalha de Ouro em Armas no Top Ten.

    A Equipe do Brasil é Vice-Campeã no 1º Torneio por Equipes no Mundial.

     

    Resultados oficiais dos Competidores Brasileiros no Mundial 2013
                        TOP TEN 2013

    Nome grad Fórmula Armas Sparring Combat Weapons
    M.Andrade 7BD      3    
    M.Plentz 6BD    2    3        2  
    R.Cavenatti 5BD      5    
    P.Scalei 5BD             3
    F.A.Rossato 5BD        
    R.Demétrio 5BD         3  
    D.Gonzalez 5BD        
    P.Fraga 5BD        
    F.Berwanger 4BD        
    E.Plentz 4BD        
    W.Rocha 4BD        
    H.Ratti 4BD        
    N.Librizzi 3BD      2    
    F.Cavenatti 3BD     3        3  
    N.Collesel 3BD        
    C.Andrade 3BD        
    R.Castilho 3BD        
    T.Drago 2BD        
    G.Graham 2BD        
    J. Ferrer 2BD        
    F.Bittencourt 2BD        
    V.Ferrer 2BD        
    C.Bender 2BD        
    A.Valente 1BD     3     1    
    L.Vebber 1BD        
    V.H.Lunardi 1BD        
    C.Botton 1BD        
    G.Teixeira 1BD          1  
    N.Goeldner 1BD        
    G.P.Dyminski 1BD          3  
    L.Serra 1BD        
    G.L.Filho 1BD        
    B.Barbosa 1RBR        
               
               
               

     Torneio Aberto no Mundial 2013

    Nome Grad Fórmula Armas Sparring XMA Armas Combat Weapons
    M.Andrade 7BD          
    M.Plentz 6BD          
    R.Cavenatti 5BD      3      
    P.Scalei 5BD      2      1         2
    F.A.Rossato 5BD          
    R.Demétrio 5BD      1       1    
    D.Gonzalez 5BD          
    P.Fraga 4BD       3      
    F.Berwanger 4BD          3    
    E. Plentz 4BD          3    
    W. Rocha 4BD          
    H.Ratti 4BD          3    
    N.Librizzi 3BD       1      2    
    F.Cavenatti 3BD      1        1    
    N.Collesel 3BD          
    C.Andrade  3BD          3         3
     R.Castilho  3BD          3    
     T. Drago  2BD      3     1      3    
     G.Graham  2BD          1         2
     J.Ferrer  2BD          
     F.Bittencourt  2BD          2    
     V. Ferrer  2BD          
     C.Bender  2BD          
     A. Valente  1BD       2      
     L. Vebber  1BD       1      2         2
     V.H.Lunardi  1BD      1        1    
     C.Botton  1BD          
     G.Teixeira 1BD       2        1    
     N.Goeldner  1BD          
     M.Luciano 1BD           
     G.P.Dyminski  1BD      2     1     1        2
     L.Serra  1BD              3
     G.L.Filho  1BD      2     1     1    
     B.Barbosa  1RBR         1    
     S.Kobiyama  2D      2        
     K.Y.Wan  3D      1     1      1         1
     G.Titon  4D      1        2    
     L.Fugimoto  4R      3     2           1
     G.Dall'agnol  5D      1        1         2
     R.Dall'agnol  6D          3         1
     F.N. Neto  7D      3      3      
                 

     



  • Mundial 2013 - notícias do front


    A caminho de Little Rock - EUA

     

    Os treinos

    Cartaz do Torneio por Equipes

    Little Rock - Arkansas - EUA

    Casa Central - Jantar de Confraternização - Homenagens

     

    Cerimonia de Abertura - O Brasil tem o Mestre Botton

    Começam as Competições Top 10

    Torneio Aberto

    Equipes dos países para o Torneio por equipes

    Brasil é Vice-campeão no Torneio por Equipes

    Brasileiros que fizeram história no Mundial 2013

     



  • Exame de Faixa e Torneio Interno


     Exame de Faixa e Torneio Interno Leader Team 2013 

    A gentileza, o clima de festa entre amigos demonstrou mais uma vez porque a Songahm Taekwondo é diferenciada pela disciplina e virtude na educação. E destaque na qualidade de suas técnicas. Parabéns a todos!

     

     



  • Pontuação Top Four Brasil 2013


     

     

     

     



  • Violência - um problema crescente que precisa ser debatido


    1 - Sr. Joel o Sr que está dentro da PM há tanto tempo, como avalia a crescente violência? Especialmente entre menores?
    R: Infelizmente as pesquisas mostram que a violência vem aumentando e se tornando cada vez mais precoce, antigamente era raro ouvir falar que menores praticaram violência e outros crimes, atualmente a gente se depara com jovens e até mesmo crianças com pouca idade, envolvidos em vários crimes e contravenções.

    2- Entre vocês da polícia é perceptível este aumento de violência e infelizmente da crueldade nos crimes?
    R: Sim, este aumento é perceptível, há 16 anos atrás quando entrei na Policia Militar já havia muitos problemas relacionados à violência, mas nos dias atuais, tanto o número de ocorrências atendido pela Policia Militar é maior quanto os tipos de crimes cometidos são mais graves.

    3- A impressão é de que a vida humana perdeu o valor, mata-se por nada. A vítima não reage, não tem dinheiro, olhou o agressor....morre! O Sr. concorda?
    R: Sim, uma pessoa que se submete a praticar um assalto, por exemplo, geralmente já está em uma situação em que ela não valoriza mais a própria vida, como consequência não vai valorizar a vida de outra pessoa também. Se analisarmos o histórico dos criminosos vamos perceber que a grande maioria passou por inúmeras frustrações, limitações, registros de violência e uso de drogas. Para agravar esta situação em muito casos os agentes, no momento dos assaltos, estão sobre influência de drogas ou em fases de abstinência, tornando-os mais agressivos e ansiosos para conseguir o dinheiro ou algo de valor para trocar por drogas, em situações que a vítima não tem nada de valor, para o criminoso a vítima se torna culpada por não ter o que ele queria, vindo a descarregar toda a sua raiva contra a vítima.

    4- Qual é a opinião do Sr em relação a diminuição da idade da responsabilidade criminal?
    R: Esta é uma questão bastante polêmica e extensa, que merece ser o assunto especial de uma outra matéria, pois não se trata somente da questão em si, mas das consequências que adviriam dela. Algumas questões que teriam que ser analisadas e resolvidas seria a sistema carcerário, que já está com sua capacidade comprometida e que sofreria aumento na população carcerária, somado à este aumento teríamos a questão do convívio deste jovem com outros presos mais velhos e até mesmo mais experientes no mundo do crime, que influenciariam negativamente, dificultando ainda mais a inserção deste jovens na sociedade após terem cumprido a pena. Eu sou a favor da diminuição de maioridade penal, porém se faz necessário uma grande reestruturação no sistema para que ela seja efetiva.

    5- A impunidade geral que temos em nosso país contribui para este clima de desalento?
    R: A burocracia e a demora do sistema judiciário criam nas pessoas uma sensação de impunidade, que revolta as vítimas, que se sentem injustiçadas e motivam os agentes a continuar praticando os delitos e crimes, por se sentirem impunes. Porém, de outro lado temos muitas pessoas na sociedade que deixam de fazer a sua parte, como denunciar e testemunhar quando se deparam com delitos, por medo ou por não querem se envolver, estas atitudes favorecem para este clima de desalento, por isso é importante que as pessoas denunciem quando presenciarem os delitos acontecendo, na verdade a maioria das ocorrências a polícia consegue resolver ou dar um encaminhamento, mediante as informações da sociedade.

    6- A sensação que temos é que a sociedade sofre de uma degradação moral. A crueldade, o não se importar, o virar as costas e o passar a mão na cabeça tem criado uma sociedade cada vez mais alheia, aplicando uma lei tipo "salve-se quem puder". O problema começa em casa?
    R: A família é a célula básica da sociedade é a primeira escola de todos os seres humanos, nela se constrói o aprendizado dos valores. O que percebemos é que muitas famílias estão desestruturadas e com vários formatos. Antigamente o retrato da família tinha o pai, a mãe e os filhos, hoje te vários retratos, pai e filhos, mãe e filhos, pais e filhos, mães e filhos, filhos sendo criados por avôs ou tios, entre outros formatos. A questão não está no formato das famílias, mas no preparo que a sociedade e as próprias famílias tem para lidar com tantas diferenças e desenvolverem os valores familiares em ambientes diferentes. Outra questão está no tempo e na qualidade do tempo que os pais ficam com os filhos, o mundo de hoje é bastante corrido, fazendo com que os pais se envolvam em inúmeras atividades, compromissos, trabalho, reuniões, busca pelo dinheiro, estudo, internet, TV, etc. fazendo com que o tempo que os pais tem com os filhos seja pequeno ou com pouca qualidade, pois de nada adianta estar em casa se o filho está no seu quarto navegando e o pai na sala assistindo TV e a mãe na cozinha lendo, claro que situações assim podem acontecer, porém é importante que a família tenha momentos de interação. Famílias bem estruturadas e que interagem conseguem desenvolver os valores que os filhos precisão para se tornarem jovens e adultos que respeitam as leis e o ser humano.

    7- Até onde a disseminação das drogas em todas as nossas cidades está ligada à violência?
    R: A violência e as drogas andam de mãos dadas, é difícil abordar um assunto sem se referir ao outro, na maioria das ocorrências atendidas pela Policia Militar as drogas e a violência estão relacionadas, pessoas que chegam em casa embriagadas e agridem os familiares, arrombamentos, assaltos onde os agentes são usuários de drogas, brigas em eventos onde as pessoas ingeriram álcool e tantas outras situações envolvendo drogas e atos violentos.

    8- Quais os passos para trabalhar este problema e eliminá-lo, tornando a sociedade mais justa e a punição mais severa de todos os crimes em geral?
    R: A Violência é uma questão que atinge e envolve toda a sociedade e para conseguirmos solucionar ou pelo menos diminuir este problema é importante a participação de todos e de cada um, a começar dentro das famílias, como educar uma criança e ensiná-la a não praticar violência, se ela presencia os pais se agredindo e por vezes também a agridem? Temos que buscar a Paz dentro da nossa casa, ensinar valores morais, desta forma a criança vai aprender a respeitar as pessoas e onde ela estiver ela agirá assim. As escolas precisam trabalhar cada vez mais as questões de convívio social, impondo limites aos alunos, dando autoridade aos professores, logicamente com o apoio das famílias. O governo investindo em programas e valorização da Paz, valorização dos professores e da estrutura das escolas, programas de geração de emprego e renda, programas de prevenção ao uso de drogas, etc. bem como desenvolver métodos para criar uma celeridade na justiça brasileira. Somente com o envolvimento de toda a sociedade

    9- A mídia tem sido muito criticada por mostrar as ações de policiais censurando-os, enquanto que os bandidos são colocados apenas como suspeitos. Isso tem causado reações nas redes sociais. Como o Sr vê este processo? É verdadeiro? A PM sente esta vigilância de forma exagerada?
    R: As pesquisas mostram que as notícias envolvendo policiais vendem mais e geram mais “ibope”, por isso a mídia dispensa uma atenção a estas notícias. Neste caso temos dois lados, logicamente que em meio a milhares de policiais tem alguns que agem de maneira diversa à lei, por outro lado em meio à milhares de profissionais da mídia tem alguns que só estão preocupados em ter “ibope”, divulgando matérias sensacionalistas para chamar atenção, porém nas duas situações são casos isolados, que não representam a realidade da maioria dos policiais que agem dentro dos limites da legalidade e nem a maioria dos profissionais da mídia que divulgam a realidade para informar a população.

    10- Onde pais, escolas e agremiações podem fazer a sua parte?
    R: A participação de todos é importante para reduzir a violência na nossa sociedade, os pais educando os filhos, ensinando valores e impondo limites, as escolas e agremiações fortalecendo os valores familiares e de convívio social, envolvendo-se em atividades de conscientização e de valorização da vida e da paz e cada um fazendo a sua parte tendo consciência das suas responsabilidades e respeitando os seus semelhantes.
    Gostaria de destacar o trabalho do Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd – Realizado pelas Polícias Militares de todos os estados do Brasil e presente em mais de 55 países, que tem como principais objetivos a prevenção ao uso de drogas e a prática da violência. O Proerd é desenvolvido por um policial militar no ambiente escolar com atividades que também envolvem as famílias, programa este que tenho a satisfação de ser instrutor há 14 anos e que há 15 anos vem trazendo um ótimo resultado em Santa Catarina.
    Ainda vale lembrar que o Taekwondo, por trabalhar o respeito às pessoas e fortalecer os valores morais, auxilia na questão de diminuir a violência. Uma das grandes preocupações dos pais quando analisam a possibilidade de colocar os filhos em uma arte marcial é justamente se os filhos não irão se tornar agressivos e brigar na escola, a experiência de anos trabalhando com crianças no Taekwondo nos mostra justamente o contrário, a criança tem um desejo natural por lutar, mesmo que por brincadeira, talvez influenciada por desenhos e filmes de lutas, quando a criança não treinar artes marciais ela não tem um horário próprio para descarregar este desejo de lutar e poderá lutar em qualquer lugar, inclusive na escola, ao frequentar aulas de artes marciais a criança terá um horário próprio e, lógico, a orientação adequada sobre a utilização das técnicas de defesa pessoal, tornando a criança mais confiante em si mesmo e sabendo como agir de situações difíceis, geralmente tendo controle para evitar a violência.



  • Dia dos Namorados - conheça 2 histórias de amor no TKD


    CASAL ROCHA de SÃO PAULO 

     Sra.Regina Rocha. – 28 anos – 3°Dan – Prof. William Rocha - 29 anos - 4° Dan - ATA-São Paulo - Itaim Bibi

    1-Vocês se conheceram no TKD? Quando?
    R.R. – Sim. Em 2005, na minha cerimonia para faixa amarela, assisti uma apresentação do Prof° William Rocha, na qual ele saltou 6 pessoas e executou um quebramento com um chute lateral. Eu fiquei impressionada e a partir daquele momento ele ficou em minha memória como o homem que voava.
    W.R. - Sim. Em 2005, durante um campeonato, eu estava no meio de um Sparringe e levei um giro lateral nas costas (é costelas fissuradas), acabei caindo fora do ringue, nos pés da Sra Rocha, que estava assistindo a luta. Vale lembrar que ela deu um leve chute em mim, só para ter certeza de que ainda estava vivo.

    2- Eram amigos antes de começarem a namorar?
    R.R. – Muito. Ele chegou a ser meu instructor por alguns meses, mas começamos a ficar mais próximos quando eu passei a fazer parte do grupo de instrução ainda como assistente. Logo viramos grandes amigos e por 3 anos nossa amizade se tornou tão forte, que ele se tornou meu melhor amigo.
    W.R. – Sim, muito amigos, a nossa amizade nasceu e tornou-se indispensável em minha vida, logo ela virou minha melhor amiga.

    3- Quanto tempo namoraram antes do casamento?
    R.R./W.R. - Em 2008 enfim, começamos a namorar e namoramos por 5 anos antes de oficializarmos o casamento que aconteceu agora em 2013. Nossa ceriMonia foi na praia e choveu o dia todo, uma chuva torrencial, mas bem na hora da cerimonia o sol apareceu e tornou o momento ainda mais especial.

    4- Como é treinar juntos?
    R.R. – Nem sempre é fácil. Como nos conhecemos muito bem, sabemos das fraquezas um do outro. Nos motivamos muito a superá-las, mas as vezes essa motivação parece uma pressão aos olhos do outro.
    W.R. - Não é uma tarefa simples, pois separar a aluna da esposa ou o professor do marido, é um constante desafio. Claro que poder dividir isso com ela, sem duvida é único, difícil até de explicar, torna tudo completo. Podemos dividir as alegrias, conquistas, erros, acertos, enfim tudo, na vida pessoal e profissional, realmente é único.

    5- Como treinam para as competições?
    R.R. – Treinamos porque gostamos de treinar, seja para uma competição, seja para um exame, seja apenas por vitória pessoal, nos motivamos muito e somos bastante exigentes em superar nossas limitações. Ele é meu professor, então exige como tal, independente se sou sua esposa ou não.
    W.R. - Bom, nosso treino nunca visa a competição, treinamos simplesmente pela paixão, pelo amor a ATA. Quando era mais novo treinava forte para competir, mas acabava tendo muita cobrança e estresse. Percebi que o treino com o foco em buscar o meu melhor, sem visar resultados ou títulos, é o treino que mantem vivo aquilo que me fez viver da ATA.

    6- Como é torcer um pelo outro nos torneios?
    R.R. – Super angustiante. Fico muito mais nervosa quando vejo ele no ringue do que quando eu mesma vou competir. Independente do resultado, ve-lo feliz é minha maior alegriA.
    W.R. - É uma situação muito incrível, independente de ser um campeonato ou uma cerimonia, ver ela a frente de varias pessoas, é muito, muito perfeito. Mas sem duvida ver o sorriso dela e a sua alegria apos as apresentações é o que vale. Ela sabe que sou o Fã n°1 e chefe do fã clube, tenho muito orgulho dela.

    7- Qual a situação mais angustiante que já viveram?
    R.R. – No ano em que conquistei o colarinho preto, minha avó estava muito doente e eu consequentemente muito abalada e sensivel. Foi um ano difícil e uma conquista muito grande, ele esteve ao meu lado o tempo todo, aguentando meu carrossel de emoções, me treinando, me motivando, não me deixando desistir.
    W.R. - Juntos, acredito que tenha sido a época do colarinho preto, dela. Por problemas familiares, ela não estava em um bom ano, psicologicamente. Varias foram as vezes em que ela pensava em chutar tudo para o alto, mas juntos aprendemos a encontrar o equilíbrio e alcançamos a vitória. Foi um ano de muito aprendizado para os dois, mas o que realmente ficou marcado foi que juntos realizamos tudo o que desejamos.

    8- E a mais bonita?
    R.R. – Fizemos o primeiro campeonato de quebramento de madeiras no final do ano passado. Combinamos de finalizar a estação da mesma maneira, com a cabeça. Isso fez o público todo aplaudir de pé, emocionando a todos, até o mestre Plentz se emocionou e isso virou nossa marca registrada.
    W.R. - Sem duvida, o campeonato de quebramento de madeira, dividimos duas categorias , masculina e feminina (sorte a minha pois olhando os vídeos acho que teria perdido para ela!!! hahaha), ao final da estação dela, acabei me emocionando e pulei da cadeira e ate uma farpa caiu em meu olho provocando uma lagrima(haha), mas o principal detalhe e que eu era um dos juízes (hahaha, muito imparcial, hahaha).

    9 - Vocês trabalham juntos no TKD? Como é que funciona?

     R.R. – Sim. Cada um tem suas funçoes, mas muitas vezes palpitamos no setor um do outro, isso as vezes ajuda e as vezes atrapalha bastante., mas fizemos uma promessa de nunca levarmos os problemas profissionais para a vida pessoal, dessa forma mantemos o equilíbrio.
    W.R. - Sim, a escola tem setores, mas isso as vezes não funciona 100% com a gente. Vivo dando palpite nas tarefas dela e ela nas minhas. Não é a tarefa mais fácil do mundo, mas sabemos que as opiniões adversas são a base de nosso crescimento, pois pensamos diferente, mas temos os mesmos objetivos finais, logo as diferenças engrandecem a todos. Mas assim que chegamos na garagem do nosso prédio deixamos o trabalho de lado e vamos falar só de nossa vida pessoal.

    10 - Quais são os planos de vocês dentro do TKD?
    R.R. – Amamos dar aula, esse é nosso foco principal. Estamos mudando a sede da nossa escola para um novo espaço e esse é um grande passo, pois o projeto é grande. Estamos bem felizes e bem confiantes com essa grande mudança.
    W.R. - Sempre buscamos evoluir, mas sem nunca perder o verdadeiro foco de nossas vidas. Queremos continuar vivendo da ATA, pois aqui é o nosso mundo, é a nossa vida. Felizmente, outras pessoas que formamos, resolveram viver da ATA, para poder proporcionar a eles a realização deste sonho, resolvemos mudar a nossa escola de endereço e aumentar o seu tamanho. Sem duvida é um projeto grande, mas estamos certos do êxito.

    11- Agora vocês irão formar uma família com a vinda do bebê. Qual é a
    expectativa? Estão ansiosos?

    R.R. – Estamos radiantes com a novidade. Ter fihos sempre foi nosso maior sonho. Estamos curtindo cada momento da gestação, mas claro, com uma expectativa enorme de te-lo em nossos braços.
    W.R. - Estamos vivendo um momento muito especial, pois tudo foi planejado e estamos curtindo cada segundo de todo este milagre. É incrível, ver o ultrassom e imaginar que logo ele estará, aqui ao nosso lado engrandecendo a nossa vida, correndo no tatame... Formando dupla com o Erick (filho da Sra. Plentz e do Mestre Plentz) nos ringues.

    12- Quando é o nascimento? Já sabem o sexo? E o nome?
    R. R / W.R – Está previsto para o dia 22 de novembro. Está chegando, um menino. Leonardo Rocha – de origem germânica, significa “forte como um leão".

    13- Deixem uma mensagem para o Dia dos Namorados.
    R.R – sempre respeitem quem está ao seu lado e acima de tudo, fortaleçam cada dia mais a amizade na relação. Temos uma regra de ouro: nunca dormimos chateados um com outro, resolvemos tudo antes de nos deitarmos, assim sempre acordamos com tudo resolvido para mais um dia…
    W.R. - Como a nossa relação nasceu de uma forte amizade, sempre oriento a todos, que acima de tudo preservem a base mais importante, a amizade. Pense em tudo o que já viveu até aqui e veja que os verdadeiros amigos são poucos, mas são eles que formam a nossa verdadeira família.
    Desejo a todos que tenha a mesma sorte que eu tive, de encontrar em minha melhor amiga a minha eterna companheira para tudo.

    CASAL CAVENATTI de FLORIANÓPOLIS 

    Prof. Rodolpho Cavenatti (RC)– 29 anos - 5BD e Sra. Fernanda Ravedutti Cavenatti (FC) - 22 anos - Faixa Preta 3BD
    TOP Martial Arts Unidades: Santa Mônica, Continente e Escola Dinâmica (Vargem Grande)

    1- Vocês já era colegas dentro do TKD antes de namorarem. Quando esta amizade virou interesse? Porque?
    FC: Realmente sempre tivemos uma amizade muito legal e muito respeitosa dentro do Taekwondo. Acredito que as coisas acontecem no momento que devem acontecer. Durante o campeonato Mundial de 2009 ele disse que me conheceu melhor como pessoa, conheceu o outro lado da Fernanda que não é apenas o profissional, que até então era só neste aspecto que mantínhamos contato. Porém, eu não havia percebido nada, pois estava tão feliz com o objetivo que tinha conquistado (top ten) que nem pensei em mais nada. Mas ele foi perseverante... ainda bem!
    RC: Eu sempre fui amigo do Sr.Ravedutti(irmão) aqui no Brasil, me lembro de ter visto a Fernanda algumas vezes na casa dele quando ela ainda não estava no TKD, depois dentro do TKD eu sempre admirei muito o César e a Fernanda pelo destaque como pessoas, nas competições e como instrutores, particularmente sempre fui muito fã da Sra.Katia e via na Fernanda uma continuação daquilo que gostava, sempre tivemos uma amizade muito legal no TKD, nos encontrávamos em eventos e era sempre um momento divertido. Depois acho que as coisas aconteceram na hora certa, linda ela sempre foi, mas os anos passaram e quando eu vi ela vencer o trilpe crown em 2009 eu sabia que ali estava uma pessoa diferente pois eu sempre soube que para vencer um TOP 10 nós precisamos de muita disciplina, paixão pelo que fazemos, comprometimento, dedicação e uma certa dose de ousadia, o título era legal, mas as qualidades, os princípios me chamaram a atenção.

    2- Como foi o início do relacionamento morando cada um numa cidade? Como era a rotina?
    FC: O Taekwondo nos uniu 100%, pois como somos apaixonados pela nossa profissão, por treinar, por se manter ativo na federação era esta a nossa rotina: finais de semana de treinos, exames de faixa, treinos, campeonatos, treinos e mais treinos estávamos sempre juntos apoiando um ao outro, pois é fundamental o apoio do (a) namorado (a) quando se trata de muitos eventos profissionais nos finais de semana.
    RC: Por sorte somos apaixonados pelo que fazemos então não tinhamos problemas em nos encontrar em treinos e eventos, a distância de certa maneira acelerou o processo e nos fez pensar se era isso mesmo que queríamos. Entre treinos, eventos e família sempre estavamos juntos, isso era o mais importante.

    3- Desde o começo vocês fizeram planos de casamento?
    FC: Sempre sonhei em encontrar a pessoa ideal que fosse parceira em crescer na vida, trilhar um caminho juntos e construir uma família, coincidindo com os ideais dele. Mas é claro que a distância acelerou um pouco os nossos planos.
    RC: A Fernanda é o tipo de mulher para casar, e eu não estava procurando apenas uma namorada, depois as coisas foram acontecendo

    4- Qual foi a reação dos amigos do TKD? Mestres e professores, além dos colegas?
    FC:Hoje damos risada, mas foi um período de muita tensão. Mas minha família e meus amigos, principalmente meu irmão adorou a idéia, pois eles já eram amigos e tinham uma boa convivência, além de saber o quão bem ele iria me fazer.
    RC: Percebi que o pessoal gosta muito dela, era como se tivesse uns 10 sogros, haha, tive que conversar com muita gente, uns adoraram a idéia, outros não, mas no fim deu tudo certo, hoje é engraçado de lembrar.

    5- Como foi a decisão de escolher em qual cidade iriam morar?
    FC: O Sr. Cavenatti já era dono de uma escola em Florianópolis, e sabíamos que eu poderia ajudá-lo muito neste sentido, pois nos completamos administrativamente também. Foi quando decidimos fazer crescer, melhorar e ampliar a escola já existente.
    RC: Adoramos praia !

    6- Como é treinar com o cônjuge?
    FC: Como quando começamos já tínhamos carreiras "formadas" dentro do Taekwondo, ele sempre me respeitou muito como profissional. Comecei dando aulas para os professores (4BD e 5BD), pois sou bem exigente e perfeccionista, e eles até gostavam desta cobrança. Treinamos e nos ajudamos muito. Confesso que as vezes é difícil receber uma "crítica" do próprio marido, principalmente quando ele fala de uma maneira mais rígida, mas somos adultos e profissionais, e é preciso entender que é necessário o respeito para o crescimento de ambos.
    Então sempre soubemos separar o profissional do pessoal. Já tivemos um caso de um aluno novo me perguntar se éramos irmãos, pois nos tratamos de maneira bem formal dentro da escola.
    RC: Depende do treino, sempre nos divertimos muito, mas quando o assunto é preparação para campeonatos mais sérios procuramos nos ajudar, nunca nos exigimos a vitória mas dar o melhor sempre com certeza.

    7- Como fica a ansiedade nas competições? Tendo que competir e ao mesmo tempo sabendo que o outro também irá competir?
    FC: Nossa, a ansiedade é grande!!! Nos ajudamos nos bastidores e previamente na preparação. As vezes no olhar já entendemos o sentimento e sabemos o que fazer.
    A maior ansiedade é durante o Top Ten Mundial, pois as categorias são simultâneas e não sabemos o que está acontecendo.
    RC: É engraçado, dependendo da importância do campeonato fico muito mais nervoso que ela ao assisti-la, muitas vezes nem assisto pelo envolvimento com o departamento de torneios, só fico sabendo do resultado depois, mas o que procuro fazer é ajuda-la no entorno da competição, deixar ela descansar, se alimentar bem e cuidar dos detalhes, o resto é com ela !

    8- Como vocês treinam juntos para as grandes competições?
    Um é personal do outro para trabalhar a parte técnica. Fazemos o horário "avançado" com os alunos para fazer sparring, e completamos com aulas de alongamento/flexibilidade, além de um exercício que cada um goste para "relaxar": no meu caso dança (jazz) e dele musculação.
    RC: Ela me da aula e eu dou aula pra ela, somos críticos uns cons os outros, depois procuramos entrar em aula com os alunos para praticarmos o sparring, temos um time muito bom e motivado, mas acho que o treino esta muito mais no apoio fora do tatame, isso sim é muito importante.

    9- E a rotina? Dá pra conciliar tanta coisa?
    FC: Temos a agenda bem justa, pois a maioria dos compromissos são pré determinados. Ficamos fora de casa o dia inteiro, mas priorizamos nosso almoço sempre juntos, e sempre encontramos um horário para tomar café durante uma tarde ou outra.
    RC: Sempre achamos um tempo para um café, almoço e cinema por exemplo, temos mudado alguma coisa na rotina para termos mais tempo para nós, esta muito legal, como qualquer parte da rotina temos que nos priorizar também.

    10- Vocês tem planos de filhos? Para quando?
    FC: Sim, com certeza. Temos alguns objetivos antes a cumprir, mas filhos daqui uns 05 anos.
    RC: Sim, com certeza, vários ! Tem uns planos na frente ainda mas esta programado para dentro de mais uns 4 ou 5 anos eu acredito.

    11- Como vocês se sentem sabendo que inspiram tantos casais dentro do TKD?
    FC: Fico muito feliz e quem sabe vamos ler histórias parecidas no futuro.
    RC: Na verdade eu não sabia, hehe, mas de qualquer forma fico feliz por que é o que desejo a todos, essa plena felicidade.

    12- Deixe uma mensagem para o Dia dos Namorados.
    FC: Mesmo tendo pouco tempo de casado e uma pequena experiência ainda, sinto a importância em reconquistar a pessoa ao seu lado todos os dias, falando algo ou tendo algum gesto diferente. Porém, o princípio de tudo é manter o respeito mútuo, pois são pessoas diferentes que tiveram experiências, criações e vivências diferentes, mas que com muito diálogo seguem o mesmo rumo procurando atingir e superar os mesmos desafios.
    RC: A data é importante, mas o que fica realmente é o sentimento, digo a todos que se vocês são namorados e sentem profunda amizade e respeito uns pelos outros...talvez seja hora de dar um passo a mais, hehe. Depois que casamos passei a notar que médicos se casam com médicos, engenheiros com engenheiros e por aí vai, não é uma regra mas acontece bastante, a vantagem de tudo isso é que nos admiramos e nos respeitamos muito, admiração e respeito são fundamentais !



  • A aventura de uma família Faixa Preta no mar


     Família Charavara ou Família Charavela em ação!

    A família em algns momentos (Paulo, Giovanna, Enrico, Jessica e Giulia)

    O Veleiro

    A Rota

    1 - No que consistiu a viagem de vocês? Rota e tempo de viagem?
    R: Saímos de Ft. Lauderdale/USA em Jan de 2011 e chegamos em Mooloolaba/ Austrália em Dez do mesmo ano. Da Austrália saímos de avião para Bali e então seguimos para Singarupa, de onde iniciamos uma viagem de trem pela Ásia, terminando com a nossa chegada ao Brasil em Fev de 2012.

    2 - Quando vocês decidiram fazer essa viagem? Por que?

    R: Adoramos viajar, de qualquer jeito, carro, ônibus, trem, como der, então em marco de 2010, sem nunca ter pisado em um veleiro, minha filha mais velha, Jessica, me apresentou alguns exemplos de famílias que fizeram uma viagens como essa e após a viagem seguiram uma vida normal. Foi a informação que eu precisava para me jogar de cabeça no projeto, e em 3 meses e 3 provas já era capitão e estava habilitado para a viagem. Compramos o barco e em poucos meses estávamos fazendo a primeira viagem teste até as Bahamas.

    3 - Foi uma decisão familiar? Todos aceitaram este desafio?
    R: Sim, uma aventura dessas está destinada ao desastre se não houver o empenho e a vontade de todos, mas cada um entrou no clima ao seu tempo.

    4- Como foi deixar a rotina para trás? Escola, trabalho etc?
    R: O mais difícil são os confortos que a vida na cidade nos traz, casa bem equipada, carro, e todos os itens básicos ali na esquina.

    5- Como vocês mantiveram contato?
    R: Para um contato de emergência tínhamos o telefone Iridium que funciona via satélite e que nos permitia vez ou outra trocar e-mail simples como mensagens de texto. Tínhamos conosco também dois aparelhos chamados EPIRB que emitem um sinal via satélite para o caso de resgate. Todas as vezes em que chegávamos a uma cidade, rapidamente buscávamos a internet para realmente entrarmos em contato.

    6- E os estudos? Como conciliaram a vida escolar das crianças?
    R: A escola nos ajudou bastante nessa hora, permitindo as crianças receber as apostilas que eram enviadas a lugares pré-determinados, para que eles seguissem com a nossa ajuda estudando a bordo. Com o retorno a casa eles prestaram todos os exames para a aprovação do ano que ficaram ausentes.

    7- Como era o dia a dia?
    R: Durante a navegação o barco exige muito trabalho braçal, as tarefas caseiras que se tornam muito mais complicadas e ainda existe todo o trabalho com velas, manutenção e navegação, mas mesmo assim sobra um tempo para um filminho em cima do veleiro no pôr do sol. Em terra a correria era outra: Reconhecer o local, comprar mantimentos, combustível, buscar peças para reparos (estão presentes no dia a dia do barco), internet e câmbio. Por vezes, até mesmo ir ao alto de coqueiros, bananeiras e mamoeiros para buscar frutos. Também existem os problemas de adaptação, tomadas e gás, ao contrario do que a maioria pensa não são iguais em todos os lugares, chegamos até a inventar um sistema de mangueiras para reabastecer o bujão em diferentes padrões.

    8- Como vocês distribuíam as responsabilidades?
    R: Minha mulher e as meninas cuidavam especialmente da informação, eram elas que juntavam todos os dados necessários para a próxima parada, marés, riscos, moeda, endereço e procedimentos para a entrada de papéis. Eu e o Enrico ficávamos com os afazeres do barco. Tarefas domésticas, velas e ancoragens era uma responsabilidade de todos. A navegação era feita por mim, mas com turnos divididos entre toda a tripulação, e que foi muito bem desempenhada até pelos mais novos, o Enrico por exemplo, levou o barco por 6 horas em plena barreira de corais da Austrália, em meio a um intenso tráfego de navios, apenas me acordando quando havia necessidade de comunicação ou alteração de rota.

    9 - Como foi cozinhar nesta viagem? Como conseguiam alimentos?
    R: O espaço limitado e o balanço inicialmente dificultavam bastante, mas logo acostumamos. A alimentação deve se regionalizar, cada região oferece produtos distintos, até o escambo é algo ainda praticado em algumas ilhas.

    10 -O Enrico viajou depois de conquistar a Faixa Preta. Como ele matava as saudades do TKD quando estava a bordo?
    R: Muito sparring no trampolim do barco, nos dias de mar calmo, ele ficava tanto tempo lutando na parte da frente ao barco, que costumávamos comentar, "acho que ele matou uns 1000 monstros lá na frente hoje".

    11- Ele voltou muito motivado. A viagem mudou alguma coisa nele?
    R: Ele mudou muito, a responsabilidade é algo primordial à viagem, e ele hoje é como um pequeno adulto.

    12- Qual o balanço da família após esta experiência juntos?
    R: Eu e minha esposa atingimos o nosso objetivo, demos a nossos filhos exemplos concretos e reais para as palavras: irmão, família, companheirismo, coragem e amor.
     



  • Conheça a Coreia do Sul - berço do taekwondo


    Coreia do Sul: Berço da Songahm Taekwondo

    Nosso Eternal Grand Master Haeng Ung Lee ,nasceu na Manchúria, China, colônia coreana, em 1936, ele iniciou seu treino no taekwondo ainda adolescente em 1954. Treinou a Inteligência Militar da República da Coréia entre 1956 e 1959. Quando deixou a academia militar abriu sua primeira academia, em Osan. A partir deste momento sua vida estaria para sempre ligada a do taekwondo.Quando foi para os EUA levou com ele o sonho de sistematizar o taekwondo de modo a torna-lo acessível para todos e assim expandir a filosofia de treinar corpo e mente para o mundo todo.

    Coréia do Sul

    História

    Seul

    Coreia do Sul, oficialmente República da Coreia é um país da Ásia Oriental, localizado na parte sul da Península da Coreia. Sua única fronteira terrestre é com a Coreia do Norte, com a qual formou apenas um país até 1945. Faz fronteira a leste com o Mar do Japão, a sul com o Estreito da Coreia, que o separa doJapão, e a oeste com o Mar Amarelo. Seu território compreende a metade sul da península coreana, englobando cerca de três mil ilhas que a rodeiam, dentre as quais se destacam Jeju, Ulleungdo e osRochedos de Liancourt. Aproximadamente metade de sua população vive na capital, Seul, ou em sua área metropolitana, que é uma das maiores do mundo (algumas fontes indicam que é a segunda, atrás apenas da área metropolitana de Tóquio, no Japão).

    Soldados em Seul durante a Guerra da Coreia

    Em 1948, como consequência da divisão da península entre soviéticos e estadunidenses, surgiram duas novas entidades que permanecem até hoje: a Coreia do Norte e a Coreia do Sul. No norte, um guerrilheiro antijaponês chamado Kim Il-sung obteve o poder através do apoio soviético; no sul, um político de direita, Syngman Rhee, foi nomeado como presidente.

    Em 25 de junho de 1950, a Coreia do Norte invade a Coreia do Sul, dando início à Guerra da Coreia. O Conselho de Segurança das Nações Unidas decidiu intervir contra a invasão com uma força liderada pelos Estados Unidos. Essa decisão só foi possível porque o delegado da União Soviética no Conselho de Segurança das Nações Unidas esteve ausente como forma de protesto pela admissão da República Popular da China naquele órgão. Por sua parte, a União Soviética e a China decidiram apoiar a Coreia do Norte, enviando efetivos militares e provisões para as tropas norte-coreanas. A guerra acabaria com baixas maciças de civis norte e sul-coreanos. O armistício de 1953 dividiu a península ao longo da Zona Desmilitarizada da Coreia, traçada muito próxima à linha da demarcação original. Nenhum tratado de paz foi firmado, e tecnicamente os dois países continuaram em guerra. Estima-se que 2,5 milhões de pessoas morreram durante o conflito.

    Em junho de 2000, foi celebrada pelo presidente Kim Dae-jung a Declaração de Paz e Prosperidade, em Pyongyang, capital da Coreia do Norte. Mais tarde, nesse mesmo ano, Kim recebeu o Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho para a democracia e os direitos humanos na Coreia do Sul e no leste asiático em geral e para a paz e reconciliação com a Coreia do Norte em particular. Em 2002, Coreia do Sul e Japão foram anfitriões da Copa do Mundo. Mais tarde, as relações entre ambas as nações se deterioraram, devido ao conflito sobre a possessão dos Rochedos de Liancourt (em coreano: Dodko).

    Atualmente a Coreia do Norte, liderada pelo atual presidente Kim Jong-un, desafia os anos de paz através de constantes ameaças de guerra e agressão nuclear, tanto à Coreia do Sul quanto aos seus aliados. Isso tem gerado tensão na região e também conflitos com os EUA.

    Clima

    Campos de Chá

    O clima predominante na Coreia do Sul é o continental.37 Em uma curta temporada de chuvas denominada jangma, que começa em finais de junho e termina no final do mês de julho, o país é afetado por uma monção, com precipitações mais abundantes durante o verão. Os invernos podem ser muito frios, com uma temperatura mínima que pode alcançar os -20 °C na parte mais setentrional do país. Em Seul, a média da temperatura varia entre -7 °C e 1 °C (no inverno), enquanto em agosto ascende a 22 °C a 30 °C.

    Idioma

    O idioma oficial do país e o mais falado pelos sul-coreanos é o coreano, cuja classificação ainda é objeto de debate; alguns autores afirmam que ela pertence à família altaica, enquanto outros afirmam que é uma língua isolada. O coreano tem o seu próprio alfabeto, o hangul, que foi inventado ao redor do século XV. Ainda que por seu aspecto pareça ser um alfabeto pictográfico, na realidade é um alfabeto organizado em blocos silábicos.

    Economia

    É a maior economia dos tigres asiáticos, a quarta maior da Ásia e a décima-terceira do mundo. É um importante parceiro comercial das maiores economias mundiais; por exemplo, é o terceiro melhor parceiro da República Popular da China e do Japão. o sétimo dos Estados Unidos e o oitavo da União Europeia.
    Sua capital, Seul, está constantemente colocada entre as dez cidades financeiras e comerciais mais importantes para a economia global e foi nomeada pela revista Forbes como a sexta cidade economicamente mais poderosa do mundo. O PIB per capita é cerca de trinta mil dólares.
    Sua economia é liderada por grandes conglomerados conhecidos como chaebol, incluindo as multinacionais Samsung, LG, Hyundai e Kia.

    Educação

    A educação é considerada fundamental para o êxito e, em consequência, é alvo de grande atenção governamental, com gastos correspondentes a 4,2% do PIB. Segundo dados de 2006 do Programa Internacional de Avaliação de Alunos da OCDE, o país ficou em primeiro lugar na resolução de problemas, terceiro lugar em matemática e décimo-primeiro em ciência. O sistema educativo está tecnologicamente avançado e foi o primeiro país do mundo a equipar todas as escolas primárias e secundárias do país com Internet de banda larga. Com esta infraestrutura, o país tem desenvolvido os primeiros livros didáticos digitais no mundo, que serão distribuídas de forma gratuita ao estudantes do ensino primário e aos secundário até 2013.

    Gastronomia

    A cozinha coreana se baseia em grande parte em arroz, talharins, tofus, verduras, peixes e carnes. A comida tradicional coreana se caracteriza pelo número de acompanhamentos, banchan que são servidos junto com o arroz de grão curto fervido. Cada prato é acompanhado por numerosos banchan. Entre os pratos tradicionais mais consumidos estão o bulgogi, o bibimbap e o galbi.
    O chá é uma parte importante da gastronomia nacional, e a cerimônia do chá é uma das tradições mais arreigadas da população. Os chás do país são preparados com cereais, ervas medicinais, sementes e frutos. As bebidas alcoólicas são feitas a partir dos cereais desde antes do século IV. Entre os principais licores sul-coreanos, encontram-se o takju (não refinado), o cheongju (medicinal) e o soju (licor destilado). O takju é a base para a fabricação de outras bebidas regionais, aumentando ou diminuindo o tempo de fermentação.2

    Esportes

    Taekwondo

    Estádio Olímpico de Seul

    A arte marcial do taekwondo é originária da Coreia. Outras artes marciais sul-coreanas incluem o hapkidô, otaekkyeon, o tangsudo e o kuk sool won..
    O beisebol foi introduzido na Coreia em 1905 e desde então converteu-se num dos esportes mais populares do país. Estabelecida em 1982, a Organização Coreana de Beisebol foi a primeira liga profissional esportiva no país. A equipe sul-coreana finalizou o Clássico Mundial de Beisebol de 2006 em terceiro lugar, em segundo na edição de 2009 e em 2008 ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim.
    Os Jogos Olímpicos de Verão de 1988 decorreram em Seul, tendo a Coreia do Sul alcançado o quarto maior número de medalhas, sendo 12 de ouro, 10 de prata e 11 de bronze. O país obtém regularmente bons resultados no tiro com arco, tênis de mesa, badminton, patinagem de velocidade de pista curta, handebol, hóquei no gelo, beisebol, judô, patinagem no gelo, taekwondo e halterofilismo.



  • Esclarecimento - Bullying é coisa séria


    Esclarecimento - Bullying é coisa séria

    A missão da Songahm Taekwondo é melhorar o mundo formando um Faixa Preta por vez. Por isso, entendemos que um mundo melhor será aquele onde a violência será controlada e banida, entre elas o bullying.
    As lições de vida trabalhadas em todas as faixas etárias são respeito, disciplina, honestidade, integridade, confiança, honra, solidariedade, entre outras. Essas questões são exemplificadas em sala e cada aluno coloca sua experiência ou conhecimento sobre cada uma delas, fazendo, desta forma, ampla reflexão.
    O tema Bullying vem sendo trabalhado há dois anos no intuito de esclarecer e preparar nossos alunos para essa agressão cada dia mais ousada e maldosa. Quando dizemos que os preparamos para enfrentar o problema, temos que destacar as duas frentes neste processo: educa-lo para jamais cometer tamanho erro, ajudando aqueles que estejam sofrendo a agressão, ensinando a gravidade duma ação de bullying. E por outro lado, ensinando-o a se defender numa situação de ameaça, pedindo ajuda e relatando o fato a um adulto.
    Para isso entendemos que em ambos os casos é necessário trabalhar e fortalecer a autoestima e o autocontrole. Se o aluno se sente seguro consigo mesmo não vai se deixar humilhar ou agredir pois saberá que deve pedir socorro e se proteger. Da mesma forma não vai humilhar ou agredir o outro.
    O TKD trabalha nas aulas os perfis em ambas as situações deixando claro que “bullying não é brincadeira, é crime”.
    Para alertar sobre o problema e chamar a atenção da comunidade muitas vezes entregamos panfletos na comunidade lembrando a necessidade de estar atentos e abrindo as portas de nossas escolas. Porém, já ocorreu de pessoas mal informadas associarem a imagem das artes marciais e dos treinos à violência, à reação ao bullying de forma violenta e física, o que não é verdade. Qualquer pessoa mais esclarecida que ler nossas mensagens e assistir a qualquer uma das nossas aulas entenderá que nossa luta é pela paz, pela não violência e por um mundo melhor, como diz nossa missão.

    Songahm Taekwondo do Brasil e ATA Brasil



  • ATA abre mais 4 escolas no Brasil


    Curitiba -PR

    Bairro Novo Mundo, Av. Brasilia 6823 -  Tel: (41) 3089 0409 - Leader Team Martial Arts - Prof. Sr. Flávio Xavier - Faixa Preta 3º Dan.

    Uberlândia - MG

    Av. Afranio Rodrigues da Cunha nr 47, bairro Tabajaras Uberlandia/MG - ATA UBERLANDIA MARTIAL ARTS, situada na Academia LM.
    Tel: (34 ) 8416 1764, Instrutor Sr. Sandro Paiva - Faixa preta 1º Dan.

    Lages - SC

    Rua Rua Professor Trajano n. 504, Centro. Instrutor Marcos Mazzochi  Faixa Preta 2º Dan.

    Florianópolis - SC

    Unidade escola Dinâmica Vargem Grande.
    Rua Cristóvão Machado de Campos, 1001- Florianópolis - SC-Tel: (48) 3269-5380
    topmartialarts@hotmail.com
    www.topmartialarts.com.br <http://www.topmartialarts.com.br>
    Professores: Senhor e Senhora Cavenatti 



  • Mundial 2013 terá Torneio por Equipes dos países


     

    Equipe do Brasil campeã Pan Americano 2011

    Equipes participantes do Pan Americano 2011

    Depois do grande sucesso do Torneio por Equipes nos Pan Americanos, sempre marcado pela festa das torcidas de cada país e grande emoção para todos, a modalidade poderá ser disputada também nos mundias. A partir deste ano, o Mundial 2013, traz essa disputa para a abertura oficial do evento. A expectativa é que a disputa da semi final e da final seja realizada no ginásio de esportes da cidade de Little Rock - Arkansas - EUA com a presença de grande público, bem como de Mestres e o Grand Master In Ho Lee.

    Mais um estímulo aos competidores para que treinem com garra e alegria.

    Vamos lá Brasil!!!!!



  • Agressão a crianças em aula de karatê choca comunidade de Artes Marciais


     

    Songahm Taekwondo: respeito e disciplina desde a primeira aula.

    Professores altamente capacitados para trabalhar com crianças, adolescentes e adultos.

    O vídeo (http://www.youtube.com/watch?v=TjSCIx775YE )que tem chocado a comunidade de artes marciais do Brasil foi divulgado por familiares depois de assistirem seus filhos, crianças e adolescentes, serem agredidos durante as aulas karatê da escola em questão. O pior de tudo é ouvir dos professores da tal escola de que isso é normal e que faz parte dos treinos.
    A Songahm Taekwondo repudia qualquer tipo de agressão em suas aulas e academias, seja por parte de professores , seja por parte de alunos. E leva este critério para além do ambiente da academia pois quer formar cidadãos melhores, através das aulas e das virtudes trabalhadas desde sempre, entre as quais, autocontrole, disciplina, honestidade, caridade, solidariedade, entre muitas outras (ver Lições de Vida em nosso site).
    Como diz a própria missão da Songahm Taekwondo: “Nós vamos melhorar o mundo formando uma Faixa Preta por vez”.
    Todas as escolas da Songahm Taekwondo no Brasil possuem professores altamente qualificados para trabalhar com crianças, adolescentes e adultos, respeitando suas particularidades e limitações, bem como oferecendo desafios e metas para que cada um possa trilhar um caminho de perseverança dentro da arte marcial que escolheu.
    Outra questão muito importante apresentada na denúncia dos pais desta escola de karatê do Pará é a falta de supervisão da Federação nos Certificados, ficando desta forma invalidados os certificados dos alunos, ou sem reconhecimento. Declaramos que as escolas da Songahm Taekwondo do Brasil fazem parte da maior organização de Artes Marciais do mundo, a ATA – American Taekwondo Association, que exerce controles rigorosos sobre a documentação dos alunos e professores, com mais de 1 milhão de praticantes em todo o mundo.
    Temos orgulho em poder oferecer uma arte marcial de qualidade e de termos ambiente familiar e seguro a todos nossos alunos e familiares. Reiteramos novamente a nossa consternação ao verificar que muitos, em nome das artes marciais, ainda se utilizam da violência como formação. Dizemos não ao desrespeito!



  • Hora de recomeçar com pique total


     

    Começamos o ano com planos na vida escolar, familiar, amorosa, lazer, e atividade física. O que percebemos porém é que os compromissos e o dever de cumprir a rotina diária acaba deixando nossos planos de atividade física, bem estar, lazer e convívio em último plano. É um erro!!!

    O Ano Novo é agora e depende de nosso esforço e determinação fazer alguma coisa por nós, por nossos filhos e por nossa saúde. O futuro é o que você planta hoje. Acredite.

    Nós da Leader Team esperamos você para uma aula experimental. Traga seus filhos, escolha horários e faça parte desta experiência saudável da arte marcial com equilibrio.

    Aos alunos desejamos que 2013 seja repleto de planos e desafios, supere seus limites, planeje as futuras graduações. Estamos com você!

    Venha treinar, estamos esperando por você!!!!!



  • Acampamento de Verão 2013 traz boas notícias


    "PARABÉNS a todos que participaram do 12º ACAMPAMENTO DE VERÃO, foi um sucesso, estamos crescendo cada vez mais, tivemos 78 participantes, os comentários foram os melhores possíveis.

    Estamos com mais 3 escolas novas. Curitiba com o Sr. Flávio Xavier - bairro Novo Mundo; Lages SC com o Sr. Marcos Mazzotti, e entramos em Minas Gerais, estamos na cidade de UBERLÂNIDA, com o Professor Sandro Paiva. Só temos a agradecer todo o apoio e comprometimento de todos os instrutores certificados, alunos e familiares. Nosso próximo evento será o estadual em Foz do Iguaçu.

    Um grande abraço".Mestre Andrade

     

    "Obrigada pelo reconhecimento. Com certeza o nosso foco é aprender cada vez mais e sermos exemplos para a família da ATA-Brasil. Assim crescemos todos juntos.
    Gostaria também de parabenizar pelo evento, pois estava impecável.
    Cronograma pontual, estrutura organizada, profissionais empenhados, cursos diferentes e bem ministrados, bem como reuniões e pautas construtivas.
    Obrigada por nos proporcionar mais esta vivência". Srta Librizzi - Floripa

    "Eu é que agradeço pelo evento. Realmente foi um dos melhores pelo empenho de todos, e foi um grande desafio particular para mim por ter assumido a palestra com os juízes iniciantes. Obrigada!!!" Sra Fernanda Cavenatti.

    "Agradeço a confiança e apoio depositado nesse grupo de graduados, especialmente em mim…estou sempre aí com muita disposição para contribuir. Obrigado". Prof. Fernando Marques Pereira

    "Gostei muito do acampamento o Prof. Pereira e o Prof Demétrio estão de parabéns". Luis Cesar Hartmann. Ponta Grossa.

    "As aulas de IMAS estavam muito proveitosas e boas, excelentes técnicas e professores". Nélida Rodrigues – Foz do Iguaçu.

    "Excelente para atualização e treinamento, todos estão de parabéns".
    Sr, Sandro Paiva – Uberlândia MG

    "Esse acampamento foi o melhor de todos. Foi TOP ....
    Gostei muito da aula de Xtrem, e de assistir o exame dos 4º Dans".
    Sr. Kei Wan – Ctba

    "Estava muito preocupado com a prova de arbitragem, não deu para aproveitar muito os cursos". Srta Adraiana Rodriguez – Foz do Iguaçu.

    "As aulas de IMAS foram excelentes, quebrou o preconceito que eu tinha".
    Sachi Kobyama. _ Floripa.

    "Excelente acampamento de verão, o curso de Xtrem foi excelente".
    Instrutor, Deives Vidart.

    "Todos os participantes se envolveram com muita disciplina e respeito. Teve estrutura de aula desde o inicio do evento até a apresentação final. O Prof. Pereira e o Prof Demétrio estão de parabéns". Profa. Sirlene Stammer.

    "A experiência foi ótima, o acampamento muito bem organizado e o IMAS foi um SHOW". Daniel Thiesen – Ctba.

    Confira alguns momentos do Acampamento de Verão 2013



  • Calendário Leader Team 2013


     



  • Eventos marcam o fim de 2012


    Confira os eventos da última semana do ano na Leader Team

    Desafio 2013 Chutes no Batel

     

    Desafio 25 Sparring nas Mercês

    Café da Manhã no Batel

    Almoço e Amigo Secreto Mestre e Professores

    Além do tradicional amigo secreto super animado da equipe da Leader Team, este ano Mestre Andrade fez uma surpresa especial e sorteou uma TV LED. O ganhador foi o Sr.Caio Andrade. Parabéns!!!!!

    Entrega das doações de brinquedos à Fundação Iniciativa


     

     



  • Festival de TKD 2012 encerra o ano com grande festa


    Festival 2012 - Emoção e Exames maravilhosos em Curitiba e Ponta Grossa

    O evento foi comandado pela equipe do Mestre Andrade. A Sra. Kátia Hartmann Garboza foi a Mestre de Cerimonias e o Mestre Andrade, anfitrião do evento, prestou as homenagens aos professores e à Srta.Vitória Braiti. A família Collesel prestou homenagem ao Mestre.

    Bastidores

    Apresentações e Exames

    Festival de Ponta Grossa

    A Sra.Kátia Hartmann Garboza e o Mestre Andrade recebem alunos e familiares para o Festival de TKD 2012 em Ponta Grossa. Vários alunos mudaram de faixa e 3 deles receberam a Faixa Preta. A equipe Leader Team Ponta Grossa prestou homenagem ao Mestre Andrade e lhe presentearam com um troféu super especial.

    Faixas Pretas 2012

    Sr.Thomas Abreu / Srta Luiza Farran Milani / Sr. Luiz Fernando Cepeda/ Sr. Luis Cesar Hartmann JR/  Sr. João Bruno Marques Anhaia / Sr. Gustavo Suplicy Lacerda Filho / Srta. Jordana Renata Camargo

     

     



  • Boas Festas à família taekwondo


    Boas festas à família Taekwondo

    "Chegamos ao final de mais um ano e é importante fazermos uma avaliação do ano que termina, assim como traçar metas e objetivos para o ano que logo despontará.
    Neste ano tivemos muitas conquistas e mudanças, tudo nos trouxe mais amadurecimento e oportunidades de rever a vida com bons olhos.
    Nos unimos em torno de treinos, torneios, exames, festas e também em prol dos amigos que precisaram de força e carinho. Acredito que conseguimos cumprir mais uma vez a missão como taekwondistas e homens de bem.
    A equipe Leader Team encerra 2012 com a alegria de ter formado mais 6 novos Faixas Pretas e 25 novos colarinhos, colocando esses alunos no caminho da especialização técnica e abrindo um horizonte profissional.
    É com alegria que desejo a todos nossos alunos, familiares e professores um Feliz Natal, entre os seus queridos, e que 2013 possamos trilhar juntos mais uma história de sucesso, amizade e companheirismo.
    Agradeço imensamente a confiança e a dedicação de todos durante o ano e a Deus por ter nos dados essa feliz oportunidade".

    Mestre Ademar Andrade



  • Leader Team leva mais de 70 competidores à Bal. Camboriú-SC


    "Parabéns á todos os alunos da Leader Team que participaram da 1ª ETAPA DE TAEKWONDO SONGAHM DE 2013 em Balneário Camboriú-SC.
    Parabéns à ATA-BRASIL, à equipe da Action Martial Arts - Botton Taekwondo Clube, ao Departamento de Torneios pela organização e realização do evento.
    Aos Pais por mais uma vez acreditar e confiar em nosso trabalho, sem vocês não seria possível obter os resultados com nossos alunos".
    O Mestre Ademar Andrade agradece em nome de todos os Professores da Leader Team, todos estão muito orgulhosos.

    “ Fico muito feliz em ver o progresso do alunos comparado ao campeonato anterior. Sabendo administrar a ansiedade e superando o nervosismo. Nossos alunos possuem uma característica peculiar que pode ser identificada facilmente: A qualidade técnica! Em todos os rings em que passei ou arbitrei pude verificar que os alunos de Curitiba possuem um tempero especial na execução dos movimentos. Mostramos nesta primeira etapa que Curitiba faz presença! Parabéns as família que acreditam nos seus filhos e apoiam o nosso trabalho!” Sr.Caio Andrade

    “Vejo que o nível dos competidores tem melhorado muito. E cada vez mais disputadas as categorias e muitas vezes sem um candidato favorito!
    É muito bom ver os pais acompanhando o nosso trabalho e apoiando cada vez mais os seus filhos, sendo que, sem a presença deles, seria muito difícil mostrarmos um bom resultado. Todos estão de parabéns, estou muito feliz!” Sr.Inglesson de Lara

    "Parabéns a todos os alunos que participaram deste torneio. Para alguns, as primeiras de muitas conquistas. Para os mais experientes, cada conquista como se fosse a primeira. Obrigado." Prof.Rodrigo Demétrio

    “Parabéns a todos os alunos, pais, instrutores e mestres que contribuíram para que o Torneio de Balneário Camboriú fosse um sucesso. A cada torneio que passa a ATA Brasil mostra toda a sua organização, marcialidade e visão de futuro, preservando o que é tradicional e criando novas áreas para que cada dia mais e mais pessoas possam participar de eventos grandiosos como este Brasileiro”.
    Parabéns à todos e 2013 está só começando!!!
    Sr.Flávio Xavier

    “Parabéns a todos os alunos que participaram deste último evento competitivo de 2012, é com essa garra e determinação que esperamos todos em nosso Festival de Taekwondo, dia 06 de dezembro, para fecharmos o ano com chave de ouro”. Prof. Sirlene Stammer

    “Parabéns a todos os alunos que competiram, nos eventos da ATA/STF- BRASIL, independente da colocação, todos são vencedores por se proporem a dedicar horas de treinos e horas de viagem, o desafio foi grande, mas tenho certeza que valeu o esforço.
    Aos pais que que acreditaram em nosso trabalho meu muito OBRIGADO, sem vocês não teríamos conseguido encarar toda essa maratona.
    Agora nosso último evento é o FESTIVAL contamos mais uma vez com a colaboração de todos para fazermos uma grande festa!
    Sr.Ricardo Padilha



  • Pan Chile 2012 - Melhores Momentos


     Pan Americano 2012 - Chile

     

     



  • Professor dá palestra sobre o TKD e os níveis de aprendizado


     

    Prof. Watanabe, é especialista em avaliar o direcionamento do olhar para a área de Propaganda e Marketing, trabalha na empresa ipdo!s Neurobusiness que analisa o olhar do consumidor, o que lhe chama a atenção, e foca aí o desenvolvimento do seu trabalho.
    Durante um ano ele observou as aulas da Srta Stammer e do Sr Padilha na academia Leader Team das Mercês, acompanhando o neto. Seu olhar atento e perspicaz começou a traçar um paralelo entre o TKD e o aprendizado e desenvolvimento da criança. Ele proferiu palestra aos professores da Leader Team para fortalecer o trabalho que eles realizam. Confira os dados do Prof. Watanabe:

    “Para o desenvolvimento integral da criança é necessário desenvolver e estimular todas as funções e partes do cérebro. O TKD é muito eficaz nesta função, especialmente para crianças entre 7 e 12 anos, deveria ser obrigatório. Além disso, o TKD estimula muito o relacionamento, o que é fundamental, o conhecimento sem relacionamento não é nada”. Explica ele.

    O Mundo é dos que:
    - Imaginam (pensar) – New brain
    - Emocionam (sentir) - Middle brain
    - Decidem (querer) – Old brain

    Ele destaca que uma das coisas mais importantes na vida é o indivíduo se perguntar: O que está acontecendo comigo agora?
    Bem estar e alegria OU medo e tristeza?
    Esta consciência do EU é soberana e deve orientar o individuo sempre. Isso o encaminhará para uma vida feliz, verdadeira em seus valores e evitará doenças.
    Segundo diversos estudos o câncer, especialmente os de mama e próstata foram relacionadas aos sentimentos de tristeza.
    O TKD como organização oferece sua visão, missão e valores como uma proposta e os realiza através dos instrutores nas aulas. Promovendo uma identificação do aluno com estes valores, formando o ser humano mais consciente e cidadão.
    A capacidade e a potencialidade do ser humano estão no cérebro. O TKD trabalha a saúde do corpo, da alma e do espírito dando o equilíbrio harmonioso entre Imaginação / Emoção / Decisão.
    Ao ver os processos de aprendizagem e conquistas durante a vida você irá compreender como a formação do caráter e da autoestima é importante durante a vida toda.

    Os 7 pecados capitais
    O Prof.Watanabe relaciona ainda os valores ensinados no TKD ao controle dos 7 pecados capitais, por exemplo:
    Gula – disciplina
    Avareza – autoconfiança
    Luxúria – Defesa Pessoal
    Ira – Fortalecimento
    Inveja – Auto estima
    Preguiça – Liderança
    Orgulho – Conduta anti-bulling

    As Leis Biográficas

    Podemos dizer que vida é dividida em ciclos de 7 anos.
    Aprender: até 21 anos
    Lutar: dos 21 aos 42 anos
    Tornar-se líder: 42 em diante
    A parte biológica começa a cair porém a energia se mantém alta, este é o segredo do sucesso do individuo.

    0 aos 7 anos – ( 1ª dentição) - aprender – O Mundo é BOM
    Processo de aprendizagem: imitação
    Nos 3 primeiros anos de vida a criança aprenderá a:
    - andar: conquistar espaço
    - falar: criar base para a comunicação
    - pensar: associar ideias.
    - Memória: desenvolve a memória e conquista o infinito.

    Dos 7 aos 14 anos – (2ª dentição) – aprender - o Mundo é BELO
    - Ed. Artística – olhos para o mundo
    - Arte marcial – atitude espiritual, exemplo: cortesia.
    Processo de Aprendizagem: Identificação
    ( Nesta fase ocorre, às vezes, a crise do patinho feio, sensação de desprezo devido a dificuldade de interação).

    Dos 14 aos 21 anos – O Mundo é cheio de OPORTUNIDADES.
    É o amadurecimento social do individuo.
    - Quem sou eu?
    - O que vim fazer no mundo?
    - O que quero ser na vida?

    Dos 21 aos 42 anos – Lutar – energia do QUERER
    - visão de vida
    - valores de vida
    - missão de vida
    Procurar – encontrar – como lidar

    Dos 42 aos 63 anos - Início da fase da SABEDORIA
    O sentimento de buscar algo verdadeiro e autêntico.
    - Sou eu
    - Minha vida tem sentido
    - Era isso o que eu esperava
    Ou o sentimento de ser descartado:
    - sem visão de vida
    - sem missão de vida
    - sem valores de vida

    Dos 63 aos 70 anos – Fase da ALMA MÍSTICA
    Qualquer momento da vida é tempo de começar algo.
    Fase de reavaliação dos nosso valores.

    Senilidade da vida adulta
    A luz externa da infância, adolescência e juventude se interioriza totalmente. Na velhice esta luz começa luzir de dentro.
    Muitas vezes acontece a síndrome do ninho vazio, a vida fica sem sentido, não há mais ara quem servir. Podem surgir males como surdez/ diabetes/ câncer/alzeheimer/complicações cardíacas/ artrites.

    A morte – o 2º mistério da vida.
    - Gostaria de ter vivido a vida que eu queria e não a que esperavam de mim.
    - Gostaria de não ter trabalhado tanto.
    - Ter tido coragem para expressar meus sentimentos.
    - Ter ficado em contato com meus amigos.
    - Ter me permitido ser mais feliz.

    A vida é um filme no qual somos os roteiristas. Como será o filme da tua vida?



  • Leader Team no Pan 2012


     Alunos e Professores da Leader Team brilham no Pan 2012

     Toda equipe participou de cursos contra facas, bullying, administração de academias, sp de bmgee simples e duplo, cursos de chutes, aulão de sp, treinamento com o GrandMaster IN HO LEE 9ºDAN Presidente da ATA/WTTU/STF, Chief Master Ozuna 8ºDan, Chief Master Raymond 8ºDan, Chief Master Caruso 8ºDan, Chief Master Nominee Von Schmeling, Sênior Nominee 7ºDan Gregory Moodle.

    Além disso vários de nosso professores fizeram exame de graduação e de colarinho.

    Mestre Andrade: Último parcial para 7º Dan

    Srta.Stammer: Parcial para 5º Dan

    Sr. Flávio Xavier: Parcial 4º Dan

    Sr.Padilha e Sr.Caio Andrade: são Instrutores Certificados (Colarinho Preto).

    ACADEMIA DE PONTA GROSSA

     Gustavo Suplicy Lacerda - 1º Formula / 1ºArmas / 1º Sparring / 1º Sparring de BMG no aberto

    Gustavo Suplicy Lacerda Filho - Top Ten - 1º em Fórmula / 1º Sparring

    Aberto - 2º Formula / 1º Sparring / 1º Armas,

    André Saad Cleto - 1º Sparring Bmg / 2° Sparring Aberto

    ACADEMIA CABRAL

    Prof. Rodrigo Demétrio: Top Ten: 1º Sparring / 1º Fórmula / 1º Armas
    Aberto: 1º Sparring / 1º Fórmula / 2º Armas

    Sr.Caio Andrade: Top Ten: 3º Armas / 3º Sparring / 3º XMA Weapons (presença do Campeão Mundial) / 4º Fórmula
    Aberto: 2º Armas / 2º Fórmula / 2º Sparring

    Sr.Rodrigo Grillo: Top Ten: 2º Sparring BMG / 3º Sparring
    Aberto: 1º Sparring BMG / 3º Sparring

    Sr. Ricardo Grillo: Top Ten: 2º Sparring BMG
    Aberto: 1º Armas / 1º Fórmula / 1º Sparring / 1º Sparring BMG

    Sr. João Cepeda: Aberto: 2º Sparring / 2º Sparring BMG

    Sr. Luiz Cepeda: Aberto: 1º Armas / 3º Sparring

    ACADEMIA MERCÊS

    Srta Sirlene Stammer: 1º Sparring / 2º Armas / 1º Fórmula / 2º Sparring BMG

    Sr.Ricardo Padilha: 3º Armas Aberto

    Sr. Nychollas Collesel: Top Ten: 1º Sparring - Aberto: 2º Armas / 2º Sparring

    Sr. Hélio Oliveira Volpe: Aberto: 1º Armas / 2º Sparring.

    Sr.Bruno Barbosa: 1º Sparring / 1º Armas / 3º Sparring de BMG.

    Sr. Thomas Abreu: 1º Armas / 2º Sparring de BMG.

    Sr Gabriel Dyminski: Aberto: 1º Armas / 1º Fórmula / 1º Sparring / 1º Sparring BMG.

    Top Ten: 3º Armas/ 3º Fórmula / 3º Sparring / 3º XMA

    Sr Gabriel Titon: 1º Sparring / 1º Armas / 1º Fórmula / 1º Sparring BMG

    Sr Thiago Fossati: 3º Armas / 3º Sparring / 3º Fórmula.

    Sr Key Yu Wan : 1º Sparring / 3º Armas / 1º Fórmula / 2º Sparring BMG.

    ACADEMIA DO BATEL

    Sr Flavio Xavier : Aberto: 1º em Sparring / 2º Fórmula
    Top 10: 4º em Sparring de BMG

    Sr. Nicolas Mariani: Aberto: 3º armas.

    Srta. Camila Galperin:  Aberto: 1º Sparring e armas e 2º em Formula
    Top 10: 2º Sparring e armas e 3º em Formula.
     

     

     



  • Brasileiro em Curitiba - melhores momentos


     Brasileiro em Curitiba - melhores momentos

     

     



  • Parabéns aos Campeões Brasileiros da Leader Team


    Parabéns aos alunos e professores Campeões Brasileiros 2012

    Academia Batel

    • Sr. Flávio Xavier – 3º Dan (30/39) - Campeão em Sparring e Vice em Sparring de BMG
    • Srta. Eloisa Canziani – 2º Dan (18/29) - Campeã de Sparring de BMG
    • Srta. Camila Galperin – 1º Dan (18/29) - Campeã em Armas e Sparring e Vice em Fórmula
    • Sr. Inglesson de Lara – 1º Dan (18/29) - Campeão em Armas e Vice em Fórmula
    • Sr. Geo Pacheco Jr. – 1º Dan (30/39) - Campeão em Sparring
    • Sr. Nicolas Mariani – 1º Dan (12/13/14) - Campeão em Armas

    Academia das Mercês

    • Sr.Gabriel Dyminski – 1ª Dan (9/11) – Campeão Sparring e Vice em Fórmula e Armas
    • Sr.Alvaro Pedroso Filho – 1 º Dan (30/39) – Campeão em Sparring de BMG e Vice em Fórmula
    • Sr.Washington Bittencourt – 1º Dan (40/49) – Campeão em Fórmula e Armas e Vice em Sparring e Sparring de BMG
    • Srta Fernanda Bittencourt – 2º Dan 9 12/14) – Campeã Sparring BMG e Vice em Fórmula e Armas.
    • Sr. Nychollas Collesel – 3º Dan – (15/17) – Campeão em Sparring e Vice em Fórmula

    Academia do Cabral

    • Prof. Rodrigo Demétrio – 4º Dan (30/39) – Campeão Fórmula, Armas e Sparring
    • Sr.Caio Andrade – 2º Dan – (18/29) – Campeão em XMA Armas e Vice em Fórmula, Sparring e Armas
    • Sr.Ricardo Grillo – 1ª Dan (9/11) – Campeão Sparring de BMG
    • Srta. Giovana Tonet – 1º Dan (15/17) – Campeã em Armas, Sparring e Sparring de BMG e Vice em Fórmula
    • Sr.Paulo Camanducaia – 1º Dan (40/49) – Campeão em Sparring de BMG e Vice em Armas
    • Sr.João Francisco Cepeda – 2º Dan – (12/14) – Vice em Fórmula e Sparring
    • Sr.Alex Marraui – 2º Dan – (12/14) – Campeão em XMA Armas e Sparring de BMG
    • Sr.Rodrigo Grillo – 3º Dan – (12/14) – Campeão em Sparring e Vice em Armas e Sparring de BMG

    Academia de Ponta Grossa

    • Sr.Gustavo Lacerda Filho – 1º Dan (7/8) – Campeão em Fórmula e Sparring


  • Pais se divertem no Dia dos Pais na Leader Team


     Dia dos Pais na Leader Team é pura diversão suando a camiseta

    Academia das Mercês

     

    Academia de Ponta Grossa

     

    Academia Cabral



  • Taekwondo ajuda aluno a lutar contra o câncer


    Viver é uma decisão que fazemos em muitos momentos. Mas nunca é tão forte quando o momento traz uma doença.

    Imagine quantas histórias de superação você já escutou em sua vida e em quantas delas você encontrou inspiração, seja na convivência com outras pessoas, nos desafios, na resolução de problemas, na superação de perdas e na luta contra doenças. Agora imagine uma pessoa que pode nos inspirar em tudo isso. É desta pessoa que esta matéria fala.

    Infelizmente, não poderemos revelar sua identidade a pedido dele, e você irá compreender porquê, mas sua história e exemplo não precisa de identidade, basta saber que existe, e é feito de coragem, vontade e bondade.

    Ao descobrir que estava com câncer em outubro de 2011 ele teve que tomar uma decisão: dividir com a mãe e esposa a sua doença e todas as consequências de um tratamento longo e debilitante, ou resguardá-las e enfrentar sozinho tudo isso.

    Decidiu-se pela segunda opção para preservar a esposa que estava se recuperando de uma cirurgia e também a seu tempo lutando contra uma doença limitadora e dolorida.

    Preservou também a mãe que perdera o marido e um filho, este último de morte trágica e inesperada, o que a mudou para sempre.
    “Aprendi na vida que quando a gente tem problemas a gente tem que contar com quem pode nos ajudar”.

    Esta decisão de seguir sozinho e enfrentar o tratamento que o deixa com fortes reações da radioterapia lhe dá paz, mas muita solidão. E tem sido nas aulas de TKD que ele tem encontrado momentos de se sentir vivo e capaz.
    “Existem doenças e doentes, eu não sou doente, mas estou tratando uma doença”. Essa maneira de pensar tem ajudado este empresário, marido, pai de dois filhos pequenos a acreditar firmemente na sua cura.

    Ele tem um tumor primário no esôfago, identificado a tempo de evitar metástase e por isso passível de tratamento com radioterapia, sem a necessidade da quimioterapia. No entanto, os efeitos são devastadores: sinto dores no corpo, diarreia, cansaço e algumas vezes uma sensação horrível de desespero. A radioterapia erradia calor para vários órgãos causando este mal estar.

    Dizem que para a cura do câncer são fundamentais dois pilares: família e atividade física. A família já faz parte natural deste contexto de apoio, mas a atividade física depende dele fazer, persistir e se desafiar.

    “O TKD é democrático, tem adulto, adolescente, crianças, mais graduado e menos graduado, é um trabalho de respeito, humildade, hierarquia e me ensina concentração, melhora minha auto estima, me reforça os valores e isso tudo, somado ao ambiente e os desafios propostos me inspiram. Quando estou treinando não penso em nada, minha mente está ali, no tatame. Há dias em que saio da radioterapia e vou direto pra academia, ninguém acredita mas é verdade. Nos dias em que não posso fazer isso o astral é outro. Há dias em que saio da radio e passo a tarde sozinho, trancado no escritório...chorando”.

    Um dia talvez a gente possa revelar aqui, neste site, a verdadeira identidade deste vencedor e, temos certeza de que , todos vocês, ficarão surpresos ao perceber a garra, coragem, gentileza e espirito de taekwondistas deste jovem.
    Acreditar na cura é uma decisão, viver é uma decisão e não sofrer é uma escolha. Ele escolheu lutar, viver, se curar, se manter ativo e ser um exemplo para todos nós.



  • Bullying -ParteII - Quando cruza a linha da violência


    Vimos na matéria anterior (Bullying parte 1) várias formas de prevenir o bullying e também de identificar quando uma criança o está sofrendo. Nesta matéria vamos falar sobre atitudes a serem tomadas quando o bullying cruza a linha da violência e coloca em risco a integridade da vítima.

    Como pensar

    A violência é a agressão física / mental que leva a ferimentos ou até a morte. No caso da agressão física é certo a vítima se defender? Como decidir se essa linha foi cruzada?
    Primeiramente é importante salientar que não é correto lutar com colegas na escola ou mesmo na rua. Mas existem momentos em que você precisa se defender. E você precisa saber qual é este momento. Decore essa regra e reflita sobre ela sempre:
    “Só posso me defender batendo em alguém quando esse alguém estiver me machucando ou tentando me machucar e não tiver ninguém que possa me defender”.
    Queremos que você aprenda o que deve fazer e quando deve fazê-lo. Isso é disciplina de Faixa Preta.

    Prevenção

    O importante é que você possa se defender não quando estiver sendo agredido, mas antes. No caso de estar sendo vitima de perseguição e bullying você deve evitar:

    - Lugares onde você fica sozinho e exposto aos agressores.
    - Conscientização: postura – mantenha a cabeça erguida e encare de frente.
    - Peça ajuda. Saia e chame algum professor ou adulto para lhe defender. Você precisa saber a diferença entre dedurar e dizer. Neste caso você deve dizer o que está acontecendo e pedir ajuda.


    Identificação

    Quando é hora de se defender se não tem ninguém que possa protege-lo? Se te derem um soco, tapa, baterem com algum objeto. Se você sentir que será machucado.
    - A primeira coisa é fazer é pedir para parar. Com força e vontade.
    - Peça ajuda a um adulto.
    - Caso não possa neste momento pedir ajuda e a agressão persiste, mantenha-se com guarda, se defenda.
    - Corra e relate o ocorrido a algum adulto.

    Técnicas de defesa

    O taekwondo sempre ensina técnicas de defesa que são simples mas extremamente eficientes para livrar-se de um agressor e dar tempo para  correr e pedir ajuda. As técnicas exigem habilidades ensinadas em aulas e não a força física. Converse com seu professor sobre essas defesas.

    Lembre-se: Bullying não é brincadeira, é coisa séria. É falta de respeito.

     



  • Mamães se divertem no aulão feito pra elas


     

     Aulão do Dia das Mães nas academias Leader Team

    Academia do Batel


     

    Academia do Cabral


    Academia das Mercês


     



  • A saudação correta do taekwondista Songahm


    Os Horrores das Saudações de Passagem

    Há uma séria epidemia grassando na Família Songahm. Parece estar atacando alunos de todas as graduações e idades. Ninguém parece estar imune e a epidemia parece estar escondida no escuro para minar o respeito e a cortesia. Qual é este terrível problema? É a Saudação de Passagem!
    Todos nós já vimos acontecer. Um aluno ou instrutor entra em um evento do Taekwondo e vê um Faixa Preta ou alguém mais graduado. Ao invés de parar, tomar posição de sentido e saudar apropriadamente, só uma meia inclinação de cabeça é incorporada ao caminhar, e uma imperceptível inclinação do tronco ocorre sem que os pés toquem um no outro. Então, a saudação acaba, tão rápido como começou.
    Alguém pode nem percebê-la. Outro aluno pode ter observado e achado que uma saudação assim é aceitável. E é assim que começa. Em breve, todo mundo está fazendo o mesmo.
    A saudação de passagem não está sozinha. Há outras saudações "más" tentando entrar na Família Songahm.

    Saudação da Boneca de Pescoço Quebrado:

    Esta saudação boba acontece quando alguém saúda somente com sua cabeça: somente um aceno com a cabeça para baixo e para cima, mais ou menos na direção da pessoa que
    seria saudado. Este tipo ocorre numa tentativa de saudar rapidamente uma porção de gente ao mesmo tempo, ou ocorre em conexão com a saudação de passagem para não precisar parar de andar. Ocasionalmente você verá um Mestre ou um graduado acenar com a cabeça para alguém. Só que este acenar significa discrição, especialmente se estão conversando com outra pessoa e seria descortês interromper o diálogo para saudar normalmente. Portanto, não confunda um cumprimento respeitoso com a Saudação da Boneca de Pescoço Quebrado.

    Saudação do Preguiça Sentado

    Você vê esta saudação horrível especialmente antes de exames da faixa ou torneios, quando os alunos estão alongando e aquecendo: de onde estão, alongando no chão ou conversando e um graduado passa perto, ao invés de porem-se de pé e saudarem, estes indivíduos simplesmente inclinam a cintura do chão mesmo. Pode ser que ao levantar-se para a saudação, o mais graduado interrompa você, ordenando que você continue sentado, alongando, aquecendo, ou seja lá o quê for que você esteja fazendo. Entretanto, o objetivo é pôr se de pé e saudar antes que o graduado tenha chance de dizer qualquer coisa: o melhor jeito de evitar esta saudação horrível.

     A Saudação da Vassourada Múltipla

    Você vê um aluno dirigindo-se a um grupo de instrutores. Ao invés de saudar cada um individualmente, curvam-se, girando a cintura, "saudando" todos de uma vez, quase sempre dizendo: "Alô, Senhores e Senhoras" . Você acaba de presenciar a Saudação da Vassourada Múltipla: um desrespeito a todos os graduados, querendo significar que estes não mereciam cada um uma saudação, então o aluno fez uma saudação para todos.

    Quê mal estas "más saudações" podem causar?


    Alguns podem achar que estas saudações abreviadas são inofensivas ou engraçadinhas e alegar: "O quê vale é a intenção, não é?" ERRADO! Não demonstrar o respeito apropriado corrói o Respeito e a Integridade, os valores que são a estrutura sobre a qual foi erigido o Taekwondo Songahm.

    Que prejuízo as Más Saudações podem causar?

    • Desrespeito: saudar deste jeito é um desrespeito ao graduado e à sua graduação, mostrando aos Faixas Pretas e mais graduados que eles não são merecedores do nosso respeito e dizendo " Eu sou mais importante" ou "Eu acho que não tenho que parar, ficar em posição de sentido para saudar você".
    • Estabelece um péssimo exemplo: tem outros alunos observando você, menos graduado e mais novos que observam os mais graduados e os mais experientes para ver como agir na Academia e nos torneios. Se você mostrar uma saudação abreviada, como uma brincadeira, pôr exemplo, aqueles alunos podem pensar que é um comportamento aceitável.
    • Cria maus hábitos: se você permite que você mesmo faça saudações abreviadas, você começa a achar que isto é aceitável, sendo desrespeitoso em um evento do Taekwondo pôr hábito.
    • Fica feio para você e para seu Instrutor: pôr não demonstrar o devido respeito, você não põe só você em maus lençóis, põe seu instrutor também "numa fria". Instrutores, como pais, são responsáveis pôr instilar valores apropriados e respeito em seus pupilos. Sendo desrespeitoso, você está contando a todo mundo que seu Instrutor não o ensinou a ser respeitoso ou que você não liga para Respeito. Não "pega" bem para você ou para seu Instrutor.

    A maioria das causas de desrespeito não são pôr malícia ou más intenções. São devidas à falta de cuidado e falta de pensar nas conseqüências.

    Tenha certeza que você faz o melhor para mostrar respeito aos seus juniores e seniores em tudo que você faz.

    Use o tempo, a energia e o esforço para mostrar apropriadamente respeito todo dia, a todo mundo:

    Se você é um faixa colorida e vê um Faixa Preta, faça saudação!
    Se você é um Faixa Preta e vê um mais graduado, faça a saudação!
    Se você vê um Mestre, faça a saudação!
    Se você tem dúvida se deve ou não saudar, faça a saudação!
    Se você está caminhando, pare para saudar!
    Se você está sentado, levante-se para Fazer a saudação!
    Se você vê vários Faixas Pretas e/ ou Instrutores, faça a saudação para cada um!
    Se você é amigo ou parente do Faixa Preta ou Instrutor fora do Taekwondo, faça um esforço extra na saudação, mostrando respeito e cortesia apropriados!

    Se o mais graduado estiver conversando ou ocupado, faça a saudação apropriada bem silenciosamente e aguarde respeitosamente para saudá-lo verbalmente.

    Não seja um dos que permite que as "más saudações" achem um lar na família Songahm!



  • Momentos do Acampamento com C.M.Ozuna 2012.


     Acampamento com C.M.Ozuna em Florianópolis 2012. 

     

    "Este acampamento ja esteve em floripa anos atras, me lembro de ter participado de um em 2001, no entanto somos muito gratos por esta oportunidade que nos foi data de receber a ATA em nossa cidade nos últimos anos.
    O objetivo é reunirmos para treinarmos, interagirmos e principalmente nos motivarmos sempre com as palavras e ações do nosso Chief Master Ozuna, tratamos de nos atualizar e cuidar de situações pontuais das escolas.
    Nesta ocasião em especial nós recebemos o conselho de Mestres e graduados da América do Sul, foi uma honra seguir aprendendo e padronizando as técnicas do curriculo Songahm com eles.
    Baseado nas reuniões que tivemos, o futuro da ATA na América do Sul é muito promissor, estamos felizes com os resultados que estamos colhendo e preocupados em fazer da nova geração melhor e mais bem preparada.
    Vamos planejar um cronograma envolvendo atividades para alunos nas próximas edições, assim todos vão se aprender e se divertir.
    Agradecemos a oportunidade e esperamos que além de tudo tenham aproveitado a praia e os dias de sol que tivemos".

    Prof. Cavenatti - 5ºDan - Depto Torneios ATA Brasil

     



  • Porque o taekwondista deve fazer Avaliação Física


     

    Prof. Pedro Ivan Mantovani - Fisiologista do Exercício
    Limiar Fisiologia

    1- O que é avaliação física?
    R: A avaliação física compõe-se de uma sequência de atividades destinadas a traçar a atual situação física do indivíduo. Essas atividades basicamente são: aferição da estatura e do peso corporal, perímetros de cada membro, percentual de gordura, peso ósseo, avaliação postural, avaliação da pressão arterial, flexibilidade e verificação da resistência/força dos membros superiores. Em laboratórios mais completos, o atleta pode realizar testes em esteira rolante e cicloergômetro, onde serão verificadas as suas capacidades aeróbias e anaeróbias. Lembrando que todos esses testes devem ser precedidos de uma minuciosa Anamnese, onde o profissional irá obter informações sobre o histórico familiar, estilo de vida e experiências na pratica esportiva desse aluno.

    2- Porque ela é importante para quem pratica atividade física?
    R: Considero a avaliação física primordial para quem pratica atividade física. Claro que ela não pode substituir a avaliação clínica, por isso sempre recomendo aos praticantes que realizem exames médicos anualmente. A avaliação física irá fornecer subsídios para que o professor/treinador possa conhecer melhor seus alunos/atletas e orientá-los adequadamente nos exercícios e trabalhar as deficiências apresentadas no relatório final. Sua importância também está relacionada a acompanhar as modificações físicas e fisiológicas provocadas pelo treinamento regular, por meio das aferições periódicas. Além dessas, podemos ainda destacar o aumento da motivação do aluno/atleta, que estará acompanhando, através dos comparativos, a melhora da sua performance.

    3- Para qual idade que ela é mais recomendada?
    R: Nas avaliações utilizamos protocolos, que são equações desenvolvidas e comprovadas por pesquisadores da área de atividade física e esses protocolos abrangem indivíduos de 7 a 61 anos. De acordo com a faixa etária determinamos o que será avaliado e qual a intensidade dos testes. Obviamente não podemos exigir de uma criança/adolescente um nível de desempenho físico de um adulto atleta.

    4- A avaliação é fundamental para o planejamento de treinos e objetivos? Porque?
    R: Sim, estou plenamente convicto que um plano de treinamento, para qualquer atividade física, necessita de parâmetros precisos, que são obtidos através de uma avaliação física. Esses parâmetros irão facilitar a modulação da intensidade, do volume e do tipo de treinamento a ser aplicado ao atleta.

    5- Por que os atletas de TKD, especialmente Faixas Pretas, precisam fazer esta avaliação?
    R: O atleta de TKD ou de lutas em geral, deve ser constantemente avaliado, recomendo pelo menos 3 vezes por ano. Na prática do TKD, esses atletas utilizam as mais diversas capacidades físicas, estimulam todos os grupos musculares, necessitam de uma aprimorada capacidade aeróbica e anaeróbica, ainda precisam de força e potência para a execução dos movimentos e golpes. Esses atletas não podem deixar para verificar sua performance no momento das competições. O acompanhamento dos resultados das avaliações poderá verificar se o atleta está melhorando o seu desempenho, que será evidenciado ao constar que, o treinamento está dando resultados como: ganho de massa muscular, redução da massa gordura, ganho força e de potência dos membros e se estão mais tolerantes aos exercícios intensos. Os “Faixas Pretas” são referência, são exemplo a ser seguindo pelos demais alunos, podemos dizer que estão no topo da pirâmide da modalidade, por conta disso devem manter-se altivos, motivados, longe de vícios e principalmente manter-se em atividade física regular.

    6- Você avaliou recentemente vários graduados do TKD, como foi a experiência?
    R: Foi muito boa, causou-me uma excelente impressão. Os resultados dos testes mostraram que o treinamento crônico durante vários anos proporcionou aos atletas uma excelente condição física. Demonstraram disposição e garra durante os testes. O desejo de superar os seus limites, aliado a saudável “competição” entre os atletas que estavam sendo avaliados, tornou os testes ainda mais desafiadores.

    7- Qual a principal diferença entre os atletas do TKD e de outros esportes?
    R: Guardando as características de cada modalidade, observei que os atletas de TKD conseguiram suportar mais as dificuldades dos testes. A garra, atributo inerente do atleta de luta, foi o ponto determinante, pois era evidente o desejo de superar os seus limites. Um dado bastante relevante também foi a capacidade de manterem o exercício de alta intensidade por um tempo maior.

    8- Você percebeu alguma deficiência no rendimento deles comparado a outros atletas, o que poderiam melhorar?
    R: Como o treinamento de TKD é bastante específico e normalmente praticado em local fechado, as atividades aeróbias ficam a cargo dos atletas, para serem aprimoradas em outros horários. Com isso percebi que alguns atletas estavam com o percentual de gordura acima do esperado e com uma capacidade aeróbia um pouco restrita. Cabe ressaltar que a duração da luta é pequena e o oxigênio não é substrato energético preponderante, porém em um treinamento/campeonato onde o atleta realizará lutas subsequentes é importante que o atleta desenvolva essa capacidade.

    9- O que você recomendaria aos alunos e professores de TKD?
    R: Eu recomendaria dar uma ênfase maior na preparação física, periodizando os treinamentos de força e resistência e aprimorando a potência (base e específico). Não deixar os treinamentos voltados somente para a pratica do Taekwondo, deve englobar a corrida, treinamento intervalado de alta intensidade (sistema anaeróbio alático) e a musculação dando ênfase a força e potência.

    10- Como deve proceder o aluno ou professor para realizar um exame?
    Deixe seu contato.

    R: A Limiar fica na Academia FIT Cabral e os agendamentos podem ser pelos seguintes endereços:
    Cel: 41 – 9912-2627
    Email: contato@limiarfisiologia.com.br
    Website: www.limiarfisiologia.com.br
    Facebook: www.facebook.com/fisiologialimiar



  • Bullying - Como prevenir e agir .


    Como prevenir o Bullying

    A Songahm Taekwondo se dedica não só a treinar alunos dentro da arte marcial como também a fortalece-lo mentalmente para os desafios da vida. Desta forma, além das lições de vida trabalhados em cada ciclo, realiza trabalhos pontuais na prevenção ao uso de drogas e outros riscos. Sendo assim, um dos problemas identificados, especialmente na vida de crianças e adolescentes, é o chamado bullying (do verbo em inglês: To bully: intimidar, tiranizar).

    Entendemos a necessidade de prevenir e orientar nossos alunos e familiares dinate deste problema que, como temos visto nos meios de comunicação, tem atingido um nível de crueldade inacreditável.
    Acreditando que a consciência, e a informação são as melhores formas de prevenção iniciaremos neste ano uma série de matérias sobre este tema. As primeiras serão baseadas no trabalho do Mestre Moody, dos EUA, apresentado durante o Acampamento Pan Americano de Songahm Taekwondo de 2011.

    Aprenda como pensar, assim o bullying não acontece com você

    Bullying: é alguém intencionalmente ferir fisicamente ou mentalmente, geralmente repetidamente. Há ainda o desequilíbrio de poder. Não é apenas crianças brincando ou discutindo ou até mesmo lutando, a menos que uma criança tenha mais poder do que a outra.
    A primeira coisa que você deve saber é o que pensar, não quando estiver sendo intimidado, mas antes. Se você entende o que é o problema, fica mais fácil evita-lo, bem como ajudar a evitar que a situação aconteça com outros colegas. Pense sempre assim:

    - Não intimidarei os outros.
    - Vou tentar ajudar as outras crianças que estão sendo intimidadas.
    - Vou tentar incluir crianças que estão sendo deixadas de lado.
    - Se eu ver alguém sendo intimidado vou chamar um adulto.

    Como agir se você estiver sendo intimidado.

    - A primeira coisa importante a fazer é evitar lugares onde não exista a supervisão de um adulto. Se você está sofrendo ameaças conte a um adulto e evite ficar isolado.
    - Mantenha a cabeça erguida e olhe de frente o problema, não tenha medo, mas procure ajuda.
    - Pense sempre, a coisa mais difícil de se fazer quando se está sendo ameaçado é pensar com calma.
    - Respire: inspire pelo nariz e solte o ar pela boca.
    - Mantenha uma postura firme sempre, assim você não se torna alvo.
    - Manter distância evitando que possa ser tocado ou agredido.
    - Olhe firme, isso sempre o colocará atento às situações.
    - Se a situação de bullying for eminente seja firme e confiante e diga com firmeza: Deixe-me em paz! Pare! Chega!
    - Vá para seus amigos ou para um apoio (adultos).
    - Importante: você deve dizer aos pais ou a um adulto se alguém intimida você, ou está tentando te fazer mal ou te prejudicar de alguma maneira. Isso não é dedurar e sim conseguir proteção. A mesma atitude deve ser tomada o caso de ver alguém sendo intimidado.



  • Parabéns pra vocês Mulheres!!!


     A Leader Team homenageia as mulheres do TKD.

    08 de Março - Dia Internacional da Mulher. A Leader Team parabeniza todas as mulheres que brilham no TKD, como campeãs, exemplos de vida, de personalidade, respeito e generosidade. Vocês sempre incentivam nosso trabalho a ser cada vez melhor, sejam como professoras, alunas, mães, irmãs ou esposas. Vocês fazem a diferença!

    Algumas das mulheres, professoras e alunas da Leader Team, mulheres de todas as idades, com diferentes profissões e vidas, todas no mesmo tatame, no mesmo sonho. 



  • Cronograma Brasil 2012


    Cronograma Brasil 2012.

    FEVEREIRO:
    10/11 e12 - Acampamento de verão dias. 
    A inscrição inclui 01 camiseta + certificado de participação.

    MARÇO
    30-31 e 01 de abril - Acampamento com o C.M.Ozuna, Florianópolis.
    Fórmulas, e treinar conteúdo básico.

    ABRIL:
    Dia 21 I Etapa 2012 em SP – Mestre Plentz.

    MAIO
    Dia 05 Torneio Catarinense – Blumenau. Prof. Ratti
    Dia 06 Torneio Gaúcho – Carazinho. Prof Resckhe.

    JUNHO
    Dias 02 e 03 II Etapa do Brasileiro 2012 – Caxias do Sul – Prof. Fraga.
    Dias 18 à 24 Mundial – L. Rock – ATA.

    JULHO
    Dias 20-21-22 Acampamento de Inverno – C.M.Ozuna – Bento Gonçalvez – Prof. Feijó.

    AGOSTO
    Dia 25 III Etapa do Brasileiro – Ctba – Mestre Andrade.
    Dia 26 Top 4 – Ctba – Mestre Andrade. O Top 4 será nesta data para que possam ir o campeão e vice p/ o Top 10 Pan Americano.

    SETEMBRO
    Dia 16 torneio gaúcho – Frederico Westphalen – Prof. Rossato.

    OUTUBRO
    Dias 5-6-7 Pan Americano Chile
    Dias 8-9-10-11 Acampamento Sul Americano – Chile – Mestre Sotomayor.
    Dia 21 torneio gaúcho.

    NOVEMRBO
    Dias 17 e 18 – I Etapa brasileiro 2013
    Top 4 de faixas coloridas.
    Top 4 de IMAS.

    DEZEMBRO
    Dia 07 reunião dos professores ATA BR. Balneário Camboriú.



  • Solidariedade, a virtude de se importar com o outro.


    Solidariedade é se importar com o próximo

    Dentre todas as virtudes humanas a solidariedade talvez seja a mais importante. Simplesmente pelo fato de nascer dela a vontade de ajudar o outro, de se importar, de dividir, de fazer o bem. Portanto, se cada cidadão a cultivasse, o mundo seria apenas de paz, em todos os sentidos. A missão do Taekwondo Songahm exalta essa virtude: “Nós vamos melhorar o mundo formando um faixa preta por vez”. O trabalho do taekwondo com os alunos, especialmente crianças e adolescentes, é formar cidadãos de bem para que possam fazer a diferença em sua escola, família e comunidade.
    Nossa lição de vida deste ciclo, que também encerra o ano de 2011, é justamente a solidariedade, o voltar os olhos ao próximo, fazer o seu melhor.
    Vamos juntos, professores, alunos e famílias debater este propósito e fazer um mundo melhor.
    Para ilustrar o trabalho que o Taekwondo Songham realiza com as crianças pedimos a autorização da Sra. Ana Vilela, mãe do Faixa Preta Alexandre Vilela, da academia do Batel, para publicarmos aqui sua carta de agradecimento. Acreditamos que os depoimentos emocionados dos pais e alunos expressam mais do que mil palavras que possamos escrever sobre a grandeza deste trabalho. Confiram:

    “Curitiba, 21/10/2011

    À Leader Team Martial Arts,

    Obrigada a todos pelo carinho e atenção com que sempre nos trataram. Há quatro anos atrás, viemos até esta academia na intenção de que o taekwondo pudesse ajudar nosso filhos a melhorar sua auto estima.
    Quem diria ..... além de melhorar sua auto estima ele aprendeu valores como dignidade, cortesia, perseverança e muitos outros.
    Muitas pessoas que vocês ensinam apenas Artes Marciais, mas nem imaginam que, na verdade, vocês ensinam alunos e familiares a serem pessoas boas e melhores! Sempre nos recebendo com um sorriso no rosto!
    E a humildade....
    Mestre, professores, pais e alunos, todos unidos, respeitando e sendo respeitados.
    Vocês fazem a diferença!
    Nossa gratidão e amizade serão eternas. Parabéns e obrigada por tudo!”.

    Ana Vilela e Familia.

     



  • Campeões Pan Americanos 2011


     

    Campeões Pan Americanos - confira as tabelas


    Campeões Top Ten 1BD - 2011

    Campeões Top Ten 2BD 3BD - 2011

    Campeões Top Ten 4BD 5BD - 2011



  • Momentos do Pan Brasil 2011


     Pan Americano Brasil 2011 -  momentos para guardar

    Alunos e Professores do Brasil deram um show de participação. Parabéns a todos!

    Equipe de Apresentação

    Alguns professores do Brasil

    Alguns Mestres da América do Sul

    Adultos e crianças fazem uma grande festa

     

    A torcida do Brasil

    Brasil Campeão Pan Americano por Equipes

     



  • Brasil vence Torneio por Equipes no Pan 2011


     

    Prof.Fábio Rossato, Sr.Rodrigo Castilho, Prof.Rodrigo Demétrio, Prof. Rodolpho Cavenatti e Srta.Fernanda Ravedutti - a equipe do Brasil comandada pelo Mestre Ademar Andrade.

    Brasil vence mais uma vez o Torneio por Equipes no Pan Americano.

    A equipe brasileira venceu o Chile na final por 3 x 0, após a desclassificação das equipes da Argentina, Uruguai, Peru, Paraguai e EUA. Confira nas imagens abaixo os momentos emocionantes deste show.



  • Adolescentes e drogas - Como alertar e como identificar.


    Como Falar sobre drogas com Adolescentes

    Matéria baseada na Cartilha para Pais do Cape-Denarc e na entrevista com o Investigador Nelson Venâncio Filho – da Divisão de Narcóticos.

    A comunicação entre pais e adolescentes é quase sempre um desafio, porém assuntos como o uso indevido de drogas devem ser abordados como uma medida de prevenção.
    O período da adolescência é marcado por inseguranças, medos e conflitos internos pertinentes as mudanças que uma vida adulta exige e, por parte dos pais, a incerteza de como reagir a isso tudo.
    Os pais devem aceitar essas mudanças e a independência dos filhos e devem atuar como “expectadores ativos” das transformações, acolhendo-os num momento de extrema dependência e permitindo uma independência moderada.

    Dicas para uma conversa eficiente com adolescentes

    A escolha de momento, lugar e palavras são fundamentais na conversa sobre drogas com adolescentes. Vejam algumas dicas:

    Escolha um horário adequado

    O pai pode achar que o melhor horário para conversar com seu filho adolescente é domingo, as 8 da manhã. Já o filho pode achar que o horário ideal é a meia noite de terça. Porém, o ideal é que possam exercitar a escuta e o bom senso desde o momento de definição de dia e horário para esta conversa.

    Garanta um ambiente com privacidade

    O local e a situação adequada pode favorecer muito o diálogo. Nem sempre a sala é o melhor lugar para um papo, ele pode acontecer de maneira mais descontraída no carro, num trajeto de ônibus ou numa caminhada.

    Priorize o diálogo e não monólogos

    Deixe que seu filho se expresse e diga o que sente e pensa, assim ele poderá sentir-se compreendido e respeitado.

    Incentive a reflexão

    Expresse com calma e honestidade suas preocupações e sentimentos e não deixe de considerar os dele. Incentive uma reflexão sobre o assunto e vocês poderão retomar a conversa em outro dia, se for o caso.

    Evite o descontrole emocional

    Cuidado para não perder a paciência , evite sentimentos de raiva e irritação pois isso afastará ainda mais o adolescente, que se sentirá incompreendido e se isolará ainda mais.

    Valorize seu filho e suas opiniões

    Auxiliar no desenvolvimento da auto estima do adolescente é um fator de proteção ao envolvimento com drogas. Lembre-se: ninguém gosta de ser diminuído e/ou humilhado.

    Estabeleça limites

    Informe sua opinião sobre as drogas e os males que causam à saúde. Por exemplo: em casa não se fuma porque faz mal, e não quero um filho que cheire mal, tenha mal hálito ou dentes amarelados.

    Cuidado ao falar sobre as “más companhias”.

    Os pais temem a amizade do filho com alguém “diferente”, mas muitas vezes não percebem que o “diferente” é apenas um estereótipo, sem consequências ou nocividade. Uma das formas de checar esta ideia é convidar o amigo para um almoço em casa, assim poderá mudar a impressão negativa e conhecer melhor a companhia do filho.
    Em caso de proibição da amizade poderá gerar um interesse e aproximação ainda maiores. A proibição deve se restrita a situações extremas, afinal o ditado popular diz que: “o que é proibido é mais gostoso”.
    Quando você identificar que seu filho está em más companhias, mostre suas preocupações, estabeleça limites de convivência com este amigo. Evite ironias e radicalismos, demonstre que confia na capacidade de escolha de seu filho.

    Evite alarmismos

    Muitos pais com boas intensões, fazem relatos de casos graves de dependência para assustar os filhos, acreditando que isso irá mantê-los distantes das drogas. No entanto, é preciso considerar que nem todos os que experimentam se tornam patológicos, além disso se o seu filho acreditar que todo mundo usa poderá fazê-lo também pois nesta fase da vida existe a forte tendência de seguir a conduta do grupo.

    Seja realista

    Quando mostramos apenas casos graves e mortes por overdose podemos levar nosso filho a desacreditar em nossos conselhos por considerá-los exagerados e fora da realidade, especialmente se ele tiver contato com algum usuário.

    Considerações finais

    Caso exista suspeita de que seu filho está usando drogas disponibilize-se para o diálogo. Conversar sobre o assunto de forma direta é o primeiro passo para a recuperação. Dramatizar a situação ou fingir que nada está acontecendo não resolverá a situação. Seja assertivo.
    Não existe uma receita mágica, caso as drogas estejam consumindo a vida do seu filho ou de alguém que você ama, procure ajuda especializada.

    Como Identificar se uma pessoa está usando drogas?

    Tabaco

    • Cheiro nas roupas, mãos e hálito
    • Pigarro
    • Tosse
    • Dentes amarelados

    Álcool

    • Fala pastosa
    • Falta de coordenação motora
    • Envolvimento em brigas e acidentes

     

    Maconha

    • Olhos vermelhos
    • Aumento do apetite
    • Riso exagerado
    • Uso de colírios sem que haja problema oftálmico
    • Problemas de memória recente
    • Relaxamento constante
    • Dedos e dentes amarelados

    Inalantes

    • Problemas de coordenação motora e equilíbrio
    • Ferimentos no nariz e boca
    • Problemas de memória
    • Fortes dores de cabeça
    • Agressividade
    • Sensação de perseguição

    Cocaína

    • Pupila dilatada
    • Comportamentos de agitação e agressividade
    • Feridas, sangramentos nasais e coriza
    • Manchas subcutâneas devido ao uso intravenoso

    Crack

    • Perda de peso acentuada
    • Falta de higiene
    • Dedos, região da boca e nariz queimados
    • Comportamento agressivo
    • Envolvimento em diversos tipos de crime

    LSD

    • Hipertermia
    • Paranoia
    • Agressividade
    • Dificuldade de concentração

    Ecstasy

    • Hipertermia
    • Ranger de dentes
    • Pupilas dilatadas
    • Agitação motora

    Anabolizantes

    • Acnes em excesso
    • Repentino crescimento muscular
    • Alterações brusca do humor



  • Prevenção às drogas - Cartilha para pais.


    Cartilha para os pais: como falar sobre drogas com crianças?

    Este material foi baseado na Cartilha para pais – Prevenção ao uso de drogas do Cape –Denarc – Polícia Civil do PR.

    Prevenção é trabalhar com valores, sentido da vida e com o projeto existencial de cada ser humano.

    Os pais são os principais responsáveis pela educação da criança e do adolescente, por isso é necessário não somente o conhecimento teórico, mas também a reflexão sobre as próprias atitudes e comportamentos, pois elas serão exemplo para eles. É importante manter a coerência entre aquilo que se diz e o que se faz.

    Como falar sobre drogas com crianças?

    A ansiedade leva muitos pais a abordarem o tema cedo demais, porém para atingir o objetivo é importante existir sintonia entre a conversa e a realidade imediata das crianças. Por isso, abordar o tema utilizando como exemplo os danos causados por substâncias de uso diário, como remédios, produtos industriais e drogas socialmente aceitas como o cigarro e as bebidas alcóolicas será mais facilmente assimilado, afinal, salvo exceções, elas ainda não tem contato com drogas ilícitas.

    Cigarro

    As crianças conhecem o cigarro desde cedo, através de novelas, filmes e convivência com fumantes. Embora escutem que ele faz mal à saúde elas observam que muitas pessoas utilizam e isso pode transmitir uma ideia de que não é tão ruim assim. Como falar sobre o cigarro e em quais situações a criança pode ser educada? Veja alguns exemplos:

    Comportamento da criança

    Crianças que simulam estar fumando utilizando-se de canetas ou papel enrolado.
    Quando um colega mais velho fuma e isso é visto pelos demais como bacana.
    Filhos que questionam os malefícios de fumar pois observam que o pai é fumante.

    Como proceder

    Não proibir ou criticar a brincadeira, mas ressaltar que felizmente é de “mentirinha”, afinal fumar faz mal à saúde.
    Salientar que o cigarro causa muitas doenças e é preciso ter personalidade forte e não ser “Maria vai com as outras”.
    Afirmar que o cigarro faz mal e que quando as pessoas começam a fumar é difícil parar e que se arrepende de ter começado a fumar e que vai se esforçar para parar.

    Álcool

    Assim como o cigarro o álcool também é observado pelas crianças desde cedo, especialmente em ocasiões festivas. Por isso, é importante sempre ressaltar a necessidade de moderação e informar as consequências que o abuso pode causar.

    Comportamento da criança

    Criança pede um “golinho” da bebida dos pais?
    O filho questiona por que seu pai bebe cerveja?
    A criança ingere bebidas dos copos deixados em lugares indevidos?
    A criança observa o comportamento alterado de uma pessoa embriagada?

    Como proceder

    Não permita, mas ofereça uma alternativa sem álcool, como suco. Explique que faz mal à saúde e que somente adultos podem beber.
    Não precisa mentir, pode dizer que gosta dessa bebida, mas saliente que precisa tomar cuidado para não exagerar.
    Fale que por descuido deixou a bebida mas que isso é perigoso à saúde e saliente que nunca deve beber bebidas de outras pessoas.
    Explique que a ingestão de álcool causa esta mudança, mas que a pessoa no dia seguinte estará arrependida e envergonhada. Certifique-se de que a criança não achou bonito ou engraçado o comportamento da pessoa embriagada.

    Remédios

    Os remédios estão associados à ideia de curar uma doença e por isso fazem bem à saúde. Abordar o assunto falando da utilização consciente e criteriosa pode ser bastante efetiva. Por exemplo:

    • Remédio não é doce
    • Tomar remédio sem necessidade pode causar doenças
    • Somente se deve tomar remédio recomendado pelo médico, pois ele estudou bastante para isso.
    • Não aceite nenhum remédio de pessoas desconhecidas.

    Produtos Industriais

    A cor e o cheiro destes produtos exercem atração nas crianças e podem ser inalados ou ingeridos e causar intoxicação, tais como acetona, esmalte, desodorantes, thinner, álcool entre outros. Sempre alertar para o risco destes produtos:

    • Quando a mamãe estiver fazendo limpeza, você deve ficar longe pois os produtos são perigosos à saúde.
    • A cor e o cheiro são bacanas mas é perigoso, não se deve cheirar e nem tomar nenhum deles.

    Fatores de proteção as crianças

    Orientar os filhos quanto aos perigos das substâncias é importante porém não é suficiente. O desenvolvimento da identidade da criança está relacionado ao ambiente em que estão inseridas. Por isso a convivência familiar harmoniosa, o ensinamento de valores e respeito é o que favorecerá a auto estima, aumentando as chances de escolhas futuras saudáveis.

    Seja um exemplo positivo para seu filho

    As crianças aprendem muito através da observação. Portanto, os pais devem dar um bom exemplo deixando de fumar, não exagerar nas bebidas alcóolicas, evitar discussões de casal na frente das crianças, organizar melhor o tempo para beneficiar o convívio familiar.

    Demonstre seu amor

    Demonstre o quanto eles são amados através de palavras e gestos, um ambiente familiar repleto de carinho e afeição fortalece a pessoa frente as influências externas.

    Incentive a independência

    Incentive-o a tomar decisões, através das escolhas cotidianas: tomar banho, vestir-se etc. Isso o ajudará a amadurecer e será útil no futuro.

    Estabeleça limites

    A criança que cresce sem regras e limites claros pode se tornar um adulto inconsequente, o que aumenta o risco de envolvimento com drogas.

    Liberdade supõe responsabilidade

    A medida que a criança cresce e conquista liberdade, deve responder pelas consequências de suas atitudes. Quando ele tomar uma atitude e a consequência for ruim incentive-o a refletir e isso o ajudará a ser mais cuidadoso.

    Ajude a desenvolver a auto estima de seu filho

    Crianças com baixa auto estima são inseguras, o que pode gerar uma constante preocupação em querer agradar aos outros para receber atenção e carinho. Isso pode influenciar o inicio e a manutenção do uso de drogas.

    Comentários prejudiciais à auto estima e que devem ser evitados

    • Só podia ser você mesmo, não faz nada certo!
    • Não mexa que você estraga tudo, não adianta, você não consegue.
    • Por que você não se comporta bem, como o seu irmão/amigo/vizinho?

    Atitudes favoráveis ao desenvolvimento da auto estima

    • Escute seu filho, seja paciente e se esforce em entender o que ele tem a dizer.
    • Evite comentar com outras pessoas erros ou situações engraçadas, ele pode se sentir humilhado.
    • Não resolva tudo por ele, especialmente se ele não solicitar sua intervenção, mas incentive-o a enfrentar situações difíceis, com a segurança de que você intervirá caso seja necessário.
    • Quando ele lhe oferecer um desenho reforce-o.
    • Solicite a ajuda de seu filho em alguma tarefa cotidiana e depois agradeça a sua colaboração.



  • Drogas - Mitos e Verdades.


    Drogas: Só existe uma saída segura – dizer não!

    Elas estão em toda parte. Todo mundo sabe, vê, teme, foge ou cede. Recebemos informações diariamente via TV, rádio, comentários e a internet, porém, o que a gente não sabe é quais das informações que nos chegam fazem parte da realidade e quais são mitos urbanos.
    Em busca de respostas seguras e confiáveis nós entrevistamos o Sr. Nelson Venâncio Filho, Investigador de Polícia do Cape/Denarc do Paraná.
    O Cape – Centro Antitóxicos de Prevenção e Educação realiza um trabalho maravilhoso em escolas e outros grupos para ensinar as crianças e jovens como dizer não as drogas, seus efeitos, suas consequências. O investigador também participa de várias missões no combate ao tráfico de drogas realizadas com sucesso graças ao serviço de inteligência cada vez mais eficiente.
    Veja as verdades e os mitos , a ação das drogas e suas consequências, o combate realizado pela polícia e as saídas encontradas para prevenir. Estas informações estarão no nosso site a partir desta semana, em vários capítulos. Acompanhe.

    Mitos e Verdades

    Ecstasy é bacana, não prejudica! - Mito

    Muitos jovens tem morrido depois de participarem de festas, o diagnóstico é morte devido a ingestão de drogas. Uma das mais usadas atualmente e que poucos levam a sério o seu perigo é o ecstasy. Considerado a droga das baladas, divertida, animadora etc. Ela rola nas festinhas de adolescentes e adultos com charme e aceitação. No entanto ela mata! Além da agitação, arritmia cardíaca, paranoia, agressividade e delírios a droga aumenta a temperatura corporal que pode atingir 42º causando convulsões, desidratação extrema seguida de parada cardiorrespiratória e morte.

    Puseram a droga na minha bebida – Depende

    Uma das drogas mais utilizadas para o famoso golpe Boa Noite Cinderela é o GHB, por não ter cor e ser apenas levemente amargo ele pode ser facilmente colocado na bebida da vitima. Este golpe tem sido utilizado para furtar a vítima ou ainda estupra-la, pois ela fica bem dócil . “A vítima fica fácil, fácil, passa senhas bancárias, fornece códigos de cofre, tudo o que o bandido pedir e ainda acha graça. No dia seguinte é que percebe o estrago, mas não consegue se lembrar de nada com clareza” afirma o Investigador.
    “Muitos jovens acreditam que o ecstasy pode ser colocado na bebida inadvertidamente. Não pode. O comprimido não é tão pequeno assim”. Lembra o Investigador Venâncio.

    Drogas Novas - Raro

    Muita coisa chega pela internet alarmando a descoberta de drogas novas e que são utilizadas em papeis que dão para a vítima cheirar, em perfumes que são absorvidos pela pele e que depois os órgãos da vítima são retirados...tudo mito. Coisa para assustar e encher as caixas de e-mails.
    Vez em quando aparece algo novo no mercado mas é raro. Pra que mudar as regras do jogo se com as drogas que existem os traficantes já estão lucrando muito?
    Recentemente foi descoberta uma droga estranha, um comprimido que foi chamado de Cápsula do Medo ou Cápsula do Vento. A quantidade dentro da cápsula é tão ínfima e seu poder tão avassalador que recebeu este nome. Duas de uma vez causam a morte, sem recurso ou socorro.
    Mas drogas novas são mais raras, são elaboradas em laboratórios, mas gastam tempo e dinheiro. Até mesmo o oxy, que é um crack misturado a gasolina ou querosene e cal virgem, que laboratorialmente é similar ao crack.

    Traficante na porta da escola - Mito

    Muitos pais se preocupam com este fato acreditando que o traficante vai na porta da escola oferecer balinhas ao filho. Isso é mito. O traficante não precisa disso, ele não vai até o cliente, é o cliente que vai até ele e leva novos clientes.
    O que acontece é que tem muita gente passando dentro e fora das escolas, mas é aquele que a gente nem imagina, que muitas vezes frequenta a nossa casa.
    O traficante não se expõe como, ele nem precisa, o negócio dele acaba sendo uma rede, tem muita gente usando e passando. Temos mesmo é que ter cuidado com todos, saber com quem nossos filhos andam e aonde vão.
    Invariavelmente o primeiro contato é através de um amigo ou alguém muito próximo.

    Maconha não faz mal - Mito

    Usada durante longo período prejudica o individuo de forma acentuada para seu rendimento na vida, nos estudos, no trabalho e em tudo o que for realizar pois a alta concentração de THC (tetrahidrocanabinol), presente na maconha dos dias atuais, destrói os neurônios responsáveis pela memória a curto prazo.
    Além disso esta droga pode desencadear transtornos psiquiátricos graves como esquizofrenia e transtorno bipolar.
    A abstinência da maconha no usuário causa depressão, inapetência, letargia e desânimo geral.
    Mulheres que fazem uso da maconha durante a gravidez prejudicam o feto e podem sofrer aborto.
    A legalização deve ser discutida de forma mais abrangente pois até países pioneiros nesta liberação estão voltando atrás.

    Álcool uma droga inofensiva – Mito

    Segundo pesquisa do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas entre estudantes de 1º e 2º graus de dez capitais brasileiras, as bebidas alcoólicas são comumente consumidas por mais de 65% dos entrevistados. Dentre os quais 50% iniciaram o consumo entre 10 e 12 anos de idade.
    Além de destruir neurônios e causar dependência o álcool é uma porta de entrada para outras drogas, assim como o cigarro. O melhor é dizer não!

    Eu sei controlar o uso da droga – Mito

    O Investigador de Polícia, NelsonVenâncio Filho enfatiza uma frase de Içami Tiba em que acredita ser a palavra chave na prevenção:
    “O único controle que qualquer pessoa tem sobre a droga é o de não experimentá-la”.



  • Mestre Plentz explica a pontuação dos torneios para o Top Four 2011


    1) Como está estruturado o Top Four atualmente? Quais as etapas?
    R: Hoje o Top Four está estruturado em um circuito, o qual é composto
    pelas Etapas do Brasileiro e as Etapas regionais. O competidor deve
    participar de todas as etapas para ir somando pontos no circuito. No final
    do ano, os quatro competidores com o maior número de pontos fazem a final
    para a disputa do Título de Campeão Brasileiro da respectiva categoria.
    2) Houve mudanças na ordem dos torneios, exemplo o Pan, porque foi tomada essa medida
    R: A alteração de datas foi excelente, e teve o objetivo de que o campeão
    brasileiro já pudesse em sequência disputar o Pan, e posteriormente o
    Mundial, auxiliando assim os competidores na participação do Top Ten.
    3) Como o Sr.vê o avanço técnico das competições?
    R:O avanço técnico nas competições é visível, cada vez é maior o nível
    dos alunos em fórmula, armas e sparring. Hoje também há uma consciência
    maior de que há uma ligação entre as categorias, ou seja, para o aluno ser
    bom no sparring, ele precisa também ser bom na fórmula. Se você não
    conseguir dominar os seus chutes sozinho, ter equilíbrio, se não tiver o
    domínio do seu próprio corpo e das técnicas na fórmula, como irá ter um
    domínio na aplicação das técnicas no sparring? A experiência de ringue
    demonstra que o campeão de Fórmula, na maioria das vezes, também está na final da categoria de sparring. Este avanço na qualidade técnica é visível,
    e é o resultado de um excelente trabalho que vêm sendo feito por todos os
    Instrutores, Professores e Mestres na ATA Brasil.
    4) Fale um pouco sobre como o atleta deve se preparar para uma grande competição.
    R: Acredito que o arte marcialista se prepara em todas as aulas, durante todo o ano. Não apenas para um evento em específico, treine sempre como se o campeonato fosse amanhã, semana que vem, buscando assim estar sempre preparado e com foco durante todo o ano. Sempre comento com meus alunos que, melhor do que ser um carro de arrancada, é ser uma locomotiva, constante e que não para. Não adianta treinar em um pico onde não se terá constância e manutenção. Terá melhor resultado aquele aluno que vai em um ritmo firme, programado, e constante.
    5) Como se preparar psicologicamente?
    R; Se Songahm significa equilíbrio, é o equilíbrio que devemos buscar manter no nosso treino e na nossa mente. Não esquecer de que acima de tudo, o Taekwondo é a nossa filosofia de vida, de modo que a ansiedade e o stress em extremo não acrescenta e não condiz com a nossa própria busca no treinamento. Competimos com nós mesmos, faça o seu melhor, dedique-se. Se o seu melhor for suficiente para ser o melhor do ringue, maravilha! Se o melhor do outro está melhor que o seu melhor, também maravilha, que seja uma motivação para treinar mais e mais e estarmos nos preparando sempre. Devemos acreditar, ter foco, garra, determinação, mas sem esquecer de que a essência do Taekwondo é o Equilíbrio, e este é para toda a vida.
    6) Fale um pouco sobre os brasileiros no mundial, o Sr. participa desde o começo e tem visto a constante persistencia e garra dos brasileiros lá, o que mudou desde o começo?


    R; Admiro muito a força e a determinação de toda a Equipe de competidores no Mundial e, em especial, o Mestre Andrade vem realizando um belo trabalho de treinamento e integração da equipe. Desde o começo das competições, acredito que todos nós amadurecemos muito, tanto na parte técnica quanto emocional. Hoje a nova geração tem mais acesso à informações, vídeos, correções e a um treinamento ainda mais direcionado. Com isto, houve uma grande evolução técnica e os resultados vêm sendo cada vez melhores para a Equipe do Brasil. Na parte emocional sinto também um grande amadurecimento no aspecto do equilíbrio, auto-controle, e no sentido de estarmos cada vez mais conscientes de que somos realmente capazes e aptos a estarmos entre os melhores.
    7) Qual a importância de realizarmos o Pan 2011?
    R; O Pan 2011 será uma grande oportunidade para mostrarmos o trabalho que vem sendo realizado no Brasil, e recebermos todos da América do Sul em uma grande festa. É um momento para realmente motivarmos os nossos alunos e estarmos em peso neste grande evento.
    8) Quais são as expectativas do Sr e de sua equipe para este evento?
    R; Tenho excelentes expectativas para o evento! Já estamos divulgando o Pan para os alunos, e tenho certeza de que será um evento muito bem organizado e prestigiado por todos.
    9) O que o Sr. deixaria de mensagem aos competidores que estão iniciando a jornada do TOP Four este ano?
    R: Eu gostaria de deixar uma mensagem especial para os Faixas coloridas: senhores, compitam desde a Faixa Branca! Não esperem sair Faixa Preta para iniciar o circuito. O quanto antes os senhores começarem a viajar, participar dos eventos o máximo possível desde o início das graduações, mais estarão preparados quando os senhores forem disputar futuramente um Top Four ou outros títulos. Me preocupa um pouco ver poucos faixas coloridas competindo, viajando. A ATA Brasil já possui um grande número de alunos, e poderíamos ter os ringues cheios de faixas brancas, laranjas, camufladas, azuis! Em geral, os campeões dos circuitos de Faixas Pretas foram competindo e ganhando experiência desde as faixas coloridas, então não esperem a Faixa Preta para viajar e iniciar um circuito. A presença dos coloridas é muito importante e é de grande valor para a motivação no treinamento e o desenvolvimento técnico.

    Desejo boa sorte a todos os competidores!



  • Você sabe o que é disciplina?


    Povo japonês: nenhum saque após o tsunami.

    O que é disciplina?

    Você pode definir disciplina como sendo o ato de obedecer, seguir as regras ou ainda cumprir as obrigações. Mas vejamos uma definição mais completa: é a aquisição da capacidade de permitir que a razão seja mais forte do que as simples vontades e a preguiça. Ou seja, é a força que nos move para atingir os objetivos e deixar o comodismo.

    Como se aprende disciplina?

    Através da educação. Nós não nascemos disciplinados, nos primeiros anos de vida tentamos apenas realizar nossas vontades e desejos e sofrendo com as frustrações. Com o desenvolvimento da linguagem e do raciocínio lógico vamos aprendendo o porquê de nossas vontades não poderem ser realizadas o tempo todo.. Essa compreensão nos acalma e nos torna fortes diante as contrariedades.
    Muitos pais , através de um equivoco da psicologia de alguns anos atrás, fogem da tarefa de estabelecer limites com medo de traumatizar as crianças e com isso deixa de estimulá-las a utilizar com eficiência a razão para dirigir suas vidas e atingir a satisfação consigo mesmas ao atingir suas metas. É tarefa dos pais domesticar os desejos da criança.
    Chegar na hora certa aos compromissos, levantar cedo, exercitar-se, formar-se, conviver em sociedade. Isso tudo nos causa um bem estar e aumenta nossa auto estima pois sabemos que vencemos a batalha mais importante, a nossa batalha interior.

    Escalar o Everest exige disciplina para não morrer.

    Qual a importância da disciplina na vida?

    “Não resta a menor dúvida de que pessoas disciplinadas terão maiores chances de sucesso nas atividades que se dedicarem. Serão pessoas determinadas e aplicadas que se dedicarão a atingir seus objetivos. Se tiverem razoável talento vencerão no jogo competitivo da vida. Entre ter talento e disciplina é melhor ter os dois. Porém, a longo prazo, a disciplina é mais importante”. Dr.Flávio Gikovate., psiquiatra.

    Formar-se e realizar-se profissionalmente é um exercício de disciplina constante.

    Disciplina no Taekwondo.

    Muitos pais demoram alguns meses para perceber o efeito dos treinos de taekwondo no comportamento dos seus filhos. A disciplina em aula, a maneira como se dirigir aos colegas e professores, o respeito aos pais e ao público. A cada aula, a começar pelo juramento, as crianças vão absorvendo a filosofia de nossa arte marcial e a levando para sua vida. Nosso trabalho está apoiado na sinergia com os pais e a escola, na formação de um ser humano ético, disciplinado e respeitador, pois somente assim estaremos cumprindo nossa missão: Nós vamos melhorar o mundo formando um faixa preta por vez.

    Eternal Grand Master: seu sonho se realizou graças a sua disciplina.

    Disciplina para objetivos no taekwondo.

    Vemos que os campeões são os mais disciplinados, os mais determinados e os que não desistem nunca.
    Ë o caso de Anderson Silva, o famoso lutador de MMA que em sua luta contra Victor Belfort o derrubou aos 3 minutos da luta com um chute frontal certeiro. Anderson lutou taekwondo e sabe muito bem que a disciplina é fundamental: “É um chute básico que até o iniciante aprende, mas treinei por uma hora por dia para deixa-lo mais rápido” declarou ele depois da luta.
    Esse é apenas um exemplo de determinação e disciplina. Assim devem ser traçados seus objetivos dentro do taekwondo, que podem ser mudar de faixa, fazer um exame mais difícil, executar sua fórmula com perfeição, ganhar um torneio ou ser campeão mundial.
    Coloque seu objetivo para você mesmo, escreva num papel e deixe-o onde possa visualizá-lo diariamente e vá a luta. Decepções são frequentes, treinos duros e intensos idem, broncas do professor fazem parte do preparo psicológico, dores no corpo são diárias, mas nada disso, nada mesmo, irá superar a sua alegria quando conquistar seu objetivo. Sua vitória terá mais vida, mais valor, mais duração, pois você saberá o quanto teve que abrir mão, se superar e vencer a si mesmo para não desistir. Isso é disciplina.

     



  • Amigos enviam mensagens aos competidores do Mundial


     

    Mensagens dos amigos

    "Mestre Andrade, foram 3 meses de periodização, e vc com muita dedicação chegou ao final do treinamento. Agora chegou o grande momento que é a competição, e com certeza vc vai tirar de letra mais essa, lembre-se no que eu sempre te disse, TREINO DURO, LUTA FÁCIL, vc é um exemplo para seus alunos, um abraço do seu sempre amigo. Boa sorte" Professor Rogério Leite

    "Querido Professor, mesmo não estando ao seu lado nesta competição me sinto competindo também. Lembro-me das suas aulas e dos treinos pro Mundial, aulas que ficarão marcadas pra sempre na memória de todos os alunos que você preparou, inesquecíveis..., principalmente pra mim, a pessoa que o Sr. fez ser campeã do Top Ten. Mestre todos os anos o Sr. se dedicou a treinar seus alunos a serem campeões e, claro, sempre teve êxito, mas este ano eu soube que o Sr. estava treinando pra competir...então, este ano é seu!!! Quero que você saiba que nossa família torce muito por mais esta conquista sua. Boa sorte. Torcemos por você. Impossível não me emocionar, o Sr. sabe que sempre fui chorona!! Kátia Hartmann G. Garbosa

    “MESTRE, cada um constrói; dia por dia, hora por hora; muitas vezes sem mesmo saber, seu próprio futuro. A sorte que nos cabe na vida atual foi preparada pelas nossas ações anteriores. Acreditamos que o seu suor derramado é o valor desta grande conquista no Mundial” Em nome de todos os Professores da Leader Team Martial Arts desejamos Boa Sorte”

     

     

    "Alex Marraui, você está sempre evoluindo, não só com o Taekwondo mas também com a vida, os amigos e familiares. Sempre disposto a alcançar seus objetivos, por isso está onde está, chegando ao Top Ten Mundial. Ganhando ou perdendo, continue assim. Boa sorte" João Francisco Cepeda.

     "Sr. Alex Marraui, toda sorte em mais um desafio (aposto que vai tirar de letra), em busca de um título mundial de Taekwondo Songahm. A conquista desse título não seria uma surpresa pra ninguém devido a sua garra, vontade de vencer e, é claro, a técnica que não lhe falta. Boa Sorte". Lucas Viana

    "Eloisa Canziani, sinto não estar presente, mas saiba que estou torcendo muito pelo seu sucesso! Acredito no seu potencial, sei que está preparada, agora é só fazer o que sabe. Aproveite bastante, e não se esqueça de como você é especial!' Fabíola da Rocha 

    "Eloisa Canziani, mesmo não tendo treinado com a mesma intensidade dos anos anteriores posso ver que sua experiência como competidora está ótima, você está bem mais madura e preparada. Você tem potencial para vencer. Se mantenha calma, com a cabeça no lugar e faça seu melhor. Estou torcendo pela sua vitória". Camila Galperin

    "Fernando Watanabe, cara, você já está mais para Fernando do que para Fernandinho, então faça jus a esse nome e ganhe!! Você treinou bastante, tem a capacidade e merece o titulo. Vai ganhar!!
    PS: aproveite enquanto está aí para bater no pessoal, porque quando voltar a surra é certa." Fernando Kulik

    "Desejamos boa sorte e sabemos que o Sr. pode trazer um bom resultado. Já é de grande valor o Sr. estar entre os 10 melhores do mundo. Acreditamos e estamos torcendo muito por você! Força e faça o que você sabe....pra cima deles Fernandinho!!! - Professores e alunos da Leader Team Cabral.

     

     "Fernanda Ravedutti, o reflexo de uma atleta campeã. Não por sorte, mas sim atributos e merecimento. Ela chegou ao topo. Tivemos a oportunidade - desta vez cito sorte (do nosso lado) - de acompanhar e participar da trajetória de uma vencedora. Àqueles que ajudaram a fomentar sua base num passado, com certeza o orgulho de seus feitos. A nós do presente, um exemplo de atleta. Aos futuros membros da família, histórias a serem contadas. Boa sorte e leve um pouquinho da nossa distante, mas sempre presente torcida e força. Vai que vai expresso Ravedutti!!!". Leonardo Benazzi

    "Fer, o que falar pra você minha amiga campeã, você chegou ao topo, no lugar onde muitos atletas sonham, conquistou a tríplice coroa, pensei em escrever algo para te motivar, mas, na verdade, você é que é motivação para todos nós. Conheço você, tudo o que você deseja, você consegue. Então, estou aqui só esperando o seu resultado na competição, sinto muito orgulho de ser representada por você. Todas as brasileiras se orgulham de ter uma representante como você. Vai guerreira, mostra o que você sabe...traz pra gente o que é seu!!!" Kátia Hartmann G. Garbosa

    "Dyminski, confie em você mesmo! Você sabe que é capaz de realizar grandes tarefas e qualquer que seja o resultado do Campeonato, eu sei que você terá feito um ótimo trabalho e terá dado o seu melhor, afinal... participar do Campeonato Mundial não é para qualquer um não!  Um grande abraço e boa sorte. Estou torcendo muito por você!  Thomas

     "Leonardo desejamos um ótimo torneio, e que esse seja o primeiro de muitos mundiais, e que com isso possa ter um grande aprendizado com outras culturas. Acreditamos na sua garra e força de vontade, uma boa sorte, um bom mundial de Taekwondo, continue assim" amigos da Leader Team  Batel

     



  • Segurança - conhecimento é a maior prevenção




  • Curso sobre Artes Marciais evidencia a importância da reciclagem


    No dia 01 de maio de 2011 o Mestre Andrade participou do Curso sobre Preparação Física e Técnica para lutadores de Artes Marciais. Foi um evento que reuniu professores de diversas artes marciais, de diversos níveis técnicos e ressaltou a importância de encontros que permitam a troca de ideias e experiências. Veja na entrevista abaixo o que o Mestre Andrade fala do curso e das artes marciais.

    1- Mestre qual foi o objetivo e o público alvo deste curso?
    R: O curso foi de preparação física e técnica para lutadores. O objetivo foi passar a periodização de treinamento, intensidade, volume, tempo de descanso, tipos de força nas lutas, qualidade física em lutas, treinamento das capacidades e habilidades físicas motoras para lutas, motivação e como dar o feedback aos lutadores. O público alvo foi principalmente os técnicos e atletas de Artes Marciais.
    2- Qual a importância de continuar participando de cursos sobre temas que o Sr. já domina?
    R: Sempre temos muito a aprender, e o nosso cérebro é igual a um paraquedas, funciona melhor quando está aberto, É uma maneira de interagir com os profissionais de outros estilos, outros que estão começando, sempre tem a diferença da teoria para a prática. Mas eu sempre gostei de estudar, e isso me motiva, mas agora vai me motivar mais a colocar em prática. Também é uma maneira de avaliarmos o que estamos fazendo.
    3- O que mais lhe acrescentou este curso?
    R: Reconhecer que o que estamos fazendo está certo, mas sempre tem algum detalhe a melhorar. Sempre as pessoas querem mágicas nas preparações, temos que respeitar a individualidade de cada atleta, o que serve para um não serve para o outro, mas eu acredito muito na base, procuro sempre estar me atualizando. Veja no UFC na última luta do Anderson Silva ele nocauteou o Vitor Belfort com um chute frontal n. 02, e neste final de semana, o Lyoto Machida que é um carateca nocauteou o Randy Couture com um frontal saltando n.03, se a técnica for bem praticada ela tem muita eficiência. Parece que as Artes Marciais estão voltando no tempo em termos técnicos.
    4- Como é estar na mesma sala com vários professores e lutadores de artes marciais variadas?
    R: É divertido, tem cada figura, acho que eu era o único que não era tatuado, mas por isso temos 2 ouvidos e uma boca, aprendo muito com eles, eles tem muita experiência prática, inclusive um cara me disse que um faixa preta é um faixa branca que nunca desistiu, é engraçado mais é a mais pura verdade. Sempre aprendo muito com eles.
    5- Profissionalmente falando, qual a principal diferença entre o TKD Songahm e as demais artes?
    R: Em termos de artes marciais a STF está no mínimo uns 10 anos na frente, em termos de atletas eles são melhores, pois vivem disso, o que percebo é que eles querem formar lutadores e nós queremos formar cidadãos, tem uma diferença muito grande nesse processo, é bem mais fácil formar campeão. Li uma entrevista do GUGA, nosso grande campeão, e ele disse que o que ele fez na vida dele é insignificante perto do que a mãe dele fez, ele foi campeão em Roland Garros e a mãe dele criou 3 filhos sem o pai que morreu cedo, sendo um filho com Síndrome de Dow, isso sim é uma vencedora na vida. Esta entrevista me chamou a atenção, e virei mais fã dele.
    6- O Sr. sente que as Artes Marciais estão passando por um processo de amadurecimento e profissionalização no Brasil?
    R: Sim ,com certeza, com a mídia aumentando, por incrível que pareça através do próprio MMA, os valores que giram são altos, e as pessoas percebem que se estiverem por fora não terão outra chance, a cada dia que passa a concorrência aumenta, e se não fizerem um bom trabalho não terão chance.
    7- A que o Sr. atribuiria esta fase?.
    R: Até mesmo pela atual economia do Brasil, ao mundo globalizado em que vivemos, hoje eu posso pegar um sistema de aula que acontece na Coréia e usar no Brasil, hoje só não se atualiza quem não quer.
    8- Como o Sr. vê este crescimento dentro de 10 ou 20 anos?
    R: Da STF eu sou bem otimista, é muito gratificante ver jovens aprendendo, e uma coisa eu vejo: quem tem humildade e disciplina vai longe nas Artes Marciais, sem isso por qualquer motivo vai desistir, tem momentos que na vida a pessoa vai ter que ter a própria experiência, tem situações que é impossível explicar, por exemplo, a sensação de ser pai, só sabe quem é pai e por ai vai.
    9- A ATA e a STF sempre estabeleceram regras claras de profissionalismo e atuação dos profissionais, isso fez a diferença dentro deste universo de Artes Marciais?
    R: Com certeza, isso faz a diferença, sempre escuto muitos professores reclamando, mas digo, não faça parte do problema, faça parte da solução, o que você fez para mudar isso, nada, então não reclame. Na STF no Brasil temos a cultura de resolver o problema com as pessoas envolvidas, isso é muito legal, pois dá confiança e credibilidade. Para liderar as vezes precisamos ser fortes nas decisões doa a quem doer na hora do negócio não tem partido ou time de futebol. É a regra que vale.
    10- O que o Sr. faria hoje para expandir ainda mais esta filosofia?
    R: O que estamos fazendo, o trabalho é diário, mas temos muito mais para fazer, não crescemos mais no Brasil por optarmos em trabalhar com as classes A e B, isso torna o crescimento mais lento, mas em compensação temos uma boa qualidade de vida, e não precisamos ter outra profissão, e as pessoas que vem trabalhar sabem disso, garanto que tem professores jovens no TKD que ganham o que dificilmente ganhariam em outra profissão.
    11- Muitas pessoas se espantam quando veem o Sr. e tantos outros professores vivendo apenas do TKD, como se não acreditassem ser possível esta realização de sonho e finanças. O que o Sr. esclareceria quanto a isso?
    R: Acho que eu ganho bem, mas me preparei para estar onde estou, não cheguei por acaso, e quero muito mais, tenho meus sonhos. Mas o que mais me deixa feliz é que isso não acontece apenas comigo ou Mestre Plentz, tem muitos professores ganhando bem. Você tem que ser um bom piloto e estar numa boa equipe, e a nossa equipe é a STF, e em termos de profissionalismo estamos muito na frente das demais, sempre somos muito cobrados, e isso pode parecer ruim, mas a médio prazo já dá um resultado tremendo. Ouvi uma vez numa palestra nos EUA um comentário, como é ruim ver um mestre pobre, e um campeão mundial sem alunos, e na hora me soou engraçado mas o cara tinha razão, vejo muitos Mestres de Artes Marciais no Brasil com uma qualidade fenomenal, algo inexplicável, e me pergunto como este cara não transforme isso em resultado financeiro, em algum momento ele errou, ou foi mal orientado, e isso, nós, da STF, não podemos reclamar, nosso mestre tem Doutorado em ADM, e com certeza isso nos ajudou e ajuda muito.



  • A vida de uma mãe taekwondista.


     

     Três Faixas Pretas entrevistaram a mãe taekwondista Sra. Rita de Cássia A. Borges – Faixa Preta – 1º BD. As repórteres são: Srta. Vitória Braiti -3BD / Srta.Fabíola da Rocha – 1ºBD / Srta.Eloisa Canziani -2BD

    1- De onde surgiu a ideia de começar a treinar taekwondo? Veio de sua filha, ou foi uma vontade sua?
    R: Na verdade eu levei a Vitória para fazer aula e os professores na época me convidaram para fazer uma aula experimental. Amei e não parei mais. Mas a ideia foi da Vi.
    2- Como seus filhos te veem dentro do taekwondo?
    R: O Pedro ainda é muito jovem para fazer comparações e entender as minhas dificuldades e vontades. Mas ele fica bem feliz quando assiste a aula. A Vitória já expressa orgulho e cumplicidade em treinar comigo.
    3- A Sra. se sente orgulhosa de treinar junto de pessoas muitas vezes mais jovens e fazer tudo o que lhe pedem?
    R: Para mim é um privilégio poder aprender com pessoas jovens, é sempre uma renovação na alma. Eu sempre digo pro Mestre que sempre faço o meu melhor, mesmo que o meu melhor não chegue aos pés dos meus colegas de classe (risos).
    4- Como você chegou a faixa preta?
    R: Quando estava na Faixa Vermelha eu fiquei grávida e parei por uns tempos, voltei devagar devido a rotina com o bebê e tudo o mais, mas em 2009 o Mestre Andrade e a Srta.Stammer me colocaram o desafio do exame para preta. E acreditei e treinei forte para isso e fiz o exame, mesmo lesionada no tornozelo. Foi um desafio pessoal.
    5- Como é ter uma filha mais graduada do que a Sra.?
    R: É um orgulho e uma situação única. Ela me corrige, me cobra, mas me dá muita força.
    6- Como o taekwondo influenciou quando esteve gravida?
    R: Foi uma experiência mágica, treinei até os seis meses de gravidez, com cautela, sem saltar e sem fazer quebramento. As únicas coisas que a médica proibiu. Mas fora isso tive uma gravidez e um pós parto muito bons, engordei bem pouco, me mantive em forma e não tive dores nas costas, nem nas pernas. O TKD me ajudou a ter uma gravidez excelente.
    7- Em sua casa, a relação entre vocês melhorou?
    R: Como treinamos há 11 ou 12 anos eu posso dizer que o TKD está presente na nossa vida sempre, mas, sem dúvida, o fato de treinarmos juntas e de termos desafios nos ajuda em tudo.
    8- Vocês treinam e tiram dúvidas em casa em conjunto?
    R: Nossa, fazemos isso o tempo todo. Treinamos fórmulas, armas, nos assistimos, nos alongamos, e muitas vezes, a Vi me deu aula quando a gente não podia ir pra academia. Como na época da gripe suína. E posso dizer: a aula dela mata (risos).
    9- Como foi competir em outra categoria, junto com sua filha e com mais graduadas no campeonato? Qual foi a sensação?
    R: Foi um momento de me colocar a prova. Não para competir com vocês pois vocês são demais. Mas foi uma competição contra meu nervosismo. Fiquei muito feliz pela oportunidade e por receber tanto apoio.
    10- Quais são as suas metas para os próximos anos?
    R: Uma vez eu disse para o Mestre e para a Srta.Stammer que eu gostaria de ter conhecido o TKD na minha juventude pois eu teria sido, na prática, uma boa taekwondista, como o sou em meu coração. No começo do ano escrevi meus objetivos para 2011 e coloquei lá dois desafios: participar de um torneio (para vencer meu nervosismo) e fazer exame para 2ºDan. Vamos ver se chego ao final do ano com condições para isso.
    11- A Sra. é um exemplo para todos, a Sra. sente uma pressão para tentar corresponder as expectativas de todos?
    R: Não me sinto exemplo, me sinto feliz em estar junto e aprender. Antes eu me sentia um pouco nervosa e ansiosa, com medo dos julgamentos. Mas hoje sei que quem mais me cobra sou eu mesma. Mas dos amigos e professores não me sinto cobrada, nem pressionada, apenas me colocam desafios novos e acreditam que vou dar conta. Graças a Deus!
    12- Como é chegar nessa fase da vida e fazer uma arte marcial?
    R: É maravilhoso!!! Eu amo treinar e poder estar lá na academia. Falo que ainda vou morrer disso, mas brinco, pois o TKD me faz sentir mais jovem e mais viva...sempre.
    13- Como você concilia casa, filhos, trabalho e esporte?
    R: Não é fácil, corro demais. Acordo antes das 6h da manhã para dar conta de tanta coisa, mas tenho conseguido. Muitas vezes as atividades se atropelam e acabo faltando a uma aula, mas na rotina mesmo a gente acaba dando conta. Porém, a disciplina é fundamental, eu estou aprendendo ainda mas chego lá....
     



  • Cresce o número de vítimas de Ansiedade infantil


     

    O que é a ansiedade?
    R: A ansiedade como outras sensações ou estados emocionais tais como o medo e a agressividade , fazem parte também da dinâmica do ser humano, dentro do que chamaria de "um lado positivo saudável". Tem a ver com um lado de preservação do ser humano. A questão é quando o nível de ansiedade desencadeado passa a interferir na rotina e nas atividades diárias da criança, como nos estudos, e nos relacionamentos interpessoais.

    Muito tem se falado sobre o crescimento da ansiedade infantil nos últimos anos. Você reconhece o aumento do problema entre as crianças? Quais são, na sua opinião, os fatores que contribuem para este aumento?
    R: Sem sobra de dúvidas, este desequilíbrio tem aumentado, no meu ponto de vista justifica-se pelo estilo de vida proporcionado para as crianças, com atividades muito mais cognitivas do que motoras. As crianças brincam hoje muito pouco motoramente, estímulos como a TV, vídeo-game, computador, roubam esta possibilidade, além do próprio contexto social em que vivemos, onde por conta da segurança, as crianças ficam muito fechadas em casa.

    Quais são os sintomas e os alertas que os pais podem notar?
    R: O excesso de ansiedade pode desencadear vários sintomas e até patologias. Hoje a obesidade infantil cresce a cada dia e não só por conta da qualidade da alimentação das crianças, mas como consequência ou resultado da ansiedade. Podemos chegar até a patologias mais graves, como tiques, fobias, TOC, distúrbios do sono.....Obviamente que algumas pessoas são mais predispostas que outras para desenvolver possíveis quadros clínicos.

    O que pode ser feito a respeito?
    R: Todas as ações voltadas à uma condição de qualidade de vida melhor são bem vindas: cuidado com a alimentação, atividades equilibradas na rotina diária (sem excessos, com tempo para brincar, tempo para estudar, tempo para ver televisão, tudo de forma equilibrada) e , com certeza, a atividade física.

    Então a prática de atividade física funcionaria como um alívio à ansiedade?
    R: A atividade física faz um papel fantástico dentro da condição neuroquímica das pessoas. Trazendo desta forma o equilíbrio esperado. Sempre sugiro que as pessoas busquem na medida do possível, uma atividade física de forma periódica onde sintam-se bem e que seja desenvolvida de forma prazerosa, caso contrário, pode prejudicar ainda mais o que se deseja evitar, estresse e o aumento da ansiedade.
    Portanto, a pessoa que busca atividade física voltada à qualidade de vida, deve certificar-se a respeito dos profissionais e ter bem definidos seus objetivos dentro deste projeto.

    Deixe algumas considerações importantes sobre o tema.
    R: Concluindo: talvez a palavra chave dentro deste tema seria EQUILÍBRIO. Muitas crianças nos dias de hoje estão envolvidas em rotina excessiva de atividades , aula de música, aula de inglês, em alguns casos mais de um esporte, computação, basicamente com uma agenda de adulto. Para a grande maioria das crianças, este é um fator desencadeador de estresse e ansiedade.
    Os pais devem buscar equilíbrio nas atividades dos seus filhos. Um olhar no desenvolvimento cognitivo, motor e principalmente no emocional.



  • Taekwondo diz não à violência


     

    Quando ouvimos uma notícia sobre algum lutador de artes marciais que usou a violência para agredir alguém ficamos chocados e tristes. Porém, isso nos motiva a explicar mais uma vez as bases do nosso trabalho na Songahm Taekwondo e lembrar que nossos objetivos nascem na filosofia de vida que embasa nossa arte marcial, ou seja, as lições de vida que trabalhamos sistematicamente com nossos alunos, e o tripé no qual é baseado nosso sucesso, especialmente com crianças e adolescentes: academia, família e escola.
    Esse é um dos motivos que fazem da Songahm Taekwondo uma das maiores e respeitadas organizações de Artes Marciais do mundo.
    Treinamos a parte física e mental por entendermos que apenas a primeira não fará de nossos alunos bons cidadãos e futuros professores e exemplos. Praticamos as habilidades físicas como uma forma de defesa pessoal, atividade física e condicionamento. Mas a parte mental é o que nos diferencia de muitas outras artes pois exigimos conduta gentil, respeitosa, generosa e correta em todos os âmbitos, seja na academia, em casa, na escola ou na comunidade.
    Quem conhece as crianças, adolescentes e adultos que treinam conosco sabem desta verdade e podem comprová-la a qualquer momento.
    Sabemos que quando temos uma habilidade física nos sentimos impulsionados a demonstrá-la e para isso incentivamos a participação nos torneios, onde o aluno pode demonstrar e medir suas habilidades. No restante ensinamos que uma das mais importantes lições é o auto controle e o respeito pelos inferiores e superiores. E repreendemos aqueles que saem desta regra.
    Sendo assim, acreditamos que nosso trabalho tem gerado não só bons taekwondistas mas também excelentes pessoas de bem, características que levarão para sempre.
    O nosso lema é Melhorar o mundo formando um Faixa Preta por vez.
    É nisso que acreditamos, é isso que fazemos, é por isso que lutamos.
    Auto controle sim, violência não.



  • Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve


    Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer lugar serve

    Com a frase acima inauguramos a primeira Lição de Vida de 2011: objetivo. Dentro do taekwondo sempre buscamos estabelecer desafios e metas aos nossos alunos e professores, levando-os sempre a uma superação pessoal, seja um exame de faixa colorida, seja um exame de faixa preta, de colarinho ou um quebramento. Cada aluno tem tanto habilidades quanto dificuldades particulares e, por isso, os planos são traçados para cada um de maneira a respeitar as individualidades.
    Neste ano começamos com este desafio para todos: estabeleça suas metas e objetivos que podem ser a curto, médio e longo prazo. Visualize onde quer chegar e comece desde já a buscar o sucesso deste sonho. A alegria do caminho tem que ser desfrutada e este caminho é feito de momentos, convívios, desafios menores, dores, superações e conquistas, todos importantes.
    Mas, acima de tudo, o que gostaríamos é que esta lição de vida estivesse em todos os âmbitos de sua vida: familiar, amizades, estudos, trabalho, social e não apenas no taekwondo. Nossa missão é Fazer um mundo melhor, formando um faixa preta por vez. E é isso que desejamos a todos os nossos alunos e professores, que criem metas pessoas, familiares e sociais para que possam fazer parte de um mundo melhor hoje e amanhã.



  • Mercês é premiada Academia Destaque 2010.


    A academia das Mercês recebeu o prêmio Academia Destaque de 2010 após ter sido reconhecida como a academia que mais gerou Report de Exames, ou seja, teve o maior número de alunos realizando exames durante o ano.

    A equipe liderada pelo Mestre Andrade conta com a Prof..Sirlene Stammer - 4ºBD, Sr.Nichollas Collesel - 3ºBD e Sr.Ricardo Padilha - 2ºBD. Parabéns a todos!

    " O prêmio é resultado da união de um grupo de trabalho, dedicadoa cumprir as metas propostas, com o aval do Mestre Ademar Andrade, que confiou na capacidade da equipe formada no início pela Profª Stammer e pelo Sr. Padilha e logo completada pela juventude do Sr. Nichollas Collesel.

    Sempre trabalhando em conjunto, com esforço e trabalho árduo. Quando um da equipe estava em reciclagem passando o conhecimento adquirido em cursos para os demais, os outros dois
    conseguiam dar conta do recado, tomar decisões, cumprir as metas a eles confiadas e trabalhar em prol da equipe.

    Queremos agradecer ao Mestre Ademar Andrade por acreditar na capacidade de cada um de nós. Com o seu apoio e incentivo conquistamos mais uma vez o título de Academia Destaque.

    E queremos agradecer o apoio dos nossos alunos que foi fundamental para mais esta conquista. Muito obrigado a todos!"

     Profª. Stammer, Sr. Padilha e Sr. Nichollas

    Confira os números das academias :

    - Mercês - 292

    - Top - 223

    - Cabral - 172

    - Batel - 152

    - Itajaí - 114

    - Concórdia - 80



  • Campeões Brasileiros 2010


    Top Four 2010 - Confira os Campeões Brasileiros.

    Veja os alunos e professores da Leader Team Martial Arts que são Campeões Brasileiros de 2010 e também os Campeões do Torneio Sul Brasileiro.

     

    CAMPEÕES TOP FOUR 2010

    Academia do Batel

     

    nome armas fórmula sparring
    Flávio Xavier
    Victor hadad
    Lucas Viana -
    Alexandre Vilela -

     

    Academia das Mercês

     

    nome armas fórmula sparring
    Nichollas Collesel
    Ricardo Padilha
    Fabíola da Rocha

     

    Academia do Cabral
     

    nome armas fórmula sparring
    Rodrigo Demétrio
    Misael Ojeda - -
    Fernando Watanabe
    Alex Marraui
    Victória Silva
    Paulo Camanducaia -
    João F. Cepeda - -
           

     

    Campeões do Torneio Sul Brasileiro 2010

    Academia do Cabral

     

     Nome Armas Fórmula Sparring
     Rodrigo Demétrio 4BD  3º  1º
     Misael Ojeda 4BD  3º
     Alex Marraui 2BD  1º
     Victória Silva 2BD      
     João F.Cepeda 2BD  - -  3º
           




    Academia do Batel

     

    Nome Armas Fórmula Sparring
    Flávio Xavier
    Victor Hadad
    Lucas Vianna -
    Alexandre Vilela -
    Leonardo Benazzi
    Ivan Pascuttini
    Bruno Moura
    Pedro Canesso
    Brenno Pizani      
    Jarbas Fonseca -
    Fábio Nagano -



    Academia das Mercês

    Nome Armas Fórmula Sparring
    Fabíola da Rocha
    Ricardo Padilha -
    Nichollas Collesel -
    Lucas Ferrari
    Gabriel Dyminski
    Thomas N. Abreu - -
    Bruno C.Rochelle Rocha - - 3º def/at.
    Maria Eduarda Santos 1º def/at.
    Vinicius Ferigotti - -

     



    Para Visualizar a tabela de 1BD clique aqui.

    Para Visualizar a tabela de 2BD/3BD clique aqui.

    Para Visualizar a tabela de 4BD/5BD clique aqui.



Vídeos e Eventos